Notícias

03/11/2012 | 16h03m - Publicado por: Caroline Borges/ PopTevê para O Fuxico | Foto: Pedro Paulo FIgueiredo /Carta Z Notícias

Cláudio Manoel comemora a dupla função de diretor e roteirista

Nova fase do Casseta & Planeta Vai Fundo tira o humorista de sua zona de conforto

Cláudio Manoel comemora a dupla função de diretor e roteirista - Pedro Paulo FIgueiredo /Carta Z Notícias

Cláudio Manoel considera a sua nova fase no Casseta & Planeta Vai Fundo, da Globo, uma chance de sair da zona de conforto em que permaneceu por 18 anos. Diretor geral e o principal roteirista do programa, ele não vê uma mudança radical no conteúdo e no formato, mas sim uma nova forma de produzir e dedicar tempo ao texto final do Casseta.

"Nunca fui de ficar em berço esplêndido. Nós chegamos à emissora e decidimos parar e repensar o processo de manufatura do programa", afirma o humorista, que não considera o formato original perdido.

"A principal base e a origem do nosso humor continuam lá. Nos renovamos a partir de nós mesmo", completa.

A maior mudança para Cláudio está em todo processo de idealização das novas minitemporadas. De acordo com o roteirista, a nova forma de produzir permite um longo processo de edição e aprimoramento do texto. As gravações já iniciam com toda a temporada escrita, sobrando apenas uma lacuna para as eventuais notícias de atualidades.

"É um momento de readquirir o hábito. Agora podemos sentir o prazer da produção. Podemos trabalhar com mais qualidade", ressalta Cláudio, que também participou da equipe de criação do programa Encontro com Fátima Bernardes e ainda dirige o quadro do Fantástico, O Que Vi da Vida.

"Desde que dirigi o documentário do Wilson Simonal, eu tinha vontade de montar um quadro em que o entrevistado não se relacionasse com o entrevistador, mas com o telespectador", explica.  

Para Cláudio Manoel, a prática como autor é a principal característica de sua formação. Ao longo dos anos, ele foi se especializando nessa função, onde colaborou para diversos segmentos, como revistas e televisão.

"Aperfeiçoar minha prática como escritor ajudou a me debruçar sobre os temas na atuação. Só depois da TV Pirata que comecei a exercer a interpretação", lembra.

Nessa nova minitemporada, o humorista também acredita que sua relação com o programa e todo o processo de edição mudou. Anteriormente, os resultados finais eram discutidos muito tempo depois de a produção estar finalizada e  bem longe do Projac, complexos de estdio da Globo, localizado em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

"Estou mais por dentro das etapas de direção e edição do programa. Sinto que posso atuar em muito mais camadas e cooperar mais. Fico no centro de pós-produção durante horas", aponta.

O novo cenário do humor, com diversos nomes despontando nas mais variadas emissoras de tevê, não assusta Cláudio, que já acumula mais de 20 anos de experiência na área. O avanço da internet contribuiu bastante para que o programa ganhasse novos colaboradores nascidos nesse novo panorama do humor, como Gustavo Mendes, que faz uma paródia da presidenta Dilma Rousseff, e Miá Mello, que dá vida à apresentadora Mona Lesa.

"Hoje temos muitos recursos que não tínhamos quando começamos a fazer humor. Essa nova mistura no programa gera uma nova química. Essas tecnologias são muito mais acessíveis para captar talentos", avalia o roteirista, que vê muito do humor original do Casseta em novos humoristas como Marcelo Adnet e Eduardo Sterblitch.

"Me sinto muito mais homenageado do que contraposto. Muito dos formatos de hoje beberam na nossa fonte", acrescenta.

Além disso, o roteirista assegura que não vê os programas Pânico na Band e CQC como seus concorrentes diretos e que mantém um contato muito próximo com todos os humoristas de diferentes emissoras.

"Temos uma relação muito legal com todos. Minha concorrência é a novela da Record", argumenta.

A não confirmação de uma terceira temporada não é a principal preocupação de Cláudio, que não teme sair do ar no futuro.

"A morte do Bussunda foi a coisa mais difícil que aconteceu com a gente, não tenho medo de sair do ar", pontua.

Para o humorista, ainda há uma fidelidade do público a ser conquistada com a troca de horário para as sextas-feiras.

"É um espaço para enfiar o pé na jaca. Muitas pessoas não se acostumaram com a ausência do programa nas terças e pensam que estamos fora do ar", acredita o roteirista, que completa 25 anos de Globo no próximo ano junto com todos os integrantes do Casseta.

Casseta & Planeta confirma volta à programação da Globo

Instagram

Instagram

  • Com todo o seu carismático jeito de ser, @kaysar.dadour tem recebido muito carinho dos fãs. Confira, em #OFuxico, o que o sírio tem feito, já como vice-campeão do #bbb18!
  • Quer saber o que @gleicidamasceno anda fazendo, depois de ter se tornado a campeã do #bbb18? Clique em #OFuxico e veja!
  • Pouco menos de uma semana depois do término do #bbb18, #OFuxico decidiu mostrar um pouco do que @tio_ayrton e @anaclaraac estão fazendo, fora da casa mais vigiada do Brasil. Confira nossa matéria especial!
  • #OsGretchens estreou na última segunda-feira (23) no Multishow e nós, do OFuxico!, fizemos um resumão de tudo o que rolou e, claro, não poderia faltar os memes da galera na web. Corre para o site conferir! 😉
  • #gretchen convida rodo mundo pra assistir a estreia de #Osgretchen , hoje no #multishow @mariagretchen
  • @guguliberato manda o recado!!! Todo mundo ligado no @powercouplebrasil , na próxima terça-feira, na @recordtvoficial Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli

OFuxico