Carnaval às 23:50

Carnaval 2024: Bianca Monteiro, a Beyoncé do Samba, é cria da Portela

Carnaval RJ - Bianca Monteiro, rainha da bateria da Portela
Bianca Monteiro, rainha da bateria da Portela – Foto: Reprodução/ Instagram @biancamonteiroofcial

Aos 35 anos, Bianca é mais uma rainha cria da escola. Ex-passista da Portela, ela assumiu a coroa em 2017. No cobiçado posto já ocupado por Valéria Valenssa, Adriane Galisteu, Luiza Brunet, Adriana Bombom, Luma de Oliveira e Sheron Menezes, a beldade se destaca.

Deolane Bezerra perde brinco caríssimo

Não somente pelo exímio samba no pé, mas por seus posicionamentos sempre muito firmes. Recentemente, por exemplo Bianca comentou a questão de rainha famosa e anônima.

“A menina da comunidade busca ser reconhecida por aquilo que faz a vida toda. Já a famosa ela busca também mais trabalho em cima daquela visibilidade que tem durante o Carnaval, então todo mundo está ali com um propósito”, disse ela.

Por fim, Bianca completou: “São pessoas diferentes, momentos diferentes, histórias diferentes, e que precisam ser respeitadas, todo mundo tem que ser respeitado naquilo que faz, não existe eu falar para você do meu amor pelo Carnaval e não respeitar os outros”, completou.

Saiba a trajetória de Bianca Monteiro

A rainha da bateria da Portela começou a frequentar a azul e branco aos 13 anos, levada pelo pai, Paulo Monteiro. A jovem não demorou a se destacar e logo se tonou passista. Entretanto, ela sempre quis mais e sonhava em mostrar seu gingado à frente da Tabajara do Samba.

Nos anos de 2015 e 2016, Bianca Monteiro ostentou a faixa de Princesa do Carnaval e ficou conhecida como a “Beyoncé do Samba”.

A beldade teve tanto destaque que foi convidada pelo então presidente da agremiação, Luís Carlos Magalhães, para assumir o posto de rainha da bateria. Logo em sua estreia, no Carnaval de 2017, a Portela venceu, quebrando um jejum de 33 anos.

Relembre o retorno de Sheron Menezzes para a Portela

“Sou filha da Portela, nasci e me criei lá. Tudo que eu tenho e tudo que eu sei hoje foi a Portela e o samba que me deram”, declarou.

Além de majestade da Tabajara do Samba, Bianca Monteiro é CEO da Oficina de Artes Paulo da Portela, que promove a cultura de samba em Madureira, bairro da Zona Norte onde está localizada a escola de samba.

Notícias Relacionadas