Notícias

24/06/2015 | 09h43m - Publicado por: Luigi Civalli | Foto: Divulgação

Hospital diz que Cristiano Araújo chegou no local sem vida

O ator já estava morto na transferência do hospital de Morrinhos para Goiânia

Hospital diz que Cristiano Araújo chegou no local sem vida - Divulgação Abrir Galeria

Após ser confirmada a morte do cantor Cristiano Araújo, o diretor do Hospital de Urgências deu uma entrevista ao jornal Fala Brasil, da Record e falou que Cristiano Araújo já estava sem vida, quando chegou ao local.

“Ele já chegou sem vida aqui, mas como ele estava com o respirador, é um quadro que precisa ser verificado. Porém, quando foi analisado que não tinha mais nenhuma circulação no cerébro, quando foi decretada a morte encefálica, não tem mais o que se fazer”, revelou.

De acordo com a reportagem da atração, ele recebeu os primeiros socorros no hospital de Morrinhos, onde tirou apenas uma radiografia detectando sangramento no abdômen e uma fratura no crânio, mas foi transferido para o hospital de Goiânia.

No caminho, cerca de 50 km da capital de Goiás, ele sofreu uma parada cardíaca. Os médicos tentaram reanimá-lo e solicitaram o apoio aéreo, mas o cantor já estava sem vida. 

O cantor estava viajando o país com a turnê In The Cities.

A namorada do cantor, Allana Moraes, de 19 anos morreu no local do acidente.

Trajetória
Cristiano Araújo nasceu em Goiás e desde criança gostava de música sertaneja. Seus bisavós, avós, pais e tios que sempre estiveram no meio da música, uma tradição que já dura quatro gerações. Aos 3 anos já se mostrava afinado e cheio de estilo. Aos 6 anos ganhou dos pais seu primeiro violão e aos 9 anos já se apresentava em festivais, festas e comemorações.

Precoce, aos 10 anos compôs sua primeira música e seguiu se aperfeiçoando naquilo que se tornou seu ofício: compor e cantar! Seu primeiro CD foi gravado quando tinha apenas 13 anos, com 5 músicas. O disco foi feito especialmente para que ele participasse do Festival do Faustão, onde ficou entre os 6 melhores da região centro oeste, ganhando o direito de gravar uma faixa no CD Jovens Talentos.  Com 17 anos decidiu cantar em dupla, mas não foi aí que começou seu sucesso.

Já em 2010, em um projeto solo e mais ousado, gravou um CD e DVD com participações de grandes artistas de renome nacional. Em janeiro de 2011, o projeto foi concretizado, intitulado Efeitos, com participações de Jorge, da dupla Jorge e Mateus, Gusttavo Lima e Humberto & Ronaldo, entre outros. Daí, o sucesso não parou mais e sua agenda de shows se tornou uma das mais concorridas. No programa Domingão do Faustão, em 2012, foi premiado por votação direta do público e garantiu sua vaga em um dos maiores festivais sertanejos do Brasil, o Sertanejo Pop Festival 201, em São Paulo. Em 2012, lançou seu segundo álbum ao vivo, intitulado Ao Vivo em Goiânia com as participações de Bruno & Marrone, Fernando & Sorocaba, Israel & Rodolffo, além de seu pai, João Reis, entre outros.

 

A assessoria de imprensa do cantor confirmou a informação por meio de uma nota oficial de falecimento. Confira abaixo.

“A notícia mais triste que a gente poderia informar. O comunicado que nenhum de nós jornalistas gostaria de disparar. Mas é fato: ele se foi, foi para os braços de Deus, ao lado de seu amor. Comunicar uma verdade trágica dói e faz chorar com a alma. Mas a maior das verdades, caros colegas e amigos, é que um dia todos nós partimos. Esta é a certeza de todos nós. Foi a vez do CRISTIANO ARAÚJO. Anjo de luz, que Deus te receba na Santa Paz! Como você cantava, ‘O QUE TEMOS PRA HOJE É SAUDADE’!”, confirmou a assessoria. 

Saiba tudo sobre a morte de Cristiano Araújo

Rafael Vanucci: ‘Ele era um grande pai e um grande patrão’
Último post de Cristiano Araújo falava da festa de São João
Veja como ficou carro de Cristiano Araújo depois de acidente
Cristiano Araújo morre após grave acidente de carro
Famosos comentam acidente de Cristiano Araújo