Notícias

12/10/2005 | 09h00m - Publicado por: Ará Rocha | Foto: Marcos Delfante

Dia das Crianças: relembre imagens, sons e brincadeiras de infância

Dia das Crianças: relembre imagens, sons e brincadeiras de infância - Marcos Delfante

Nesta quarta-feira, dia 12 de outubro, comemora-se o Dia das Crianças. Em 1920, o deputado federal Galdino do Valle Filho decretou a data especial e as crianças poderiam comemorar recebendo presentes. Em 5 de novembro de 1924, o presidente Arthur Bernardes assinou o Decreto-Lei número 4.867, oficializando a data. Porém, este dia só passou a ser comemorado em 1960, ano em que o diretor de uma famosa fábrica de brinquedos começou a divulgar a data, tendo como retorno o aumento significativo em suas vendas.

A comemoração acontece em diversos lugares do mundo, porém em dias diferentes:
Índia - 15 de novembro
China e Japão - 5 de maio
Portugal e Moçambique - 1º de junho.

Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), o Dia Universal das Crianças é 20 de novembro, quando se comemora a Declaração dos Direitos da Criança.

Na verdade, o que vale mesmo é ver a criançada sorrindo, se divertindo, chupando bala, sorvete, comendo pipoca, sujando a roupa, brincando na terra, não importando a data marcada como especial para eles. Na foto acima, Henrique (de 1 ano e dez meses) e Murilo (de 7 anos) mostram um pouco de como é bom ser criança: um fantasiado para a festa dos monstros na escola e o outro se deliciando com um sorvete que pinta a língua. Precisa dizer mais?

Declaração Universal dos Direitos das Crianças

1 Todas as crianças são iguais e têm os mesmos direitos, não importa sua cor, raça, sexo, religião, origem social ou nacionalidade.

2 Toda criança deve ser protegida pela família, pela sociedade e pelo Estado, para que possa se desenvolver física e intelectualmente.

3 Toda criança tem direito a um nome e a uma nacionalidade.

4 Toda Criança tem direito à alimentação e a atendimento médico antes e depois de seu nascimento. Esse direito também se aplica à sua mãe.


5 As crianças portadoras de dificuldades especiais, físicas ou mentais, têm direito a educação e cuidados especiais.

6 Toda criança tem direito ao amor e à compreensão dos pais e da sociedade.

7 Toda criança tem direito à educação gratuita e ao lazer.

8 Toda criança tem direito de ser socorrida em primeiro lugar em caso de acidentes ou catástrofes.

9 Toda criança deve ser protegida contra o abandono e a exploração no trabalho.

10 Toda criança tem direito de crescer em ambiente de solidariedade, compreensão, amizade e justiça entre os povos.

Programas que marcaram a história infantil

Muita gente se lembra com saudade dos programas infantis e de especiais exibidos pelas emissoras que conquistaram o coração de muitas pessoas. Selecionamos alguns para relembrar:

Bambalalão (TV Cultura – 1977); Castelo Ra-Tim-Bum (TV Cultura -1994); Clube da Criança (TV Manchete – 1983); Clube do Mickey (TVS – 1980); Cocoricó (TV Cultura – 1996); Domingo no Parque (Record/Tupi/SBT – 1968 a 1986); Mara Maravilha Show (Record – 1995); Pirlimpimpim (Globo – 1982 – musical comemorativo aos 100 anos de Monteiro Lobato); Planeta Xuxa (Globo – 1997); Punct Plact Zuum (Musical especial apresentado pela Globo em 1983); Sessão Desenho (SBT – 1981); Os Trapalhões (Globo – de 1977 a 1995); Vila Sésamo (TV Cultura e TV Globo, entrebos anos de 1972 e 1976); Xou da Xuxa (Globo - 1986 a 1992); Glob Glob (TV Cultura – 1991 a 1994), A Arca de Noé (Especial exibido pela Rede Globo em 1980); Balão Mágico (especial com Symony e Fofão, exibido pela Globo no ano de 1983), entre muitos outros.

Histórias que nossas avós contavam

Existem histórias que marcaram a vida de muita gente. Você se lembra da coleção Disquinho? Eram discos pequenos chamados de Compacto Simples, coloridos e cada um trazia duas histórias infantis que certamente fez parte da vida das pessoas, seja quando criança ou quando se tornaram pai/mãe.

Esta coletânia trazia, entre outras histórias, contos como A Formiguinha e a Neve, Os Três Porquinhos, Festa no Céu, Estória da Dona Baratinha, Branca de Neve e os Sete Anões, A Cigarra e a Formiga, O Patinho Feio. Hoje, a mesma coleção pode ser encontrada remasterizada em CD.

Brincar é bom

Hoje, temos os computadores e os grandiosos videogames tomando conta da molecada. Mas, antigamente, muitas brincadeiras realizadas com materiais simples fizeram muitas crianças felizes. Por exemplo: jogar pião, peteca, bolinha de gude, 5 marias, amarelinha, pular corda, empinar pipa, esconde-esconde, cabra-cega, corre cutia,cama de gato, queimada e muitos mais.

Canções feitas para pequenos

Clássicos da música popular brasileira foram criados para a criançada. Toquinho e Vinícius de Moraes, por exemplo, foram criadores de perfeitas sinfonias infantis.  Muita gente cantou Aquarela, O Caderno, A Casa, A Arca de Noé, A Foca. Além de Toquinho e Vinícius, outras canções fizeram parte de muita infância: Lindo Balão Azul e Ursinho Pimpão, da Turma do Balão Mágico, Pintinho Amarelinho e Dança do Passarinho, deGugu Liberato, Lua de Cristal e Doce Mel , da Xuxa, entre outras.

Para comemorar o Dia das Crianças  e desejar muita coisa boa para a criançada, vale registrar aqui a música Aquarela, de composição de Toquinho, Vinícius de Moraes, M. Fabrizio e G. Moreira:


Aquarela 

Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo
E com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo.
Corro o lápis em torno da mão e me dou uma luva,
E se faço chover, com dois riscos tenho um guarda-chuva.

Se um pinguinho de tinta cai num pedacinho azul do papel,
Num instante imagino uma linda gaivota a voar no céu.
Vai voando, contornando a imensa curva Norte e Sul,
Vou com ela, viajando, Havai, Pequim ou Istambul.
Pinto um barco à vela branco, navegando, é tanto céu e mar num beijo azul.

Entre as nuvens vem surgindo um lindo avião rosa e grená.
Tudo em volta colorindo, com suas luzes a piscar.
Basta imaginar e ele está partindo, sereno, indo,
E se a gente quiser ele vai pousar.

Numa folha qualquer eu desenho um navio de partida
Com alguns bons amigos bebendo de bem com a vida.
De uma América a outra consigo passar num segundo,
Giro um simples compasso e num círculo eu faço o mundo.

Um menino caminha e caminhando chega no muro
E ali logo em frente, a esperar pela gente, o futuro está.
E o futuro é uma astronave que tentamos pilotar,
Não tem tempo nem piedade, nem tem hora de chegar.
Sem pedir licença muda nossa vida, depois convida a rir ou chorar.

Nessa estrada não nos cabe conhecer ou ver o que virá.
O fim dela ninguém sabe bem ao certo aonde vai dar.
Vamos todos numa linda passarela
De uma aquarela que um dia, enfim, descolorirá.

Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo (que descolorirá).
E com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo (que descolorirá).
Giro um simples compasso e num círculo eu faço o mundo (que descolorirá)

Fonte: sites http://www.smartkids.com.br e http://www.terrabrasileira.net.

Instagram

Instagram

  • @robertoljustus e @ticipinheiro comemoraram os oito aninhos de #RafinhaJustus, neste sábado
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News
  • Filha caçula de @eliana é pura fofura na festa do irmão mais velho, Arthur 
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News
  • @oceara e @misantosoficial realizaram uma festança para @valentinamunizreal. Veja tudo no #OFuxico 
Foto: Leo Franco/AgNews
  • @marinaruybarbosa e @brumarquezine arrasam na Grécia! Confira as fotos no #OFuxico 
Fotos: Reprodução/Instagram
  • @fatimabernardes é pura elegância no lançamento do livro Poesia que Transforma, de @brauliobessa, na Livraria da Travessa, no Barra Shopping, Rio de Janeiro.

Foto: Wallace Barbosa/AgNews
  • @simoneses e @simaria cantando dutente coletiva de imprensa em São Paulo
  • @simoneses e @simaria se encontraram com a imprensa em São Paulo para falarem da volta aos palcos. Ambas soltaram as vozes!

OFuxico