Notícias

09/03/2016 | 14h46m - Publicado por: OFuxico | Foto: Divulgação/TV Globo

Saiba tudo sobre a novela Velho Chico, da Globo

A nova novela das 21h

Saiba tudo sobre a novela Velho Chico, da Globo - Divulgação/TV Globo

Uma grande história de amor, uma saga familiar que atravessa gerações. Velho Chico, novela de Benedito Ruy Barbosa, escrita por Edmara Barbosa e Bruno Barbosa, com direção de Luiz Fernando Carvalho, narra o amor maior: pelo rio São Francisco, pelo Brasil, pela natureza e que vai se revelar na grandeza do sentimento entre Maria Tereza (Isabella Aguiar/ Julia Dalavia/ Camila Pitanga) e Santo (Rogerinho Costa/ Renato Góes/ Domingos Montagner). Do outro lado das margens desses amores habita a ganância, a ambição desenfreada, o coronelismo arcaico, ainda muito presente em nosso país: a paixão pelo poder a qualquer custo.

Uma história que mostra a cultura arcaica dos coronéis, com suas fazendas produtoras de algodão erguidas muitas vezes em circunstâncias que oprimiram o povo nordestino. Nos dias de hoje, seus herdeiros formados em novas tecnologias do solo, habituados ao uso de novos procedimentos, buscam o reequilíbrio da natureza e consequentemente um mundo melhor e mais justo para todos.

O enredo do romance entre herdeiros de famílias rivais se entrelaça à trajetória de luta pelo renascimento do Rio São Francisco. A saga tem início no final dos anos 60, na fictícia Grotas de São Francisco, e se estende até os dias de hoje. A briga familiar, que começou pelas águas e avançou pelas terras, perde o sentido para a nova geração, mas nem por isso a rivalidade deixa de existir e de impedir que antigos amores interditados pela família se reencontrem.
 

O velho Coronel Jacinto (Tarcísio Meira), o patriarca, rico e ignorante, é dono de quase tudo em Grotas de São Francisco e comanda há muitas décadas a política e a economia local. Nem por isso deixa de cobiçar um pequeno, mas rico e fértil pedaço de terra de uma família vizinha, a fazenda Piatã, do Capitão Rosa (Rodrigo Lombardi). A disputa por esse pedaço de chão é o estopim para a guerra que acaba atravessando gerações.

Jacinto é casado com Encarnação (Selma Egrei), a matriarca da família. Marcada pela dureza do tempo, ela carrega a sofreguidão de uma mulher que chora em silêncio a morte do primogênito, seu preferido, tragado pelas águas do Rio São Francisco em um dia de travessia perigosa. O único herdeiro do casal é Afrânio de Sá Ribeiro (Rodrigo Santoro/ Antonio Fagundes), que, amado pelo pai, mas preterido pela mãe, foi estudar em uma Salvador culturalmente efervescente, no final da década de 1960, e formou-se em Direito, mas vive às custas do dinheiro do pai. O jovem é apaixonado por Iolanda (Carol Castro/ Christiane Torloni), cantora dos bares de Salvador. Uma mulher sem amarras e à frente de seu tempo. Ela se apaixona perdidamente por Afrânio, vivendo um amor idílico no Solar da família dele. 
 
Com a morte súbita de Jacinto, Afrânio escolhe matar seu sonho de independência para se transformar na continuação do pai: o jovem Coronel Saruê.

A mando de Encarnação, o jovem coronel faz o percurso de reconhecimento dos parceiros de seu pai por toda a região nordestina. E, em uma dessas fazendas, o desejo lhe cega. Afrânio não resiste aos encantos de Leonor (Marina Nery), filha de Aracaçú (Carlos Betão), e se envolve com a menina. Ele não podia imaginar que aqueles momentos de desejo lhe renderiam um casamento à base do facão: casava ou morria.

A partir daí, Leonor passa a viver na fazenda da matriarca Encarnação, que a recebe como uma qualquer, rejeitando que uma mulher de classe mais baixa se casasse com seu filho e muito menos que essa mulher tivesse esperando um herdeiro dele. Porém nasce Maria Tereza (Isabella Aguiar/Julia Dallavia/Camila Pitanga), uma menina, para o assombro de Encarnação (Selma Egrei), que, em meio a um parto encruado, foi quem trouxe a neta ao mundo, espalhando a notícia de que nem para dar um filho varão Leonor prestava.

De outro lado, os Rosa. Capitão Ernesto (Rodrigo Lombardi) é um homem de conduta honrosa, justa e com ideais humanistas. Casado com Eulália (Fabíula Nascimento), o casal não tem filhos, mas adota Luzia (Carla Fabiana/ Larissa Góes/Lucy Alves) que fora abandonada em suas terras, encontrada enrolada em panos pobres em meio à plantação de algodão. No mesmo momento, também acolhem da seca do sertão Belmiro (Chico Diaz) e Piedade (Cyria Coentro), o casal retirante que chega em Grotas com o filho, Santo (Rogerinho Costa/ Renato Góes/ Domingos Montagner), fragilizado pelos dias de caminhada atravessando o sol a pino do sertão.

Amamentadas pelo mesmo leite de Piedade, as duas crianças, Santo e Luzia, crescem juntas, como irmãos, apesar do amor de mulher que Luzia nutre por Santo e que cada dia cresce mais.
 
Com o tempo, mais do que funcionários, Belmiro e Piedade tornam-se membros da família e defensores dos ideais de igualdade e justiça social do capitão Ernesto Rosa.
 
Ignorando a discórdia entre as duas famílias, o destino trata de aproximar seus frutos. Foi em uma procissão de São Francisco de Assis que Santo e Maria Tereza, representando São José e Nossa Senhora, jogam-se nas águas do rio. Ali, Velho Chico cruza seus caminhos e passa a guiar essa história.
 
Descoberto o amor proibido entre Santo, o filho do retirante Belmiro, e Maria Tereza, a filha do maior coronel da região, Afrânio, é selada a interdição dos amantes. A família de Maria Tereza separa os dois trancando a jovem em um internato bem longe do seu amado, em Salvador. Com a passagem dos dias, apesar das várias cartas escritas por Maria Tereza, Santo não fica sabendo que teve um herdeiro com seu grande amor. As cartas foram interceptadas por sua irmã de leite Luzia, hoje mulher, morena, linda e faceira, mais apaixonada do que sempre por Santo.
 
Desse romance proibido entre Santo (Domingos Montagner) e Maria Tereza (Camila Pitanga) nasce Miguel (Gabriel Leone). Mas também enterra Belmiro, pai de Santo, assassinado pelas mãos de Cícero (Pablo Morais), empregado do coronel Afrânio (Antônio Fagundes).
 
Logo a gravidez de Maria Tereza é descoberta no internato, de onde é retirada pelo próprio pai, alimentando ainda mais o desejo de vingança de Afrânio (Rodrigo Santoro). Ele volta de Grotas disposto a matar Santo. Mas ele não imagina que Bento (Diyo Coelho), filho de Belmiro (Chico Diaz), tivesse por ele o mesmo ódio que o coronel tem por Santo. Ele pretendia honrar a filha, quando é atingido por u tiro a caminho da fazenda Piatã. Só não morre porque o arrependimento de Bento é maior que seu anseio por uma retaliação.

Afrânio fica e coma e desperta uma culpa sem precedentes em Maria Tereza. Àquela altura, grávida, sozinha e sem nenhuma pista de Santo, ela entende que o ódio entre as famílias é maior que o ódio dos dois.

No hospital enquanto o pai está na UTI, Maria Tereza se depara com Iolanda (Carol Castro), que fica sabendo do acidente e vai atrás de notícias do coronel. É ela quem consola Maria Tereza . As duas conversam e a empatia é imediata. Maria conta à Iolanda seus segredos e a saga do amor interrompido.

Afrânio nunca esqueceu Iolanda. No período em que Maria Tereza fica no internato, Afrânio procura por Iolanda numa casa de shows, mas não te coragem de ir adiante. O reencontro só acontece, de fato, no hospital. Diante do corpo inerte, as mulheres da vida dele, Iolanda e Maria Tereza, suplicam para que ele não desista de viver. Afrânio desperta e chama Iolanda pelo nome. Nem mesmo a fúria de Encarnação (Selma Egrei) é capaz de separá-los.

Segunda fase – 20 anos depois

Maria Tereza não volta a procurar Santo depois da tragédia com o pai. Conformada com seu destino, acaba voltando para as terras de sua família às margens do Rio São Francisco, Uma troca de favores define seu futuro: Carlos Eduardo (Rafael Vitti/ Marcelo Serrado) vai com o pai até a casa do coronel para uma conversa. Ele deseja que o filho siga carreira política e, e troca de um cargo em Brasília, Afrânio (Antônio Fagundes) sugere que Carlos Eduardo se case com Maria Tereza e assuma Miguel (Gabriel Leone) como filho.

O segredo é guardado com cautela por Iolanda (Cristiane Torloni), Afrânio, Maria Tereza e o marido. Miguel não faz ideia de que seu pai biológico é Santo (Domingos Montagner). Santo não sabe que tem um filho com Maria Tereza. As cartas interceptadas por Luzia (Lucy Alves) o impediram de viver essa paternidade e o amor proibido. Com o caminho livre, a filha de criação de Eulalia (Fabíula Nascimento) acaba se casando com Santo, jutos tem duas filhas, mas não conquista seu coração por inteiro.

Maria Teresa e Carlos Alberto, por sua vez, mantem um casamento de aparência, já que ela nunca deixou de amar Santo. Miguel herda do pai biológico a paixão pela terra e vai estudar agronomia fora do país. Carlos Alberto segue carreira política em Brasília e está sempre metido e acordos que beneficiam o sogro.

Cada vez que fala com o filho, Maria Tereza lembra de Santo e de como os dois são parecidos. Com o filho de volta ao Brasil, Maria Tereza se sente dividida e angustiada com a possibilidade da paternidade ser revelada. Isso porque Miguel volta com o intuito de colocar em prática sua tese de doutorado: agronegócio sustentável e a convivência com o semiárido. 

Maria Tereza viverá a sua grande saga de amor. E só esse amor, abençoado por Velho Chico, será capaz de mudar o rumo desta história.

Instagram

Instagram

  • @aldairplayboy também colocou todo mundo para dançar, durante sua incrível apresentação, no evento no CTN, em São Paulo, que também contou com a participação de Devinho Novaes
  • @xandaviao agitou a madrugada deste sábado (18), com um super show no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo. Na ocasião, ele interpretou sucessos de todas as fases do Aviões do Forró
  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • Olha só o recadinho que a dupla #Sandro&Gustavo mandou para os leitores de OFuxico!
  • @projota fez questão de convidar os seguidores de #OFuxico para conferir sua mais nova música de trabalho, Sr. Presidente, que já conta até com videoclipe. Confira mais!
  • Confira suposta lista de participantes de #AFazenda! Quem você gostaria que estivesse na nova edição do programa?
📷: Divulgação/Record TV

OFuxico