Notícias

13/12/2016 | 19h15m - Publicado por: Bruna Milani | Foto: Reprodução/Instagram/@thehughjackman

Hugh Jackman aceita corte no salário para estrelar filme

Produção Logan promete ter bilheteria menor do que o esperado

Hugh Jackman aceita corte no salário para estrelar filme - Reprodução/Instagram/@thehughjackman

Em entrevista ao site Ain’t It Cool News, o diretor responsável pelo filme Logan - James Mangold – revelou que Hugh Jackman aceitou um corte considerável em seu salário para que o terceiro filme de Wolverine saísse do papel.

Segundo o diretor, o ator compreendeu que, como o filme terá classificação 18 anos, há expectativa de uma bilheteria menor do que nos demais filmes da série X-Men.

O filme será encenado em um futuro distópico no qual restaram apenas Wolverine e o Professor Xavier. Os dois precisam proteger uma jovem mutante chamada Laura e também fugir de um grupo de mutantes ciborgues a mando do governo dos Estados Unidos.

Recentemente, Hugh anunciou que este será seu último filme na pele do herói, que interpreta desde 2000.

O filem tem previsão de estreia, no Brasil, no dia 2 de março de 2017. 

Instagram

Instagram

  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • Olha só o recadinho que a dupla #Sandro&Gustavo mandou para os leitores de OFuxico!
  • @projota fez questão de convidar os seguidores de #OFuxico para conferir sua mais nova música de trabalho, Sr. Presidente, que já conta até com videoclipe. Confira mais!
  • Confira suposta lista de participantes de #AFazenda! Quem você gostaria que estivesse na nova edição do programa?
📷: Divulgação/Record TV
  • @anamaria16 ensina aos repórteres e aos participantes do Superchef Celebridades a fazer a melhor coxinha do Brasil 📽 @flaviacirino
  • @robertoljustus e @ticipinheiro comemoraram os oito aninhos de #RafinhaJustus, neste sábado
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News

OFuxico