Imprimir

Notícias

02/05/2018 | 18h31m - Publicado por: Barbara Contiero | Foto: Andre Muzell/Agnews

Selton Mello afirma que não teme a solidão

Aos 45 anos, Selton Mello fez o cinema brasileiro ser conhecido mundialmente

Selton Mello afirma que não teme a solidão - Andre Muzell/Agnews
  • Amei0
  • Curti0
  • Feliz0
  • Triste0
  • Nervoso0
  • Surpreso0

Em 1979, aos sete anos, Selton Mello fez Sidney em Dona Santa, desde então o ator não parou mais. Numa entrevista com Carolina Dieckmann para a Top Magazine, o ator falou sobre a solidão, e a carreira. Inclusive do pensamento constante de desistir da carreira.

"Penso nisso toda hora! Neste momento em que respondo esta entrevista pensei em usar a oportunidade, me despedir e partir para o meio do mato e cuidar de plantar batatas. Mas algo me coloca para a frente, que não sei medir. Por isso uma força me leva a cantar, por isso essa força estranha no ar. Por isso é que eu canto, não posso parar. Por isso essa voz tamanha! Chega uma hora na vida de quem trabalha com arte que a obra ganha do criador. Tem gente que é tocada pelo que faço, e essas pessoas merecem que eu continue. Ok, é pouca gente, mas estou de olho nelas, faço por elas. Muito do fato de continuar vem disso, é como se fosse uma missão que não tenho o direito de interromper [...] E pelos meus pais, maiores incentivadores e primeiros espectadores de tudo que faço, é por eles que também sigo em frente. Mas vontade de mudar o rumo da prosa tenho toda hora, dúvidas sobre tudo isso tenho o tempo todo. Só que tento usar isso para me impulsionar, não para permanecer estagnado. Cuido a cada momento para não ficar estéril artisticamente, procuro sempre viver grávido de ideias.", contou o diretor, ator, roteirista, dublador e produtor.

Além disso, Selton também falou de seus personagens preferidos retratados ao longo da frutífera carreira cinematográfica.

"Chicó de O Auto da Compadecida, pela enorme força popular. A obra magistral de Ariano Suassuna encontrou nas mãos de Guel Arraes o diretor ideal, e fizemos um marco no audiovisual. Mais de 20 anos se passaram e até hoje sou abordado com um sorriso no rosto por espectadores muito distintos e todos apaixonados por esse trabalho. Entramos nos corações dos brasileiros para sempre. [...] O Palhaço, um êxito gigante com um filme sensível, que conseguimos a raridade de agradar público e crítica, algo popular e refinado, um orgulho danado desse trabalho.", contou Selton orgulhoso de seus 'filhotes queridos'.

Ele comentou ainda sobre a solteirice e o fato de não temer a solidão.

"Tô pensando ainda no gato! É lindo o que me mostrou, mas não paro em casa, e esse felino vai ficar aqui sozinho? Como é que eu faço com esse gato, Brasil? Não temo a solidão, sou amigo dela, me alimento de suas possibilidades. É uma escolha, e não tá ruim, não. Portanto, sobre o fato de sentir falta de alguém me esperando em casa...", brincou.







Instagram

Instagram

  • @aldairplayboy também colocou todo mundo para dançar, durante sua incrível apresentação, no evento no CTN, em São Paulo, que também contou com a participação de Devinho Novaes
  • @xandaviao agitou a madrugada deste sábado (18), com um super show no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo. Na ocasião, ele interpretou sucessos de todas as fases do Aviões do Forró
  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • @RenatoAragão fala da emoção de estar mais uma vez no #CriançaEsperanca, uma ideia que ele teve há mais de três décadas
  • Olha só o recadinho que a dupla #Sandro&Gustavo mandou para os leitores de OFuxico!
  • @projota fez questão de convidar os seguidores de #OFuxico para conferir sua mais nova música de trabalho, Sr. Presidente, que já conta até com videoclipe. Confira mais!
  • Confira suposta lista de participantes de #AFazenda! Quem você gostaria que estivesse na nova edição do programa?
📷: Divulgação/Record TV

OFuxico