Notícias

14/08/2012 | 11h02m - Publicado por: Márcio Maio/TV Press para O Fuxico | Foto: Jorge Rodrigues Jorge / Carta Z Noticias

Bruna Linzmeyer se despe de roupas e vergonha para viver vigarista em Gabriela

A atriz conta como se preparou para viver a personagem ousada

Bruna Linzmeyer se despe de roupas e vergonha para viver vigarista em Gabriela    - Jorge Rodrigues Jorge / Carta Z Noticias

Bruna Linzmeyer tem um olhar poético sobre o próprio trabalho. Ainda se despedindo da adolescência, aos 19 anos, a atriz deixa transparecer, a todo instante, um profundo encantamento por suas criações. Com a vigarista Anabela, sua personagem em Gabriela, não é diferente. Em sua segunda novela, Bruna passa por cima de qualquer timidez para gravar cenas completamente nua. E garante que, apesar da dificuldade para se despir diante de uma plateia de mais de 200 pessoas – incluindo elenco, equipe técnica e figurantes –, o resultado compensa qualquer embaraço ou constrangimento.

“Tirar a roupa exige, em qualquer situação, um alto nível de comprometimento, concentração e seriedade. Não só meu, mas também de todos que me cercam. É isso que me ajuda e faz dar certo no final”, aponta.

Na trama, Anabela é comparsa do mágico e golpista Príncipe Sandra, vivido pelo ator Emílio Orciollo Neto. Juntos, dão um golpe no coronel Manoel das Onças, personagem de Mauro Mendonça, a quem chegam a se referir jocosamente como “pato”. Por conta das atitudes condenáveis da dançarina com o amante, Bruna até ouve comentários desagradáveis nas ruas.

“Muitos usam um palavrão para se referir a Anabela. Mas nunca com grosseria. É sempre em clima de brincadeira”, salienta.

A atriz também recebe diversos elogios às coreografias que aprendeu para as cenas de Anabela. Para gravar essas sequências, Bruna começou a ensaiar ainda no início do ano com a coreógrafa Regina Miranda. Algumas vezes, treinou ao lado das colegas que interpretam as prostitutas do Bataclan, o cabaré da história. Em outras, sozinha com a professora – na própria emissora e até na casa de Regina. Também ajudou a experiência que ela já tinha com dança.

“Fiz balé quando era criança e acredito que nosso corpo desenvolva certa memória para essas coisas. Mas não sou bailarina, nunca fiz nada profissional”, ressalta.

Para entrar no clima da trama de época, Bruna releu Gabriela, Cravo e Canela, que serve de base para a adaptação de Walcyr Carrasco. Essa foi, inclusive, a única obra de Jorge Amado que ela já tinha lido. Aproveitou, então, para se dedicar à leitura de outros livros do autor. Como São Jorge dos Ilhéus, publicado em 1944 e que traz entre seus personagens o Príncipe Sandra e Anabela.

“Qualquer livro dele nos dá muito suporte. É um material riquíssimo para nós, atores”, valoriza.

A proximidade de sua personagem com o cenário do cabaré da trama fez com que Bruna mergulhasse também em uma pesquisa sobre a prostituição. Assistiu a alguns filmes, como Moulin Rouge, de Baz Luhrmann, e ainda procurou informações e imagens na internet.

Durante a pré-produção para o trabalho, a atriz contou ainda com a ajuda do “coach” (preparador) Sérgio Penna. E aproveitou para ter uma preparação ao lado de Emílio Orciollo Neto, com quem divide muitas de suas cenas.

"Sendo um casal ou não, eles são grandes comparsas. Era preciso estabelecer bem essa relação de parceria antes de entrarmos no estúdio", argumenta.


Destino traçado

Bruna nasceu em Corupá, cidade do interior de Santa Catarina. Mas mudou-se para São Paulo ainda com 16 anos, para se arriscar na profissão de modelo. Foi lá que começou a estudar Teatro e se encantou pela arte de interpretar. Mas não sonhava, inicialmente, com a carreira na televisão. Talvez por parecer distante de sua realidade.

“A minha sede, na verdade, sempre foi pela busca de algo novo. É isso que eu faço sempre”, avalia.

Mas foi justamente em seu primeiro teste para a televisão que Bruna garantiu, de cara, sua estreia na tela. E nem precisou começar a aparecer no ar na pele da russinha Tatiana, em “Afinal, O Que Querem as Mulheres?”, para ser convidada para uma nova seleção. Desta vez, para a novela “Insensato Coração”. Se deu bem de novo e garantiu a vaga para viver Leila, uma estudante de Moda na história de Gilberto Braga e Ricardo Linhares. “As coisas foram acontecendo de uma maneira muito gostosa e inesperada para mim. E espero que continue assim”, torce.


Instantâneas

# Além de gravar “Gabriela” no Rio de Janeiro, Bruna está em cartaz em São Paulo com o espetáculo “Adeus à Carne ou Go To Brazil” até o próximo dia 19.

# A atriz protagonizou o episódio “A Vidente de Diamantina”, do seriado “As Brasileiras”.

# Bruna demora entre 40 minutos e uma hora para se caracterizar para suas cenas em “Gabriela”. “Acho até pouco para a produção. O que facilita a minha vida é que gravo com peruca, então não preciso ajeitar cabelo”, diz.

# Durante a construção de seus personagens, Bruna gosta de usar algumas músicas como inspiração. No caso de Anabela, ela conta que ouviu parte da obra de Frank Sinatra e Billie Holiday.

Bruna Linzmeyer diz que sua personagem em Gabriela é “mascarada”
Bruna Linzmeyer o seu segredo de beleza
Bruna Linzmeyer se divide entre teatro e TV

 

Instagram

Instagram

  • @ladyfontenelle e @jonathancostaoficial celebram dois anos de Salvatore 📷: Divulgação/AgNews/Anderson Borde
  • @sandyoficial brilha em apresentação especial com a banda Angra
📸Manuela Scarpa/Brazil News
  • @latino e sua noiva estiveram em São Paulo para começar um tratamento de rejuvenescimento com laser. O cantor brincou com o especialista. Confira!
  • A dupla @cleitonecamargooficial mandou um recado aos leitores do #OFuxico! Confira
  • Fiquem ligadinhos! Segunda-feira tem Live no OFuxico com @aloisiochulapa e @luisaalbu, ex- Power Couple
  • @micheltelo e @tatafersoza aproveitaram uma folguinha para brincar com os filhos, em um shopping do Rio de Janeiro. Confira tudo sobre o passeio em #OFuxico!
📷: AgNews
  • Veja, clicando em #OFuxico, os looks que as celebridades escolheram, para a segunda edição do leilão do Instituto Neymar Jr.
📷: Brazil News

OFuxico