Notícias

03/08/2011 | 17h32m - Publicado por: Juliana Moraes | Foto: Carol Caminha/Divulgação

Carol Castro faz sua estreia como assistente de direção

A atriz comentou que não é a primeira vez que se aventura por trás das câmeras

Carol Castro faz sua estreia como assistente de direção - Carol Caminha/Divulgação

Carol Castro fez sua estreia como assistente de direção nas gravações do clipe da canção Chega, do CD Afro-memória + Pretinhosidade, do cantor e compositor Mombaça.

As gravações do vídeo foram feitas na casa da atriz, que estreou ao lado de Victor Fernandes, diretor de fotografia e Marco Bravo, diretor geral. Nesta quarta-feira (3), o cantor sobe ao palco do Zozô, na Urca, para fazer o lançamento do clipe e também de seu site oficial.

“Não é a primeira vez que me aventuro por trás das câmeras. Antes de começar a fazer novelas, eu já circulava pelo teatro e cinema e já havia feito outras assistências (de produção, figurino, maquiagem, continuidade... varrer o set! risos)”, comentou a atriz que está no ar em Morde & Assopra, da Globo.

A atriz relembrou ainda de sua participação no longa Caminho das Nuvens, de Vicente Amorim, no qual desempenhava outra função também atrás das câmeras: “No longa O Caminho das Nuvens, eu trabalhava na pesquisa de elenco como assistente. Eu estava numa folga entre peças e queria participar do mercado, nem que fosse por trás das câmeras. Foi uma experiência muito rica e interessante. O Vicente depois me viu fazendo um relatório do trabalho do dia e me chamou para fazer um teste de vídeo. Passei e acabei fazendo uma participação no filme. Meu primeiro longa. Eu já havia feito 2 clipes como atriz: Esverdear (Forróçacana) e Moro no Brasil (Farofa Carioca)”, revelou ela.

Falando sobre o vídeo em que fez sua estreia como assistente de direção, Carol comentou sobre assuntos técnicos e disse também que abrir sua casa para a gravação foi uma consequência da movimentação artística:

“No clipe Chega, do Mombaça, fiz assistência de direção do Marco Bravo. Victor Fernandes assina a direção de fotografia. O Marco já dirigiu alguns espetáculos teatrais e vídeos - editoriais - de moda. Esse é o seu primeiro clipe. Abrimos a casa para a gravação desse clipe, como consequência de uma movimentação artística”, destacou.

Para finalizar, a atriz comentou sobre os trabalhos que já desenvolveu em sua casa, ao lado do marido, Marco Bravo: “Em nossa casa, além deste clipe, estamos produzindo 2 espetáculos, rodamos sequências do curta Maitê 45, dirigido por Candé Faria, e desenvolvemos encontros musicais juntamente com a CJP”, finalizou.

O CJP é a sigla para Conexão Japa Preta, um movimento cultural fundado por Sandra de Sá, Dani Suzuki, Carol Castro, Marco Bravo, Mombaça, Macau, Glad Azevedo, Moara, Hanna Lima, Jorge de Sá e Max Sette. O movimento foi criado para reunir artistas de diversas áreas.

 

O Fuxico: O site que é referência sobre famosos. Notícias apuradas, sempre em primeira mão.

Instagram

Instagram

  • @aldairplayboy também colocou todo mundo para dançar, durante sua incrível apresentação, no evento no CTN, em São Paulo, que também contou com a participação de Devinho Novaes
  • @xandaviao agitou a madrugada deste sábado (18), com um super show no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo. Na ocasião, ele interpretou sucessos de todas as fases do Aviões do Forró
  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • Olha só o recadinho que a dupla #Sandro&Gustavo mandou para os leitores de OFuxico!
  • @projota fez questão de convidar os seguidores de #OFuxico para conferir sua mais nova música de trabalho, Sr. Presidente, que já conta até com videoclipe. Confira mais!
  • Confira suposta lista de participantes de #AFazenda! Quem você gostaria que estivesse na nova edição do programa?
📷: Divulgação/Record TV

OFuxico