Notícias

13/12/2014 | 17h07m - Publicado por: O Fuxico | Foto: Reprodução

Sheilla Castro, Ana Moser e mais atletas se revoltam com escândalo de corrupção no vôlei

Jogadores de Taubaté e Canoas usaram narizes de palhaço

Sheilla Castro, Ana Moser e mais atletas se revoltam com escândalo de corrupção no vôlei - Reprodução
Os atletas do vôlei brasileiro, que tanto orgulham o nosso país internacionalmente, enfrentam um momento de revolta com escândalos de corrupção envolvendo a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). A bicampeã olímpica Sheilla Castro foi uma das que desabafaram:
 
“É lamentável tudo o que vem acontecendo no Brasil. Parece que a corrupção está em todos os lugares. A cada dia, novas denúncias! Mensalão, Petrobras e agora até o voleibol está na lista. Uma pena, porque perdemos nós, atletas, perde o esporte que conquistou força internacional e credibilidade. Até onde vai essa impunidade? Coloquei essa foto em preto e branco em sinal de luto, tristeza”, publicou.
 
Ana Moser também se pronunciou:
 
“O voleibol brasileiro é muito maior do que isso. Muito maior. Hora da comunidade do voleibol se unir para reconstruir”, comentou.
 
Durante a partida entre Taubaté e Canoas, pelo Superliga Masculina, os atletas entraram em quadra com narizes de palhaço. Gustavo Endres, que estava em quadra pelo clube gaúcho, fez cobranças:
 
“Aqui ninguém é palhaço! Chega de corrupção! Vergonha, CBV, só isso basta pra demonstrar meu sentimento nestes últimos meses. E nós atletas o que vamos fazer? Paralisar a Superliga? Ou vamos deixar como está? E os clubes vão assumir a gestão ou vão se calar?”, escreveu nas redes sociais.
 
O caso
 
Na última quinta-feira (11), a Controladoria Geral da União (CGU) apontou irregularidades em 13 contratos. Juntos, eles somam R$ 30 milhões em pagamentos feitos entre 2010 e 2013 pela CBV, na antiga gestão, com verba do Banco do Brasil. O banco imediatamente suspendeu a parceria de 23 anos.
 
Entre tais irregularidades, estão pagamentos para empresas que possivelmente são fantasmas e que pertencem aos genros do ex-presidente da CBV e atual presidente da Federação Internacional de Vôlei (FIV), Ary Graça. O órgão também apontou que os bônus relativos às performances não eram transferidos para os atletas.
 
 
Sheilla Castro, Ana Moser e mais atletas se revoltam com escândalo de corrupção no vôlei
Instagram

Instagram

  • @anamaria16 ensina aos repórteres e aos participantes do Superchef Celebridades a fazer a melhor coxinha do Brasil 📽 @flaviacirino
  • @robertoljustus e @ticipinheiro comemoraram os oito aninhos de #RafinhaJustus, neste sábado
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News
  • Filha caçula de @eliana é pura fofura na festa do irmão mais velho, Arthur 
Foto: Manuela Scarpa/Brazil News
  • @oceara e @misantosoficial realizaram uma festança para @valentinamunizreal. Veja tudo no #OFuxico 
Foto: Leo Franco/AgNews
  • @marinaruybarbosa e @brumarquezine arrasam na Grécia! Confira as fotos no #OFuxico 
Fotos: Reprodução/Instagram
  • @fatimabernardes é pura elegância no lançamento do livro Poesia que Transforma, de @brauliobessa, na Livraria da Travessa, no Barra Shopping, Rio de Janeiro.

Foto: Wallace Barbosa/AgNews
  • @simoneses e @simaria cantando dutente coletiva de imprensa em São Paulo

OFuxico