Notícias

09/11/2005 | 17h20m - Publicado por: LM

Led Zeppelin recebe prêmio importante da música

A banda inglesa Led Zeppelin e o regente russo Valery Gergiev foram nomeados os vencedores do Polar Music Prize.

A importância do prêmio equivale a do Nobel, com os vencedores recebendo um milhão de coroas (aproximadamente R$ 270 mil) da Academia Real de Música da Suécia. 

Segundo a academia, o Led Zeppelin foi um dos maiores pioneiros do rock, se separou em 1980, depois da morte do baterista John Bonhanm, e se reuniu novamente apenas para uma apresentação no Live Aid, em 1985.

 

Gergiev foi citado pela forma única com que suas habilidades aprofundaram e renovaram a relação da academia com a música de grande tradição (a clássica).

 

"Ele também conseguiu desenvolver e ampliou a importância da música artística nestes tempos modernos e mutantes".

 

O Polar Prize foi fundado por Stig Anderson, o ex-agente da banda Abba.

 

Entre os ganhadores anteriores estão Paul McCartney, o violinista Isaac Stern e o produtor Quincy Jones.

 

O prêmio será dado pelo Rei Carl XVI Gustaf, em cerimônia no dia 22 de maio.

Instagram

Instagram

  • A @clau_music fez questão de divulgar seu mais recente videoclipe, feito para a música Pouca Pausa, para os seguidores de #OFuxico. Confira!
  • Ainda na noite da última quarta-feira (13), @danielsaboya agitou o YouTube Space, no Rio de Janeiro, comemorando, entre outras coisas, seus dez milhões de inscritos, no YouTube, sendo dono do maior canal de dança do mundo. Confira um pouco do que aconteceu, no evento!
  • Nossa deliciosa tarde de festinha junina... clima gostoso na redação.
  • @ararocha20 trouxe complemento gostoso para nosso  Almocinho festa junina na redação...
  • Almocinho festa junina na redação...
  • @joaoguilherme divulga música inédita e manda recado ao OFuxico!!!
  • A @gilancellotti curtiu bastante a viagem que fez ao México e mostrou que está em ótima forma. Veja! http://www.ofuxico.com.br/noticias-sobre-famosos/de-biquini-giovanna-lancelotti-mostra-boa-forma-no-mexico/2018/06/03-321805.html

OFuxico