Notícias

16/12/2012 | 11h00m - Publicado por: Geraldo Bessa/ Pop Tevê para O Fuxico | Foto: Luiza Dantas/ Carta Z Notícias

Felipe Camargo diz que atuar em Xingu mudou sua visão sobre a natureza e a cultura indígena

Ator diz que a história rende tantos frutos até hoje e não é valorizada

Felipe Camargo diz que atuar em Xingu mudou sua visão sobre a natureza e a cultura indígena - Luiza Dantas/ Carta Z Notícias

Histórias de altos e baixos de atores-problema são comuns no universo do cinema americano, onde nomes como Robert Downey Jr. e Mickey Rourke foram do céu ao inferno por conta de questões que nada tinham a ver com talento. Tomadas as devidas proporções, o elo entre a trajetória dos dois atores de Hollywood com a de Felipe Camargo é a capacidade de se reinventar e retomar a carreira a partir de bons personagens. No caso do ator brasileiro, além de investir na televisão – em papéis como o confuso Dante, de Som & Fúria, e o amargurado Petrus, de Cordel Encantado, o cinema teve fundamental importância para a reconstrução de sua trajetória. Sobretudo, no encontro com as aventuras da família Villas-Bôas em Xingu, filme de Cao Hamburger, lançado no início de 2012, e que agora chega ao formato de microssérie da Globo, com previsão de estreia para o dia 25 de dezembro.

Felipe Camargo volta ao universo do longa Xingu, agora no formato de microssérie"Xingu' é um grande épico ecológico. A preparação e as filmagens foram incríveis. A experiência de estar no meio da floresta mudou minha visão sobre a preservação da natureza e da cultura indígena", assume.

Xingu foi filmado em 2010 e conta a saga dos irmãos Orlando, Cláudio e Leonardo – interpretados por Felipe, João Miguel e Caio Blat, respectivamente – pelo Centro-Oeste brasileiro, nos anos 1940. A missão era desbravar e construir estradas e pistas de pouso do Mato Grosso até o Amazonas. No entanto, o trio foi além do óbvio. Do contato com as mais diversas nações indígenas, nasceu o respeito dos expedicionários por culturas tão diferentes. E a partir de suas interferências políticas, eles fundaram o Parque Nacional do Xingu. Com 22 mil km, o local abriga e preserva a memória de 14 etnias indígenas.

"É uma história que rende frutos até hoje e que o brasileiro não valoriza. É a trajetória de três heróis desconhecidos, mas importantes para a cultura nacional", analisa.

Pelo alto teor histórico, Felipe ressente-se com a campanha do filme nas salas de cinema, restrita a pouco mais de 370 mil espectadores.  Frustrado com o público modesto, o ator carioca não esconde a alegria com a adaptação do filme para a tevê. Para Felipe, além de apresentar a história para um público mais abrangente, a microssérie de quatro episódios trará cenas adicionais, que podem dar uma dimensão mais completa das aventuras do trio.

"Ficamos 13 semanas hospedados com os índios e gravando direto. Tem muito material inédito e que pode dar uma linguagem mais emotiva às cenas, bem ao gosto da tevê", ressalta.

Dos bastidores de gravação, Felipe destaca a importância de construir uma relação de confiança entre elenco e equipe técnica com os índios que integraram o projeto.

"Jogávamos futebol, trocávamos experiências de vida, observávamos os rituais. Desse cotidiano nasceu uma real amizade, e as cenas cresceram em verdade", empolga-se.

Aos 52 anos de idade, Felipe encara a maturidade sem arrependimentos. A razão disso está na oferta crescente de personagens que o instigam. Distante da figura de galã, posto no qual estreou na tevê, em Anos Dourados, de 1986, é a diversidade que pauta os convites que recebe.

"Me sinto valorizado como intérprete. Tenho sido chamado para personagens bem distintos e com relevância dentro de cada projeto", garante o ator que, até agosto deste ano, estava envolvido com as gravações da espiritualizada Amor Eterno Amor.

Até o fim de 2012, o único compromisso de Felipe é com as ações promocionais da microssérie Xingu. No entanto, para 2013, ele já arquiteta sua volta aos cinemas e ainda prepara-se para dar vida a um dos personagens principais de Sangue Bom, próxima novela das sete, assinada por Maria Adelaide Amaral e Vicente Villarin.

"Meu personagem será um pintor, descendente da alta sociedade, mas falido. Ele falsifica quadros para sobreviver e vai sofrer algumas transformações ao descobrir que é pai", adianta.

Felipe Camargo curte manhã de sol com caminhada na praia
Felipe Camargo brinca com filho em shopping do Rio

Instagram

Instagram

  • @justinbieber foi clicado chorando ao telefone, na porta do apartamento de sua agora noiva, @haileybaldwin. Por que será que o astro estava aos prantos? Saiba tudo clicando em #OFuxico.
📷: Grosby Group
  • Edgar Vivar, o eterno Seu Barriga, do seriado Chaves,  abriu o jogo sobre como se sente, na emissora Televisa. Leia tudo sobre o assunto em #OFuxico!
📷: Manuela Scarpa/Brazil News
  • Neide Boa Sorte chegou para gravar episódios inéditos!! @eduardomartini #tvfuxico #fuxicodaneide
  • Que chiques! @brunogagliasso e @gio_ewbank marcaram presença na festa em comemoração aos 20 anos dos perfumes de @antoniobanderasoficial, na Espanha. Confira mais detalhes em #OFuxico!
  • Por meio de suas redes sociais oficiais, após muitas especulações, @justinbieber anunciou, oficialmente, seu noivado com @haileybaldwin. Confira mais em #OFuxico! Quem aí shippa esse casal?
📷: Reprodução/Instagram
  • George Clooney, sofreu um acidente de moto, nesta terça-feira (10), na região da Sardenha, na Itália. Saiba mais informações clicando em #OFuxico!
📷: Grosby Group
  • @cristiano deixou o Real Madrid e vai passar a jogar pela Juventus. Leia mais detalhes sobre essa novidade clicando em #OFuxico!

OFuxico