Notícias

02/12/2012 | 10h27m - Publicado por: Ana Paula Hinz/ PopTevê para O Fuxico | Foto: Luiza Dantas/ Carta Z Notícias

Rodrigo Lombardi diz que não pensa na repercussão de seus papeis

Ator diz que foca em seu trabalho em primeiro lugar

Rodrigo Lombardi diz que não pensa na repercussão de seus papeis - Luiza Dantas/ Carta Z Notícias

Quem vê Rodrigo Lombardi na pele do disciplinado e imponente Théo, de Salve Jorge, não imagina o longo caminho percorrido pelo ator para conquistar o atual status profissional. No início da carreira, Rodrigo enfrentou inúmeras dificuldades para se manter no meio. As oportunidades não apareciam e precisou fazer, aproximadamente, 50 testes até conquistar um papel de destaque na tevê. Antes disso, no entanto, chegou a pensar em desistir da atuação por causa do escasso retorno financeiro.

Rodrigo Lombardi: Depois de conseguir alguns papéis na Band, na Record e no SBT, emendou seis trabalhos na Globo até ter a grande oportunidade da sua vida: interpretar o Raj, de Caminho das Índias. A princípio, o personagem deveria morrer para deixar o caminho livre para o casal Maya e Bahuan, de Juliana Paes e Márcio Garcia. Mas Raj fez tanto sucesso com o público – enquanto Bahuan não teve a mesma aceitação –, que se tornou o protagonista da trama.

"Tento me dedicar aos papéis sem pensar no tamanho da repercussão. Mas lógico que é um grande orgulho quando gostam do seu trabalho", pondera.  

Agora, Rodrigo volta a trabalhar com a autora Glória Perez em uma situação bem diferente. Mais acostumado com a fama, o ator é considerado um dos principais galãs da Globo – título que dispensa.

"O texto e a direção exploram isso no Théo, mas eu não me considero assim", argumenta.

O lado galanteador do capitão da Cavalaria do Exército ficou evidente logo nos primeiros capítulos da trama, quando ele passa a ser disputado pela ex-namorada Érica, encarnada por Flávia Alessandra, e pela temperamental Morena, vivida por Nanda Costa.

"Ele tem fama de mulherengo, mas se apaixona de verdade pela Morena. E é aí que começa a saga desse casal", opina. 

Na fase atual, Morena e Théo estão prestes a se casar. Mas, por causa dos problemas financeiros, Morena aceita ir para o exterior trabalhar como dançarina. Os dois terminam o noivado e se afastam. Só que a moça se torna vítima do tráfico internacional de pessoas e Théo decide ir atrás dela. 

"Ele vai para a Capadócia, na Turquia, em busca do sonho de felicidade dele, que é essa mulher", adianta.

Um dos maiores empecilhos será a vilã Lívia, de Cláudia Raia, que usará todas as armas para evitar que Théo descubra sobre seu lucrativo negócio.

"A novela não existe sem conflito. A Lívia e o Théo vão se envolver, mas ainda não sei como será essa relação", conta, sobre a possibilidade de a vilã tentar conquistar o capitão.  

O lado heróico e romântico de Théo fazem dele um típico mocinho. Mas, para Rodrigo, o personagem tem outras missões na história.

"Há uma função social em mostrar a relação do exército com o Complexo do Alemão. Ele também é o fio condutor dos vários universos da novela, como a comunidade, a cavalaria e a Turquia", analisa o ator, que vê nas múltiplas tramas uma grande dificuldade para o elenco.

"Temos de ser o mais simples e cuidadosos possível porque esse projeto já é tão complicado, com tantos assuntos, que não podemos exagerar no tom das cenas", avalia.    

Para encontrar a nuance certa para o papel, Rodrigo precisou estudar sobre a realidade do exército. Junto com outros atores do ncleo, passou uma semana na Aman, a Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Sul Fluminense, acordando às 5 h e fazendo todos os exercícios de técnicas operacionais e de armamento.

"Como capitão, o Théo tem todo um 'modus operandi' de se posicionar e falar. Até hoje, um militar nos acompanha nas cenas para mostrar a forma correta de se portar", revela.

Entrar no universo dos personagens é uma forma de preparação comum entre os atores e Rodrigo Lombardi já teve inúmeras experiências nesse sentido. Foi assim quando teve aulas com um grupo de ilusionistas para interpretar o trapaceiro Constantino, de Bang Bang, seu primeiro trabalho na Globo, em 2005, e depois, novamente, para fazer o protagonista Herculano Quintanilha de O Astro, no ano passado.

"O ator tem de saber entender uma vida em poucos dias para poder executar da melhor forma possível. Exige muito tempo de assimilação e estudo", divaga.

Salve Jorge: Théo vai à Turquia investigar o desaparecimento de Morena

Instagram

Instagram

  • Hoje é dia de estreia em grande estilo!! @Neide Boa Sorte​ está de volta, agora com boletins diários! 
De segunda à Segunda, sempre às 8h da manhã! 
https://youtu.be/XvGd49QXb8o
  • @ladyfontenelle e @jonathancostaoficial celebram dois anos de Salvatore 📷: Divulgação/AgNews/Anderson Borde
  • @sandyoficial brilha em apresentação especial com a banda Angra
📸Manuela Scarpa/Brazil News
  • @latino e sua noiva estiveram em São Paulo para começar um tratamento de rejuvenescimento com laser. O cantor brincou com o especialista. Confira!
  • A dupla @cleitonecamargooficial mandou um recado aos leitores do #OFuxico! Confira
  • Fiquem ligadinhos! Segunda-feira tem Live no OFuxico com @aloisiochulapa e @luisaalbu, ex- Power Couple
  • @micheltelo e @tatafersoza aproveitaram uma folguinha para brincar com os filhos, em um shopping do Rio de Janeiro. Confira tudo sobre o passeio em #OFuxico!
📷: AgNews

OFuxico