Notícias

01/12/2014 | 12h29m - Publicado por: O Fuxico | Foto: Getty Images

Roberto Bolaños é enterrado no cemitério Panteón Francés, na Cidade do México

Amigos e familiares se despediram do criador de Chaves e Chapolin

Roberto Bolaños é enterrado no cemitério Panteón Francés, na Cidade do México - Getty Images

Foram dias de pura emoção e homenagens. Agora chegou o momento mais difícil: o da despedida. O corpo de Roberto Gómez Bolaños foi enterrado nesta segunda-feira (1), no cemitério Panteón Francés, na Cidade do México. 

O cemitério é o mesmo onde foram enterrados outros importantes personagens mexicanos como María Félix, Pedro Infante, Joaquín Pardave e Javier Solís.

No domingo (30), milhares de pessoas foram ao estádio Azteca, na capital mexicana, para prestar a sua última homenagem a Bolaños. O caixão com o corpo do humorista chegou ao local cercado de pequenos Chapolins e permaneceu durante todo o dia lá, em uma espécie de altar montado com várias fotos dele.

Bolanõs morreu na sexta-feira (28), aos 85 anos, em sua casa, em Cancun. Durante todo o final de semana, milhares de pessoas do mundo todo renderam homenagens ao criador dos famosos e queridos personagens Chaves e Chapolin Colorado. No sábado (29), o corpo do ator foi velado nos estúdios da Televisa, onde eram exibidos, desde sempre, os episódios da turma de Chaves e de Chapolin. 

A esposa de Bolaños, Florinda Meza, agradeceu a todo carinho recebido. Por diversos momentos, ela foi amparada por amigos e familiares, pois não conseguia conter a emoção.

“Obrigado por todo o apoio que deram ao meu Roberto. Obrigado, muito obrigado”, disse à imprensa mexicana.

Roberto Bolaños e Florinda Meza, que é querida por todos por sua personagem em Chaves, Dona Florinda, não tiveram filhos juntos. Em uma declaração recente, Florinda disse que sua maior tristeza foi não ter tido um filho com Chespirito.

Bolanõs teve seis filhos com sua primeira mulher, Graciela Fernández, de quem se divorciou, quando se apaixonou por Florinda. O divórcio foi longo e complicado, porque Graciela o acusou de infidelidade e o casamento não terminou bem.

Quando conheceu Meza, o ator se submeteu a uma vasectomia, e certa vez lamentou o fato de não ter podido dar um filho à sua companheira dos últimos 30 anos.

"Não pude cumprir o sonho de Florinda de ser mãe. Essa é uma dívida que eu terei com ela para sempre", disse ele.

De acordo com o programa Ventaneando, apesar de ter presenciado a gravidade que o marido estava nas últimas semanas, Florinda ainda está em estado de choque com sua morte.

Em São Paulo, o SBT, emissora que transmitia a atração no Brasil, inaugurou a exposição Chaves, no Pavilhão México, do Memorial da America Latina. Uma fila gigantesca tomou conta das imediações do local, onde fãs puderam visitar e fazer fotos no set da Vila do Chaves, montado no local.

Além disso, a emissora de Silvio Santos colocou toda sua programação de domingo ao vivo, mostrando todas as homenagens prestadas ao ator. Toda a equipe de jornalismo, além dos apresentadores, fizeram a cobertura completa do velório de Roberto Bolaños. Diretamente do estádio Azteca, Magdalena Bonfiglioli noticiava os acontecimentos durante a missa de corpo presente que lotou o local

 A história de Bolaños

Roberto Gómes Bolaños era escritoe, publicitário, ator, diretor e pai de seis filhos. Nasceu na Cidade do México em 21 de fevereiro de 1929. O eterno Chesperito, Chaves em espanhol, se formou em engenharia, mas nunca exerceu a profissão. Se formou também em publicidade e conseguiu seu primeiro emprego na área aos 22 anos, na empresa D’Arcy.

Nos anos 50, paralelamente à sua profissão de publicitário, escreveu para rádios, programas de tv e para o cinema. Durante 10 anos contribuiu com sua genialidade para o programa Cómicos y Canciones, que era grande sucesso.

No final de 1968, Bolaños foi contratado pela emissora TIM, onde pôde usar um espaço de meia hora da programação todos os sábados. Nascia naquele momento as séries El ciudadano Gómez e Los supergenios de la mesa cuadrada. Dois anos após conseguir esse espaço, a rede de televisão estendeu seu horário para uma hora e nesse momento Roberto decidiu transformar as séries em uma só, e chamá-la de Chapolin. O seriado era formado por diferentes quadros e foi através dele que nasceram Chapolin Colorado e o personagem Chavez.

Assim, em seu show simplesmente chamado Chespirito, ele fez a estreia de seus dois personagens mais queridos e conhecidos ao redor do mundo, Chaves (do original em espanhol El Chavo del 8) e Chapolin Colorado (do original El Chapulín Colorado). O sucesso foi tanto que a TIM passou a exibir a série uma vez por semana cada um, em horário nobre.

Com Chaves, o público acompanha as aventuras de um menino órfão de oito anos (interpretado pelo então quarentão Chespirito), que vive em um barril, em uma vila suburbana. O personagem principal se mete em confusões com seus amigos (como Quico, Chiquinha e Nhonho) e vive se desentendendo com os moradores da área (Sr. Madruga, Dona Florinda e a Bruxa do 71). Além disso, na escola, Chaves geralmente irrita o professor Girafales. As aventuras de Chaves foram exibidas originalmente de 1971 a 1992.

Já o Chapolin Colorado, trata-se de um super-herói atrapalhado que acaba com os bandidos por conta de sua sorte e de sua honestidade. Suas frases mais típicas são "Não contavam com a minha astúcia" e "Sigam-me os bons". A série foi originalmente exibida entre 1970 e 1979.

Chapolin e Chavez abriram as portas da TV mexicana para o mundo. Em 1973, os dois programas eram transmitidos para quase toda América Latina, chegando a bater primeiro lugar de audiência. Até hoje, o SBT exibe os episódios da série, que ainda conquista jovens e hipnotiza os adultos, fãs fieis desde o princípio.

É incontestável a importância do legado deixado por Bolaño e será eterna sua contribuição para a televisão.

Milhares de pessoas dão o último adeus a Roberto Bolaños no Estádio Azteca
Carlos Villagrán, o Kiko do seriado Chaves, comparece ao velório de Roberto Bolaños
Missa em homenagem a Roberto Bolaños emociona multidão no Estádio Azteca
Fãs prestam homenagem para Roberto Bolaños no Memorial da América Latina

Roberto Bolaños é enterrado no cemitério Panteón Francés, na Cidade do México

Roberto Bolaños é enterrado no cemitério Panteón Francés, na Cidade do México

Roberto Bolaños é enterrado no cemitério Panteón Francés, na Cidade do México

Roberto Bolaños é enterrado no cemitério Panteón Francés, na Cidade do México

Roberto Bolaños é enterrado no cemitério Panteón Francés, na Cidade do México

Instagram

Instagram

  • @guguliberato manda o recado!!! Todo mundo ligado no @powercouplebrasil , na próxima terça-feira, na @recordtvoficial Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • @guguliberato fala sobre sua participação no comando do @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli
  • Comheça os ambientes do #powercouplebrasil.  @guguliberato @powercouplebrasil #recordtv  Video do reporter Luigi Civalli

OFuxico