Notícias

25/05/2015 | 15h46m - Publicado por: Vinicius Pessoa | Foto: Reprodução/Instagram

Carolina Dieckmann: ‘Me sinto em dívida com meus filhos’

Com quatro filmes para rodar em 2015, a loira fala do papel de mãe, do trabalho

Carolina Dieckmann: ‘Me sinto em dívida com meus filhos’ - Reprodução/Instagram

Ela é queridinha pelos brasileiros há pelo menos 23 anos. Carolina Dieckmann tem uma carreira brilhante na televisão e segue trilhando seu caminho muito bem, obrigada. Mas, a atriz não deixa de lado os planos para novas facetas da arte. Em 2015, ela se jogou de vez no cinema, tem três filmes para rodar, já filmou um em São Paulo (de terror, inclusive) e os planos para voltar às novelas ficaram no mundo dos sonhos dos fãs.

E foi exatamente com essa pergunta (mais um pedido que qualquer outra coisa) que começou a conversa entre O Fuxico e a mãe de Davi e José, durante o lançamento da coleção The Spring Touch, na Bo.Bô da Oscar Freire, em São Paulo. Com uma plataforma de deixar qualquer um de queixo caído, a atriz chegou esbanjando simpatia e deixando a todos com um ar de que um sorriso é algo que não se nega a ninguém.

Carol Dieckmann desce do salto em entrevista a O Fuxico

Carol posa com os fotógrafos no evento de lançamento da coleção The Spring Touch, na Bo.Bô da Oscar Freire, em São Paulo (Instagram)

Confira o bate papo com a loira – que não economizou encantos nem selfies com os paparazzi enquanto conversava com a nossa reportagem.

O Fuxico: Quando você volta para a TV?

Carolina Dieckmann: Não sei! Estou fazendo um pouco de cinema. Acabei fechando alguns projetos. Já fiz um longa esse ano, já fechei um longa Uruguaio, que eu não posso falar o nome ainda, porque não foi divulgado e a gente não sabe exatamente ainda qual vai ser e dois para filmar no segundo semestre. Então, esse ano eu estou focada nisso. Eu acho que é bom, depois de 23 anos, dar esse refresco.

OF: Tem muita gente que cresceu te vendo e fala ‘Cadê a Carol?’...

CD: Pois é, as pessoas me perguntam bastante isso. Mas eu acho que quando eu voltar vai ser bacana, porque vai ter essa sensação do retorno. Esse gostinho. Eu gosto disso.

OF: E o que você está achando dessa nova fase?

CD: Estou adorando. No começo eu estranhava, mas agora estou adorando. Porque quando você começa num processo assim, acaba estranhando um pouco, mas eu já estou muito mais a vontade. Porque o cinema é muito mais devagar, tem o tempo da luz, o tempo da cena, o tempo da câmera. É uma câmera só, então, você faz a cena milhões de vezes, então, no começo eu achava estranho. Às vezes eu gastava muita energia numa tomada e quando chegava na outra, já estava cansada, porque na televisão a gente faz tudo de primeira. No cinema, não. Você faz de manhã uma cena que continua no mesmo plano a noite. Então, você tem que estar na mesma emoção, no mesmo gás. Eu estranhava mesmo, porque como eu faço muita televisão, foi um pouco diferente.

OF: É mais difícil?

CD: Eu não sei se é mais difícil, porque por outro lado, você tem mais tempo para se preparar. Então, quando você chega para fazer uma cena, já ensaiou, já conversou com o diretor, teve mesmo o seu tempo para fazer aquilo. Muitas vezes, em televisão, você não tem tempo para fazer aquilo. Chega para gravar e grava 30 cenas em estúdio, porque não dá tempo de falar com ninguém. Acaba que nem vê nenhuma delas depois disso. É um processo diferente. E como eu estava começando, foi um ‘recomeço!’. A gente vai amadurecendo, né?! Sempre! Eu comecei a trabalhar desde cedo, então, sempre fui muito cobrada. Enquanto todas as minhas amigas de adolescência estavam indo para a boate, eu estava trabalhando. Eu venho amadurecendo desde sempre. Eu também fui mãe muito jovem e a maternidade te cobra uma atitude um tanto mais adulta. Então, hoje, com 36 anos, eu me sinto em dia, sabe? Eu não acho que sou menina demais, nem mulher demais. Estou no meu tempo, curtindo as coisas. Como eu comecei a trabalhar mais cedo, ter sido mãe mais cedo, digamos, que o comum, eu acho que também tenho uma vida um pouco mais séria também.

OF: Mas dá tempo de badalar também, né?

CD: O casamento da Preta foi uma festa e tanto, diga-se de passagem. Eu fiquei uma semana me preparando para ele. Mas, eu badalo pouco, né? Para falar de festa de melhor amiga, ok, mas eu badalo pouco.

OF: Mudando de assunto, o Walcyr Carrasco falou que vai contar todo o lado ‘escuro’ da fama e do Glamour na próxima novela das onze, Verdades Secretas. Como é a Carol por trás das câmeras? O que você tem a dizer sobre esses ‘bastidores da fama’?

CD: Eu não tenho nada de escuro (Risos). Pelo contrário, é muita luz. Quando eu estou em casa, sem maquiagem, com meus filhos, eu sou puro amor.

OF: Mas, você gosta de ficar descalça, por exemplo?

CD: Totalmente! É bom a gente ficar muito descalça, porque quando não coloco salto sinto até saudade de calçar e ficar toda produzida. Mas, sobre essa coisa que você disse do Walcyr falar, eu lembro que, quando comecei a minha carreira, da minha mãe falando disso. ‘Ah, porque nesse mundo tem muita droga, tem muito coisa’. E a minha mãe sempre se preocupava e me perguntava. E eu nunca vi nada. Quando precisei interpretar uma menina que cheirava, fui ver um filme sobre isso, porque nunca tinha visto. Então, tem um pouco de folclore sobre isso. É óbvio que existe, mas não é tudo tão pesado assim. Eu cresci na televisão e as pessoas tinham o maior cuidado comigo, fui cheia de mimos. Eu acho até que vou ver a novela para ver algumas coisas que não vi na vida real, porque existe. Existe, mas eu acho que tive um pouco de sorte.

Carol Dieckmann desce do salto em entrevista a O Fuxico

A atriz e o filho caçula, José, de 7 anos, fruto de sua relação com Tiago Worcman, com quem ela vive desde 2007. (Instagram)

OF: E você pensa em ser mãe de novo?

CD: Não. Já deu! Eu estou super satisfeita. Pode ser que um dia eu pense em engravidar de novo, mas agora não. Eu sou uma mãe rígida e uma mãe satisfeita. Dois está de bom tamanho para mim. Um adolescente, um de sete anos, que tem que fazer dever de casa junto. Tem todo um tempo que você tem que ficar de olho. Eu já me sinto muito em falta, assim. Por exemplo, hoje eu estou aqui falando com você, mas eu estou preocupada se eles jantaram, se eles estão com saudades de mim, se está tudo bem. Eu me sinto cobrada no melhor sentido que essa palavra pode ter. Eu me sinto em dívida com eles. Se eu tiver outro filho agora, eu fico maluca, por ficar em dívida com mais uma pessoa.

OF: Você é coruja?

CD: Não coruja, presente. Mãe não é só você parir, é criar, cuidar, é você acompanhar, você estar perto. É claro que eles também tem que entender que eles também tem uma mãe que trabalha, que ama o trabalho. Que não vai estar lá o tempo todo. Mas, dentro do meu coração eu sinto que podia estar mais perto, ficar mais com eles. Então, dois já está bom.  Mas eu amo. É o meu melhor papel. Eu nasci para ser mãe. Eu sou muito feliz de ter essa cobrança no meu coração.

 

As preferências de Carol

Cinema

"Agora eu estou numa fase de rever filmes que eu adoro. Esses dias eu revi Forest Gump com o Davi, que tem 16 anos agora e foi muito bacana. É um filme que eu adoro. Eu amo tudo. Estou revendo algumas coisas, porque você quer mostrar algumas coisas para eles. Ando revendo muita coisa com os dois. Esses dias eu vi ET com o pequeno também. E a gente vai de Disney aos filmes mais antigos. Eu gosto muito de fazer isso com eles.

Atriz: Glória Pires - Eu paro tudo para vê-la atuando. Se ela estiver na TV, eu posso estar na padaria que paro para vê-la atuando. É uma atriz que tem uma força incrível assim. Eu a acho sensacional. Tem uma coisa magnética quando eu a vejo atuando. Não significa que eu queira ser ela.

Amigas:

OF: Agora que a Preta está nas Maldivas, para quem além dela você costuma ligar para conversar, ou quando está precisando de alguma coisa?

CD: Uma amiga que eu ligue? Essa pergunta é muito íntima (risos). Hoje em dia ligação é prova de amor mesmo (risos). Por via das dúvidas, falo com a Preta!

As selfies também são uma das paixões da atriz. Por onde ela vai, tem algum dos cliques com o smartphone para as redes sociais. (Instagram)

Programa de TV: House of Cards. Eu fico economizando cada episódio da terceira temporada, porque quando acabar eu posso ficar bem maluca. Tem que começar a fazer a quarta temporada para eu poder ver. Eu só vejo uma temporada quando já tem outra sendo feita, para eu não correr o risco de ficar sem episódios para ver (risos).

OF: Eu sou assim com Game of Thrones. O primeiro episódio me cansou um pouco, mas eu insisti e me apaixonei...

CD: Eu não vi Game Of Thrones, acredita?! Tem sangue? Eu não gosto muito de sangue.  Homeland também chama a minha atenção. Tem essa coisa dos assassinatos

O que a tira da dieta: Brigadeiro.

OF: Na TPM?

CD: Não. Qualquer dia mesmo. Eu não tenho TPM.

O segredo para se animar e ir para a academia: “Só malho se estiver trabalhando, por causa do personagem. Do contrário, não vou à academia. Então, trabalho (risos).”

Carolina Dieckmann dita tendência toda de jeans em aeroporto
Linda e simpática, Carol Dieckmann prestigia evento de moda
Paula Burlamaqui e Carolina Dieckmann vão a estreia de peça, no Rio de Janeiro
Carolina Dieckmann e Paula Burlamaqui fazem compras e batem papo

Instagram

Instagram

  • @anamaria16 ensina aos repórteres e aos participantes do Superchef Celebridades a fazer a melhor coxinha do Brasil 📽 @flaviacirino
  • @robertoljustus e @ticipinheiro comemoraram os oito aninhos de #RafinhaJustus, neste sábado
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News
  • Filha caçula de @eliana é pura fofura na festa do irmão mais velho, Arthur 
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News
  • @oceara e @misantosoficial realizaram uma festança para @valentinamunizreal. Veja tudo no #OFuxico 
Foto: Leo Franco/AgNews
  • @marinaruybarbosa e @brumarquezine arrasam na Grécia! Confira as fotos no #OFuxico 
Fotos: Reprodução/Instagram
  • @fatimabernardes é pura elegância no lançamento do livro Poesia que Transforma, de @brauliobessa, na Livraria da Travessa, no Barra Shopping, Rio de Janeiro.

Foto: Wallace Barbosa/AgNews
  • @simoneses e @simaria cantando dutente coletiva de imprensa em São Paulo

OFuxico