Notícias

12/08/2012 | 10h04m - Publicado por: O Fuxico/ Larissa Moggi/ TV Press | Foto: Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

Quando criança, Laércio de Cheias de Charme se arrumava para assistir TV

Luiz Henrique Nogueira relembra que seu encantamento pela telinha vem de longe

Quando criança, Laércio de Cheias de Charme se arrumava para assistir TV - Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

Luiz Henrique Nogueira, que está na pele do divertido e irreverente Laércio, em Cheias de Charme, entende bem os altos e baixos da profissão de ator. Com 25 anos de carreira, focada, principalmente, no teatro, ele demorou a se encontrar na televisão.

"Fiquei muito tempo absorvido pelos palcos. Quando comecei, era comum renegar a tevê. Minha geração achava mais importante se manter longe do 'mainstream'. Mas logo a realidade se impõe. A televisão dá mais visibilidade ao ator", admite Luiz, que estreou na tevê em 2002, na novela Sabor da Paixão.

Em Cheias de Charme, o ator vive o personagem que é braço direito de Chayene, a exagerada cantora interpretada por Cláudia Abreu. Pela proximidade de Laércio com a excêntrica perua, Luiz comemora a popularidade do seu personagem e destaca a química com a atriz durante as cenas.

"Antes mesmo das gravações começarem, eu e Cláudia tivemos alguns encontros para estudar o texto e as cenas", admite o ator de 45 anos.

Natural do Rio de Janeiro, esta é segunda vez que Luiz se destaca na tevê. A primeira foi com o carnavalesco Ubiracy, na novela Senhora do Destino, em 2004.

"Fazer o Ubiracy foi muito doido. Eu realmente não esperava a repercussão que teve", maximiza.

Um menino encantado pela televisão

O jeito tranquilo e confiante do ator reflete as conquistas profissionais do carioca. O sonho da atuação, que perseguia Luiz desde que ele era um menino e chegava a se arrumar para assistir televisão, se realiza desde 1986, em uma trajetória extensa, com passagens pelo teatro, cinema e algumas novelas.

"Tenho até hoje na memória a sensação que eu tinha quando via determinadas cenas das novelas. Formei meu imaginário como ator assistindo televisão", lembra.

Raio X

Quando criança, Laércio de Cheias de Charme, se arrumava para assistir TVNome: Luiz Henrique Sade Nogueira.

Nascimento:  Em 6 de novembro de 1966.

Primeiro trabalho na tevê: Em "Sabor da Paixão", de Ana Maria Moretzsohn, em 2002.

Atuação inesquecível: Laércio, de "Cheias de Charme".

Interpretação memorável:  Nazaré Tedesco, personagem de Renata Sorrah em "Senhora do Destino", de 2004.

Momento marcante: “A minha estreia no teatro, em 1986, na peça 'A Justiça', no Teatro Tablado'.

O que gosta de assistir: "Novelas".

O que falta na televisão:  "Telefilmes".

O que sobra na televisão: "Programas no estilo 'mundo cão'". 

Ator: Lima Duarte.

Atriz: Fernanda Montenegro.

Se não fosse ator, o que seria: Jornalista.

Novela preferida: "Selva de Pedra", de 1972, escrita por Janete Clair.

Cena inesquecível: "A morte da personagem da Marília Pêra na minissérie 'O Primo Basílio', em 1988".

Melhor trilha sonora: "Gabriela", de 1975, de Walter George Durst.

Melhor abertura de novela: “Cheias de Charme”.

Vilão mais marcante: Odete Roitman, de Beatriz Segall, em "Vale Tudo", de Gilberto Braga.

Personagem mais difícil de compor: "Interpretar mocinhos é sempre complicado".

Papel com mais retorno do público: Ubiracy, em "Senhora do Destino", de 2004, de Aguinaldo Silva.

Melhor bordão da televisão:  Ai como eu tô bandida!, da personagem Valéria, interpretada por Rodrigo Santana, do humorístico "Zorra Total".

Que papel gostaria de representar: Um jornalista investigativo.

Com quem gostaria de fazer par romântico: Cláudia Abreu.

Filme: A Mulher do Lado, de 1981, de François Truffaut.

Livro de cabeceira: Ensaio Sobre a Cegueira, de 1995, escrito por José Saramago.

Autor: Paul Auster.

Diretor:  François Truffaut.

Vexame:  "Eu tinha 11 anos, estava em uma audição de piano tocando Serenata de Schubert. De repente, travei, e sem saber o que fazer, levantei e fui embora".

Um medo: "Tenho pânico de lugares muito altos".

Projeto: "Quero levar para teatro um texto do Neil LaBute".

Instagram

Instagram

  • @aldairplayboy também colocou todo mundo para dançar, durante sua incrível apresentação, no evento no CTN, em São Paulo, que também contou com a participação de Devinho Novaes
  • @xandaviao agitou a madrugada deste sábado (18), com um super show no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo. Na ocasião, ele interpretou sucessos de todas as fases do Aviões do Forró
  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • Olha só o recadinho que a dupla #Sandro&Gustavo mandou para os leitores de OFuxico!
  • @projota fez questão de convidar os seguidores de #OFuxico para conferir sua mais nova música de trabalho, Sr. Presidente, que já conta até com videoclipe. Confira mais!
  • Confira suposta lista de participantes de #AFazenda! Quem você gostaria que estivesse na nova edição do programa?
📷: Divulgação/Record TV

OFuxico