Notícias

16/05/2015 | 15h02m - Publicado por: Ará Rocha | Foto: Divulgação/TV Globo

Morre o ator Elias Gleizer, aos 81 anos

Ele estava internado desde o último dia 6

Morre o ator Elias Gleizer, aos 81 anos - Divulgação/TV Globo

Morreu neste sábado (16) o ator Elias Gleizer.

Ele estava internado no Hospital Copa D'Or, em Copacabana, Rio de Janeiro, desde o último dia 06 e ao longo da hospitalização desenvolveu um quadro de falência circulatória devido a uma broncopneumonia. 

Por volta das 17 horas a assessoria de imprensa da Rede Globo divulgou um comunicado sobre a morte do ator: "O ator Elias Gleizer morreu na manhã de hoje, dia 16 de maio, no Rio de Janeiro, aos 81 anos. O ator estava internado, desde o dia 6 de maio, no hospital Copa D'Or, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e ao longo da hospitalização desenvolveu um quadro de falência circulatória devido a uma broncopneumonia. Ainda não há informações sobre o velório.

Gleizer não era casado nem tinha filhos.

Ilicz Glejzer era o nome de batismo de Elias Gleizer. Ele nasceu em 4 de janeiro de 1934, em São Paulo, filho de imigrantes judeus poloneses, de pai sapateiro e mãe dona de casa. Sua aparição aconteceu na TV Tupi, no final de 1950 e permaneceu na emissora até  até 1978. Em seguida foi para a Bandeirantes e depois SBT, de 1980 a 1983. 

Ele estreou na Globo em 1984, convidado pelo autor Walther Negrão para atuar em Livre para Voar. A lista de novelas das quais participou é extensa. Direito de Amar (1987), de Walther Negrão e Alcides Nogueira; Tieta (1989), de Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares; Explode Coração (1995), de Gloria Perez, primeira novela gravada inteiramente no Projac; Terra Nostra, de Benedito Ruy Barbosa (1999) são alguns exemplos. Outra novela marcante foi Caminho das Índias, de Gloria Perez, a primeira a vencer o Prêmio Emmy, em 2009. Na trama, Elias Gleizer viveu o Seu Cadore, que sofria com a falsa morte de um dos filhos e a esquizofrenia do neto querido.

O ator também participou da minissérie Chiquinha Gonzaga (1999), de Lauro César Muniz e Marcílio Moraes. Em 2010, emendou duas novelas: Tempos Modernos, de Bosco Brasil, e Passione, de Silvio de Abreu. Três anos mais tarde interpretou o cigano Manolo em Flor do Caribe (Walther Negrão). Além do trabalho em novelas e minisséries, Elias Gleizer também fez participações no seriado Malhação e no humorístico Zorra Total. O ator também atuou no cinema em Didi Quer Ser Criança, dirigido por Alexandre Boury e Fernando Boury, com Renato Aragão (2004).

 

Elias Gleizer entra na novela Flor do Caribe
Elias Gleizer continua aguardando ser chamado pela Globo

Instagram

Instagram

  • Depois do sucesso no Brasil, com mais de 100 mil espectadores, agora é vez dos Estados Unidos. O espetáculo Baixa Terapia, com Antônio Fagundes, fará peças em Orlando, Boston e Miami nesta semana e o ator mandou um recadinho para nós do OFuxico. Confira!
  • @simaria levou seus seguidores à loucura, ao postar essa foto um tanto ousada. Confira mais clicando em #OFuxico!
  • @travisscott e @kyliejenner esbanjaram sensualidade, na capa da mais recente edição da revista GQ. Leia a matéria completa sobre o assunto em #OFuxico!
📷: Reprodução/@gq
  • Fiquem ligadinhos!!!
  • Protagonista de O Tempo Não Para, @juulianapaiva está curtindo a festa de lançamento da próxima novela das 19h. Vídeo da repórter @flaviacirino
  • Em O Tempo Não Para, próxima novela das 18h, @felipessimas será Elmo, um amigo daqueles que todo mundo gostaria de ter. Vídeo da repórter @flaviacirino
  • @montaleonebruno contou à reportagem de OFuxico que sua namorada, Sasha, curtiu seu visual para a novela O Tempo Não Para, que estreia dia 31. Vídeo da repórter @flaviacirino

OFuxico