Notícias

17/09/2015 | 21h01m - Publicado por: Andréia Takano | Foto: Reprodução Instagram

Famosos lamentam a morte de Carlos Manga

Diretor morreu aos 87 anos

Famosos lamentam a morte de Carlos Manga - Reprodução Instagram

Famosos usaram as redes sociais, na noite desta quinta-feira (17), para lamentarem a morte do diretor Carlos Manga. A notícia do falecimento foi confirmada pela Central Globo de Comunicação.

Thiago Rodrigues escreveu sobre Manga nas redes sociais.

"Grande, grande, grande! #carlosmanga". 

Fernanda Paes Leme também deixou sua homenagem, no Twitter.

"O grandioso Diretor Carlos Manga faleceu...Uma honra ter estreado na TV, no seriado 'Sandy e Jr.' sob o comando dele como diretor de núcleo. Também fiz com o Manga a minissérie 'Um Só Coração'. Trabalho muito importante na minha carreira! Ele acreditou em mim como poucos. Fica aqui o meu reconhecimento e amor por essa pessoa maravilhosa que sempre terá um espaço enorme no meu coração, Carlos Manga! ", desabafou a atriz.

A TV Globo chegou a enviar um comunicado a respeito da morte do diretor. Leia na íntegra,

"Morreu, hoje, no Rio de Janeiro, José Carlos Aranha Manga. Manga, como o diretor era conhecido, começou a carreira no cinema, onde realizou cerca de 32 filmes. Ele foi um dos principais diretores do período de ouro – os anos 1950 – da Atlântida, onde esteve à frente de clássicos da chanchada como Nem Sansão nem Dalila (1954), Matar ou Correr (1954) e O Homem do Sputnik (1959) e A Dupla do Barulho (1953), que tinha no elenco os grandes astros da época, Oscarito e Grande Otelo, entre outros.

 

Na televisão, começou sua carreira no início dos anos 1960.  Em 1980, foi contratado pela Globo, onde dirigiu a segunda versão do humorístico Chico City. Ainda na linha de humor da emissora, Carlos Manga dirigiu também Os Trapalhões.

 

Na década de 1990, já como diretor artístico de minisséries da Globo, Carlos Manga foi responsável por grandes produções da teledramaturgia brasileira, como Agosto (1993), Memorial de Maria Moura (1994) e Engraçadinha... Seus Amores e Seus Pecados (1995), adaptação da obra clássica de Nelson Rodrigues. Carlos Manga dirigiu ainda A Madona de Cedro (1994), adaptada por Walther Negrão a partir do romance homônimo de Antonio Callado; Incidente em Antares (1994), baseada na obra de Erico Verissimo; e Decadência (1995), de Dias Gomes.

 

Além das minisséries, Manga tornou-se diretor de núcleo e foi responsável pela produção de duas novelas na Globo. A primeira foi o remake de Anjo Mau (1997), escrita originalmente por Cassiano Gabus Mendes em 1976 e adaptada por Maria Adelaide Amaral. A segunda novela foi Torre de Babel (1998), de Silvio de Abreu.

 

No final dos anos 1990, Carlos Manga voltou a trabalhar na linha de shows, na qual iniciara sua carreira, cerca de quarenta anos antes. Nessa linha, dirigiu desde programas de auditório, como o Domingão do Faustão (1989), quanto seriados, como Sandy & Junior (1999) e Sítio do Picapau Amarelo (2001).

 

Carlos Manga iniciou os anos 2000 trabalhando como diretor artístico do Zorra Total (1999). Em 2004, voltou a trabalhar como diretor artístico na minissérie Em Um Só Coração, de Maria Adelaide Amaral e Alcides Nogueira.

 

Aos 50 anos de carreira, o diretor foi homenageado e fez uma participação especial – no papel de si mesmo – na novela Belíssima (2006), de Silvio de Abreu. Em 2007, o núcleo de Carlos Manga foi responsável pela produção da novela Eterna Magia (2007), de Elizabeth Jhin.

 

Em novembro de 2010, Carlos Manga participou como ator do seriado Afinal, o que Querem as Mulheres?; e fez outra participação, também como ator, em Dercy de Verdade, da autora Maria Adelaide Amaral, em 2012.

 

 

Manga nasceu no dia 06 de janeiro de 1928, no Rio de Janeiro, e era pai de Paula Manga, Manga Júnior, Maria Manga e Katia Manga (já falecida), e avô de quatro netos".

 

Aos 87 anos, morre o diretor Carlos Manga
Tainá Muller lembra dos tempos de modelo em Flor do Caribe
Luciano Szafir: 'O que realmente me dá tesão na vida é atuar'

Instagram

Instagram

  • @oficialmilenamelo e @montenegroprodx fizeram questão de parabenizar OFuxico, por seus 18 anos, e divulgar seu mais novo projeto no teatro, o espetáculo Jovem Mágico, que está sendo apresentado no Rio de Janeiro. Confira!
  • @ritacadillac fez questão de parabenizar OFuxico pelos seus 18 anos!!
  • O talentoso @thiagobrava mandou um recado ao #OFuxico pelos seus 18 anos❤❤❤
  • A linda @tiemusica mandou um parabéns pelos 18 anos do site #OFuxico🤗🤗🤗
  • Confira a chamada da segunda temporada de A Vila, projeto do @multishow, que conta com @paulogustavo31 e grande elenco e tem previsão de estreia para o próximo dia 8 de outubro
Vídeo: Divulgação/Multishow
  • @araujovivianne, sempre gata, mandou os parabéns ao #OFuxico pelos seus 18 anos ❤❤❤❤
  • @projota arrasou e mandou os parabéns ao #OFuxico pelos seus 18 anos🤗🤗🤗😍

OFuxico