Notícias

24/11/2014 | 17h45m - Publicado por: O Fuxico | Foto: Getty Images

Atriz de Orange is the New Black revela que pais foram deportados dos EUA

Diane Guerrero, a Maritza Ramos do seriado, relata o drama que sofreu aos 14 anos

Atriz de Orange is the New Black revela que pais foram deportados dos EUA - Getty Images
Diane Guerrero, que interpreta a presa Maritza Ramos no seriado da Netflix, Orange is the New Black, se lembrou do triste episódio que viveu aos 14 anos, quando seus pais foram deportados dos Estados Unidos.
 
A família Guerrero tinha ido da Colômbia a Nova Jersey, em busca de uma vida melhor, e depois se mudaram para Boston, onde a atriz nasceu.
 
Seus pais e seu irmão mais velho foram deportados para a América do Sul, mas ela pôde ficar nos Estados Unidos, já que nasceu lá, mas a adolescente teve de ser criada por outros colombianos imigrantes que não eram de sua família. 
 
E para contar essa sua história foi que Diane escreveu uma carta aos Los Angeles Times, onde declarou sua difícil experiência.
 
"Ao longo da minha infância eu vi meus pais tentando se legalizarem, mas em vão. Eles perderam seu dinheiro com advogados que nunca os ajudaram. Isso significa que minha infância eu era obcecada com o medo de eles serem deportados. Um dia não vi ninguém quando entrei em casa depois da escola e entrei em pânico. Meu medo virou realidade".
 
"Cheguei da escola e minha casa estava vazia. As luzes estavam acesas e o jantar preparado, mas minha família não estava lá. Os vizinhos disseram que meus pais haviam sido levados por oficiais da imigração, e assim eu fiquei sem família".
 
"Ninguém do governo tomou conta de mim. Ninguém se preocupou em ver se eu tinha um lugar para morar ou algo para comer, e aos 14 anos eu estava basicamente por minha conta. Tive a sorte de ter bons amigos, mas foi uma existência difícil. Eu estava sempre insegura, achando que era um incômodo e que iriam me expulsar. E, embora estivesse rodeada de pessoas que sempre se preocupavam comigo, cada conquista era dolorosa, porque meus pais não estavam lá para compartilhar minha alegria".
 
Guerrero, assim como 11 milhões de latinos, esperam que Barack Obama mude a lei de imigração até o final deste ano ainda, para ajudá-los a conquistarem a cidadania dos Estados Unidos. A lei ainda está parada na Câmara americana, controlada pelos republicanos.
 

 

Terceira temporada de Lilyhammer com Ildi Silva estreia dia 21 na Netflix
Netflix pretende estrear filmes junto com os cinemas em 2015
Ellen Pompeo é fã de Orange is the New Black
Roteirista de Orange is the New Black assume namoro com atriz da série
Atriz de Orange is the New Black ganha prêmio Emmy
Atriz de Orange is the New Black celebra seus 30 anos com colegas do elenco

Instagram

Instagram

  • @guguliberato manda o recado!!! Todo mundo ligado no @powercouplebrasil , na próxima terça-feira, na @recordtvoficial Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • Comheça os ambientes do #powercouplebrasil.  @guguliberato @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli

OFuxico