Notícias

08/08/2006 | 09h57m - Publicado por: Flávia Almeida | Foto: Felipe Panfili

2 Filhos de Francisco se consagra no Prêmio Contigo de Cinema

2 Filhos de Francisco se consagra no Prêmio Contigo de Cinema - Felipe Panfili
A noite de segunda-feira, dia 7, era de gala, para reverenciar o cinema e exaltar os 30 anos dos filmes Xica da Silva e Dona Flor e Seus Dois Maridos, no Museu Histórico Nacional, no Centro do Rio. O 1º Prêmio Contigo de Cinema Nacional reuniu um time de críticos que elegeu 12 categorias, entre melhor filme de longa-metragem – que consagrou o badalado Cinemas, Aspirinas e Urubus – mas foi a votação popular, feita pela internet, que reafirmou o sucesso de 2 Filhos de Francisco, elegendo-o o melhor filme do ano.
 
A família Camargo, representada por Zezé e Luciano, os pais, Helena e Francisco, a caçula Lucielly e Flavia Fonseca, mulher de Luciano, recebeu um abraço longo do diretor, Breno Silveira.
 
“Depois de tantos anos, desde a retomada do cinema nacional com Carlota Joaquina, o qual tive a oportunidade de participar, esse filme bateu todas as bilheterias internacionais no ano passado e fez o cinema brasileiro voltar ao primeiro lugar. É um filme do Brasil, com o Brasil. Que o cinema brasileiro continue!”, discursa Breno, emocionado.
 
A consagração de 2 Filhos de Francisco já era presumida quando Ângelo Antônio foi apontado como o melhor ator. Aplaudido de pé – o primeiro a receber esse carinho do público – ele foi apresentado por José Wilker.
 
“Obrigada ao júri popular. Tudo é rápido, passageiro na vida. Meus filhos, meus netos, verão esse filme”, diz Ângelo.
 
Dira Paes levou o prêmio de melhor atriz e recebeu de Caco Ciocler a estatueta pela atuação também em 2 Filhos de Francisco. A atriz dedicou o prêmio a Ruth de Souza, que concorria com ela na mesma categoria, por sua participação em Filhas do Vento.
 
“Esse filme marcou a todos pelo reencontro que proporcionou com o público. Reencontramos o olhar do público, é isso que o artista busca. Quero agradecer à minha mãe, Flor, que em nenhum momento hesitou em não me deixar ser atriz e à Helena por ter me dado esse personagem maravilhoso. Fazer cinema é um privilégio, viver do cinema é um privilégio maior ainda. Quero continuar nessa vida errante”, destaca Dira.
 
O júri elegeu Ana Paula Arósio como melhor atriz coadjuvante pela atuação em O coronel e o Lobisomem. A bela não pôde comparecer por causa das gravações de Páginas da Vida e foi representada pela produtora do longa, Paula Lavigne.
 
Na opinião dos críticos e do público, Selton Melo foi o melhor ator coadjuvante por O Coronel e o Lobisomem. Ele recebeu o prêmio das mãos de Maria Paula, que reverenciou Bussunda ao entregar a estatueta a Selton.
 
“Eu parecia uma tartaruga ninja nesse filme, valeu!”, brinca Selton.
 
Débora Bloch foi a mestre de cerimônias e garantiu boas risadas da platéia com seu humor natural.
 
30 anos de história
 
Só faltou Sonia Braga para coroar o elenco de Dona Flor e Seus Dois Maridos. José Wilker e Mauro Mendonça relembraram histórias da época e se emocionaram com a homenagem.
 
“Acho incrível como eles falam com carinho daquela época. O Zé me contou que na cena em que o Vadinho fica no caixão, ele estava com um radinho, ouvindo um jogo. E bebia por um canudinho que era controlado pela Sonia Braga. Ele diz que foram quatro meses de filmagens e pura descontração. Todo mundo jovem, na Bahia, só curtindo”, entrega Guilhermina Guinle, mulher de José Wilker.
 
Zezé Motta ficou o tempo todo com os olhos marejados pela lembrança da inesquecível Xica da Silva, também reverenciada na noite.
 

“É impressionante como parece recente, mas já faz 30 anos. Se tivesse que ser feito novamente, gostaria de ver mais uma vez a Taís Araújo como Xica”, revela Zezé.

Confira a lista dos vencedores:

JÚRI OFICIAL

Melhor Filme: Cinema, Aspirinas e Urubus

Melhor Diretor: Marcelo Gomes (Cinema, Aspirina e Urubus)

Melhor Ator : João Miguel (Cinema, Aspirinas e Urubus)

Melhor Atriz: Alice Braga (Cidade Baixa)

Melhor Ator Coadjuvante : Luis Gustavo (O Casamento de Romeu e Julieta)

Melhor Atriz Coadjuvante: Débora Duboc (Cabra-Cega)

Melhor Fotografia: Mauro Pinheiro Júnior (Cinema, Aspirinas e Urubus)

Melhor Trilha Sonora: Caetano Veloso e Zezé Di Camargo (Dois Filhos de Francisco)

Melhor Roteiro: Marcelo Gomes, Paulo Caldas e Karim Ainouz (Cinema, Aspirinas e Urubus)

Melhor Figurino: Cláudia Kopke (Casa de Areia)

Melhor Documentário: Vinicius

Melhor Diretor de Documentário: Eduardo Coutinho (O Fim e o Princípio)
 
JÚRI POPULAR

Melhor Ator Coadjuvante: Selton Mello

Melhor Atriz Coadjuvante: Ana Paula Arósio

Melhor Ator: Ângelo Antônio

Melhor Atriz: Dira Paes

Melhor Filme: Dois Filhos de Francisco

Instagram

Instagram

  • O recado carinhoso de @luansantana a OFuxico, após receber o #TrofeuMelhoresdoAno do #DomingaodoFaustão 📽@flaviacirino
  • @sterblitch vencedor na categoria Comédia do #TrofeuMelhoresdoAno do #DomingaodoFaustao, agradece os votos do público manda um recado super especial a OFuxico. Vem ver! 📽 @flaviacirino
  • @alexandrenero mandou uma mensagem aos leitores de OFuxico, após receber seu #TrofeuMelhoresdoAno do #DomingaodoFaustao. Confira! 📽 @flaviacirino
  • Emocionados após receberem o #TrofeuMelhoresdoAno do #DomingaodoFaustao @zenetoecristiano mandaram uma mensagem especial. Confira! 📽 @flaviacirino
  • @patriciapillar manda seu carinho aos leitores de OFuxico, após receber seu #TrofeuMelhoresdoAno do #DomingaodoFaustao. 📽 @flaviacirino
  • @leticiacolin venceu na categoria #AtrizCoadjuvante do #TrofeuMelhoresdoAno do #DomingaodoFaustao. Olha a mensagem que ela mandou! 📽 @flaviacirino
  • Vencedor como #atorrevelacao no #TrofeuMelhoresdoAno do #DomingaodoFaustao, @luislobianco mandou seu recadinho aos leitores de OFuxico. Vem ver! 📽 @flaviacirino

OFuxico