Acidente às 14:53

Conheça a história da dupla Conrado e Aleksandro, interrompida por grave acidente

Dupla sertaneja Conrado e Aleksandro

Foto: Divulgação

Foram apenas 19 anos de história em conjunto, mas cercadas de alegrias, conquistas e expectativas. a morte do cantor sertanejo Aleksandro, neste sábado, 07 de maio, após o tombamento do ônibus em que ele estava com o parceiro musical, Conrado, e a equipe da dupla, marca o ponto final.

Leia +: No ano passado, cantor sertanejo foi atingido por uma lancha

A ideia de formar a dupla partiu de Formada por Conrado, nome artístico de João Vitor Soares. Ele e Aleksandro, que na verdade se chamava Luiz Aleksandro Talhari Correia, se uniram em 2003 em Dourados, no Mato Grosso do Sul.

O início foi clássico, tocando em barzinhos. Além de canções que fazem parte do setlist obrigatório dos sertanejos, eles apresentavam músicas autorais que logo fizeram sucesso.

Leia +: Lucas Lucco já se recuperou de acidente que causou ferimentos no rosto

Em 2009, a dupla lançou seu terceiro CD pela gravadora Som Livre, conta com a faixa “Certos Detalhes”, em parceria com o cantor Luan Santana.

De acordo com o site oficial da dupla, a gravação do primeiro DVD foi durante um show em 2012, no Paraná. Em 2014, Conrado e Aleksandro lançaram um novo CD, gravado em Curitiba. O destaque foi o single “Lobos”. Em 2017, a dupla lançou um de seus maiores sucessos “Põe no 120”, que foi um dos maiores sucessos entre os peões dos rodeios de Barretos.

Com mais de 1 milhão de visualizações no YouTube com o sucesso “Tereré e Narguilé”, lançado 2018, os amigos gravaram ainda músicas inéditas e regravações, como “Vidas Divididas” e “Põe no 120”.

ACIDENTE DEIXA SEIS VÍTIMAS FATAIS E VÁROS FERIDOS

O ônibus da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro tombou por volta das 10h30 deste sábado, 07 de maio, no quilômetro 402 da rodovia Régis Bittencourt, no trecho de Miracatu, no Vale do Ribeira. Em nota, a Arteris (S/A), empresa que administra a Rodovia Régis Bittencourt, informou que há ao menos seis pessoas morreram no acidente, 11 feridos graves e dois leves. Entre as vítimas segundo a assessoria da dupla, está Aleksandro.

Segundo a polícia rodoviária federal, o pneu dianteiro do ônibus teria estourado e, com isso, atravessou a pista após o tombamento. Cerca de 18 pessoas, incluindo a banda e os artistas, estavam no veículo. A dupla havia se apresentado na noite anterior na cidade de Tijucas do Sul, no Paraná. Todos estavam a caminho de São Pedro, interior de São Paulo, onde se apresentariam neste sábado, 07.

Além dos óbitos confirmados, oito vítimas foram socorridas pela ambulância da concessionária, cinco estão sendo socorridas presas nas ferragens e uma vítima ainda não foi encontrado.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!