20/01/2021 | 19h05m - Publicado por: Flávia Ávila | Foto: Reprodução/Instagram

BBB21: Pai de Arthur Picoli rebate resultado que dispensou filho de time de futebol

Em entrevista ao UOL Esporte, José Picoli mostrou o seu ponto de vista do caso

BBB21: Pai de Arthur Picoli rebate resultado que dispensou filho de time de futebol - Reprodução/Instagram

Arthur Picoli foi o primeiro participante do BBB21 e o primeiro integrante do Pipoca a ser anunciado na última terça-feira (19). Com 26 anos, o rapaz é instrutor de crossfit, mas também tem um caminho no futebol profissional que foi interrompido precocemente, como relatado por familiares do capixaba ao UOL Esporte.

Fiuk, Viih Tube e Projota reinam e BBB21 supera estreia do ano passado no Twitter

"O Arthur foi para Goiás para tentar a carreira como jogador de futebol profissional, e foi uma decisão muito difícil, porque ele acabou saindo de casa muito novo, aos 14 anos. Apesar disso, tudo foi sempre acordado com os pais, eles sempre tiveram presentes e apoiando os sonhos dele", contou Victor Louzada, primo do BBB, em conversa com o portal.

De família fánatica pelo esporte, ele teve a sua primeira tentativa no Atlético-GO. De acordo com seu pai, José Picoli, Arthur recebeu a oportunidade em 2009. porém, dois anos depois o seu sonho foi interrompido pois teve uma dispensa após exames de eletrocardiograma apresentarem uma alteração.

O motivo não foi muito bem aceito pelo pai do brother. "No segundo ano [de Atlético-GO], na volta da apresentação e com mudança da diretoria, nos exames de coração deu uma alteração nos resultados. Creio que armaram para dispensar [o Arthur]. Retornando para casa, foi feito na cidade de Castelo (ES) uma bateria de exames, e todos os resultados foram satisfatórios, não havendo alteração nenhuma", declarou José, por meio da assessoria de imprensa do participante.

BBB21: Fábio Jr. parabeniza Fiuk e declara torcida

O mundo do crossfit

 

Por fim, Arthur acabou desistindo de vez do futebol mesmo por falta de dinheiro. Posteriormente a saída do Atlético-GO, o galã defendeu os clubes Itaberaí Esporte Clube e Castelo FC.

"Na mudança de diretores da base, desceram alguns jogadores que estavam treinando no profissional, e não tinha como [Arthur] ficar alojado, e ele voltou para o Castelo FC", relatou o pai, sobre a não permanência de Arthur no Ponte Preta (Campinas).

Apesar de não ter conseguido continuar em uma carreira precisa no futebol, o jovem não desistiu e estudou para manter-se na área de alguma forma.

"O Arthur sempre foi muito ativo, fazia natação e tudo... Aí ele tentou a carreira no futsal e no futebol e acabou não dando certo. Ele desistiu por não ter conseguido sucesso e retorno financeiro. Assim, ele focou nos estudos, concluiu o ensino médio e entrou na faculdade de Educação Física", disse a irmã, Thaís Louzada.

Ex-Fazenda, Cartolouco detona elenco do BBB21 e provoca Boninho

"Logo que se formou, começou a dar aula em academias em Castelo mesmo e construiu um projeto social relacionado ao esporte até que se descobriu no crossfit. Hoje ele atua em uma das maiores academias da modalidade."





Notícias Relacionadas



Instagram

Instagram

OFuxico