Notícias

07/07/2013 | 11h02m - Publicado por: Caroline Borges/ TV Press para O Fuxico | Foto: Pedro Paulo Figueiredo/ Carta Z Noticias

Multishow aposta em comédia popular e presença de plateia em série de humor

Diretor quer arriscar em um programa diferente para o canal

Multishow aposta em comédia popular e presença de plateia em série de humor - Pedro Paulo Figueiredo/ Carta Z Noticias

A reciclagem de antigos formatos de sucesso é corriqueira na televisão. Com estreia marcada para o dia 8 de julho, o humorístico Vai Que Cola, do Multishow, recorre a um padrão de tevê muito semelhante ao do extinto Sai de Baixo, com a utilização de plateia e personagens bastante estereotipados dentro da comédia, como o malandro, a periguete, a mãezona e o nerd.

"O objetivo é arriscar em um programa diferente do canal. É um formato muito conhecido e que fazia tempo que não era usado em tevê. A plateia funciona como um personagem a mais no programa", explica o diretor João Fonseca, renomado nome do teatro que foi convidado para o humorístico para montar uma produção com Paulo Gustavo, Fernando Caruso, Samantha Schmutz e Cacau Protásio.

"É a primeira vez que faço um programa de televisão. Estou descobrindo o mundo da tevê agora. Estou aqui pela minha experiência com ao vivo", completa.

A série é uma nova aposta do canal em um humor mais popular e semelhante ao do seriado global A Grande Família. A história mostra o dia a dia de uma pensão no subúrbio do Rio e brinca com o famoso jeitinho carioca. O objetivo é que o humor da produção possa atingir um público mais amplo do que o canal está habituado. O diretor de arte do programa, Hélcio Pugliese, fez uma pesquisa de campo pela Zona Norte da cidade para criar toda a cenografia dos cinco ambientes – fachada, banheiro, dois quartos e salão principal. O palco giratório com mais de 200 m² foi montado no HSBC Arena Multiuso, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

''A inspiração saiu das casas que ainda conservam as características de meados do Século XX. A cenografia não é de época, mas resgata a memória da Zona Norte, que até hoje se encontra por lá'', afirma.

Boa parte das mobílias foi comprada em antiquários da Rua do Lavradio, no Centro do Rio, e de Copacabana.

''Um dos nossos achados foi um cuco. Hoje em dia, é difícil encontrar um relógio como esse na parede de alguém'', conta, com surpresa, Pugliese.

O elenco é encabeçado por Paulo Gustavo, humorista do momento do canal a cabo, que interpreta o malandro Valdomiro. A história, que ao todo terá 40 episódios de segunda a sexta, se passa em uma pensão no bairro do Méier, subúrbio do Rio de Janeiro. É lá que Valdomiro vai morar tentando fugir da Polícia Federal, após se meter em uma falcatrua. Dona Jô, vivida por Catarina Abdala, proprietária da pensão, o recebe como hóspede. Enquanto tenta reescrever sua história por linhas tortas, tem de lidar com as provocações do zelador insolente Ferdinando, de Marcus Majella, com o assédio da fogosa Terezinha, papel de Cacau Protásio, com as esquisitices do misterioso Wilson, interpretado por Fernando Caruso, e com as confusões do casal Jéssica, vivida por Samantha Schmutz, e Máicol, papel de Emiliano D´Avila.

"É um elenco muito bom e muito generoso. Poder contracenar com outras pessoas é maravilhoso. Faço monólogos há muito tempo. Tudo é uma novidade para mim aqui", valoriza Paulo Gustavo, que, apesar de não colaborar no roteiro, negociou com o canal para ter liberdade para alterar o que fosse necessário.

"Todos viram meus outros projetos. De certa forma, o personagem já veio adequado para mim. Contribuo sempre no que posso para deixar mais do meu jeito", ressalta.

O esquema de mesclar teatro e televisão é o estimulante principal para todo o elenco. Em sua boa parte de origem teatral, atuar e interagir para a plateia e para as câmaras ao mesmo tempo se mostra como o maior diferencial do programa. A interação com o público, que lota os 300 lugares disponíveis, é um dos pontos fundamentais para o dinamismo do roteiro e da história.

"É muito cansativo. Quando você só faz televisão, você desmembra as suas cenas. Aqui, não. É necessário estar em todas as cenas porque a qualquer hora você entra. É como uma peça de teatro'', aponta Fernando Caruso.

Cacau Protásio é par de Sérgio Mallandro na TV
Paulo Gustavo tem agenda lotada de novos trabalhos

Instagram

Instagram

  • Olha só o recadinho que a dupla #Sandro&Gustavo mandou para os leitores de OFuxico!
  • @projota fez questão de convidar os seguidores de #OFuxico para conferir sua mais nova música de trabalho, Sr. Presidente, que já conta até com videoclipe. Confira mais!
  • Confira suposta lista de participantes de #AFazenda! Quem você gostaria que estivesse na nova edição do programa?
📷: Divulgação/Record TV
  • @anamaria16 ensina aos repórteres e aos participantes do Superchef Celebridades a fazer a melhor coxinha do Brasil 📽 @flaviacirino
  • @robertoljustus e @ticipinheiro comemoraram os oito aninhos de #RafinhaJustus, neste sábado
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News
  • Filha caçula de @eliana é pura fofura na festa do irmão mais velho, Arthur 
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News
  • @oceara e @misantosoficial realizaram uma festança para @valentinamunizreal. Veja tudo no #OFuxico 
Foto: Leo Franco/AgNews

OFuxico