Carnaval às 10:22

Carnaval 2023: Filho vai para a avenida representar Bezerra da Silva na Acadêmicos do Tucuruvi

Chamada da homenagem a Bezerra da Silva, da Acadêmicos do Tucuruvi
Chamada da homenagem a Bezerra da Silva, da Acadêmicos do Tucuruvi – Foto: site oficial da Acadêmicos do Tucuruvi

Vem aí mais um Carnaval, di, di, di, di, di, di! E com ele, as Escolas de Samba estão a todo vapor, trabalhando em fantasias, alegorias e homenagens. A Acadêmicos do Tucuruvi, agremiação do bairro famoso da Zona Norte de São Paulo, já escolheu o homenageado para 2023: Bezerra da Silva, com o enredo “Da Silva, Bezerra. A voz do Povo!”, que está sendo desenvolvido pelos carnavalescos Dione Leite e Yago Duarte.

O filho do sambista, Ítalo Bezerra, tem acompanhado tudo de perto e comemorado a homenagem. Ele contou à reportagem de OFuxico sobre o momento.

Ítalo bezerra fazendo sinal positivo com as mãos
Ítalo bezerra fazendo sinal positivo com as mãos – Foto: Renato Cipriano

OFuxico – Qual a emoção em saber que seu pai é enredo de uma escola de samba ?

Ítalo Bezerra – Muito gratificante pois é a consagração de um Artista que representa a realidade do nosso povo com sua visibilidade e descrição de um gênio. “Para Tirar Meu Brasil dessa Baderna só quando o Morcego doar Sangue e o Saci Cruzar as Pernas”.

OFuxico – Como é para você poder representar o seu pai e todo o legado deixado por ele, durante o desfile?

Ítalo Bezerra : É uma emoção imensurável, pois estarei representando todo o povo descriminado pela sociedade e como filho, primogênito, sendo a continuidade desse legado e através de uma Escola de Samba como a Tucuruvi, que está milimetricamente sendo cuidadosa em todos os detalhes, confesso o medo, ansiedade e as expectativas estão acontecendo ao mesmo tempo.

Ítalo participou de uma grande roda de samba na escola de samba, cantando os clássicos do pai e do mundo do samba no evento “Quintal Du Bezerra”, em julho. Tietado pelos integrantes de lá, ele semanalmente se apresenta por lá. E está na ansiedade para entrar na avenida, representando seu pai.

QUEM FOI BEZERRA DA SILVA

Bezerra da Silva nasceu em Recife, Pernambuco e partiu para o Rio de Janeiro quando tinha 15 anos, escondido em um navio. Na Cidade Maravilhosa, ele seguiu, trabalhando na Construção civil. Desde bem pequeno, já tocava percussão e fez parte de um bloco carnavalesco. Em 1950 ele começou a atuar como compositor de sucesso, ao ser levado para a Rádio Clube Brasil. Dezenove anos depois, ele gravou seu primeiro compacto simples (um disco de vinil em tamanho menor) e, seis anos depois, partiu para o primeiro LP.

Retrato de Bezerra da Silva
Retrato de Bezerra da Silva – Foto: Reprodução

Com músicas de sucessos, cantadas até hoje como “Malandragem Dá um Tempo”, “Sequestraram Minha Sogra”, “Defunto CagUete”, “Malandro Não Vacila”, entre outros, Bezerra caiu no gosto popular. No ano de 1995, gravou “Moreira da Silva, Bezerra da Silva e Dicró: Os Três Malandros In Concert”, uma paródia ao show dos três tenores, Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e Josep Carreras. O sambista também virou livro (1998), “Bezerra da Silva – Produto do Morro”, de Letícia Vianna.

Bezerra da Silva morreu em 17 de janeiro de 2005, em decorrência de uma parada cardíaca. O sambista estava internado no dia 28 de outubro de 2004, aos 77 anos, no CTI da Casa de Saúde Pinheiro Machado, em Laranjeira, Zona Sul do Rio de Janeiro com pneumonia e efisema pulmonar. Naquele dia, foi induzido ao coma, como parte do tratamento e depois transferido para o Hospital dos Servidores do Estado, onde faleceu.

PREPARATIVOS DA AGREMIAÇÃO

Foto do evento Arrancada do Zaca
Foto do evento Arrancada do Zaca – Foto: Reprodução Instagram @cantoritalobezerraoficial

A escola está feito furacão, iniciando os preparativos para fazer bonito, mais uma vez, no Sambódromo do Anhembi, no próximo ano. Segundo a assessoria do local, no próximo dia 09 de setembro acontece a retomada dos encontros na quadra social da agremiação.

“Os dirigentes da Tucuruvi avisaram aos integrantes da comunidade da Cantareira que eles irão se reunir na sexta-feira, 09 de setembro, para darem o pontapé inicial, através da ‘Arrancada do Zaca’, rumo ao desfile do carnaval 2023, onde está sendo preparado uma festa repleta de atrações e novidades incríveis para os integrantes e admiradores da escola”, disse a assessoria.

Recentemente a diretoria da escola de samba realizou um coquetel para a entrega dos figurinos do Quadro de Casais de Mestre Sala e Porta Bandeira. Durante a entrega, foi explicado o significado de tudo que será representado durante a passagem da Tucuruvi na passarela repleta de samba e alegria.

Segundo a ordem dos desfiles, a Acadêmicos do Tucuruvi será a 2ª escola a desfilar no Sambódromo do Anhembi, no sábado, 18 de fevereiro de 2023, no Grupo Especial paulistano.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Notícias Relacionadas