Carnaval Rio de Janeiro às 03:00

Carnaval 2024: Unidos da Tijuca traz Portugal para a Sapucaí

Carnaval 2024 - alegoria da escola de samba Unidos da Tijuca
Uma das alegorias da Unidos da Tijuca – Foto:Divulgação

A Unidos da Tijuca promete encantar o Carnaval de 2024 com o enredo “O Conto de Fados”, assinado pelo carnavalesco Alexandre Louzada. Antes de tudo, a proposta da escola é levar para Sapucaí uma viagem encantadora a Portugal, explorando diversos aspectos da história do país por meio de fábulas, mistérios e lendas populares. 

Carnaval 2024: Lexa arrasa no último ensaio da Unidos da Tijuca

Dono de seis títulos no Rio e outros dois em São Paulo, Alexandre Louzada quer, a princípio, reencontrar o caminho da vitória e voltar para o pódio. Ainda mais porque isso não acontece desde 2016.

Conhecida por ser uma escola de samba criativa, inovadora, ousada, contemporânea, arrojada, ainda assim a Amarelo-ouro e Azul-pavão vai mudar. Juntamente com esses elementos, o carnavalesco vai acrescentar o bom gosto, o luxo, o bom acabamento e as proporções volumétricas mais avantajadas de alegorias e fantasias.

‘Eu tenho uma característica, por exemplo, de preferir as dimensões maiores, tanto de fantasia quanto alegoria. É a minha proposta para a Tijuca, materiais diferentes. Então, talvez seja o carnaval com o retorno mais das minhas características”, enfatizou o carnavalesco.

Como será o desfile da Unidos da Tijuca neste Carnaval

Em seguida, Alexandre Louzada também enumerou algumas características que pretende mostrar em sua estreia na agremiação do Morro do Borel: “Todo carnavalesco é, antes de tudo, um contador de histórias”, destacou.

Além disso, ele ressaltou outras coisas: “O fato é que a história tradicional de Portugal nasce com essa narrativa dramática, principalmente no início dos pescadores, nas aventuras quando iam tão longe, e essa música, o fado nasceu em becos, nas beiras de cais, como o nosso samba também. É um compilado de lendas.

Raramente a Unidos da Tijuca, nos últimos anos, deixou a desejar em quesitos importantes. Por exemplo, a comissão de frente, composta por 15 integrantes e comandada pelo coreógrafo Sérgio Lobato. Com a proposta de ser uma experiência única, repleta de encanto e emoção, já inicialmente, promete encantar.

A coreografia, por exemplo, será pra lá de entrosada. E vai demonstrar, desta forma, conhecimento profundo da letra do samba-enredo: “A ideia é apresentar uma narrativa fantástica apoiada na mais tradicional música portuguesa, o fado”, destacou o coreógrafo, por fim.

Vale destacar que, todas as vezes que a amarelo ouro e azul pavão exalta Portugal, bem como quando canta suas raízes, o resultado surpreende.

  • Enredo: “O Conto de Fados”
  • Carnavalesco: Alexandre Louzada
  • Diretor de Carnaval: Marquinho Marino
  • Intérprete: Ito Melodia
  • Mestre de Bateria: Casagrande
  • Rainha da bateria: Lexa
  • Mestre-sala e Porta-bandeira: Matheus André e Lucinha Nobre
  • Comissão de Frente: Sérgio Lobato
  • Famosos: Não tem

Confira a letra do samba

Gira baiana, perfumada de alecrim
Que a Unidos da Tijuca defuma no benjoin
Roda na gira a saia de linho rendado
Que o fado vira samba, e o samba vira fado

Um samba fadado
Ao mar do outro lado
A pescar histórias, memória ancestral
Viaja na bruma da branca espuma
Pra encantar no carnaval

Vai buscar
No verde oceano o heroico Odisseu
Que além do Egeu não se amedrontou
Com uma rainha tão só e carente
Mulher ou serpente que jurou o seu amor
À beira do Tejo nascia Lisboa

Receba as notícias de OFuxico no seu celular

A musa das loas dos seus menestréis
Na praia bravia o ouro escorria
E o guardião emergia das marés

Põe no balaio um punhado de magia
Das divindades que invadiam o lugar
Põe no balaio e amassa com carinho
Que do cacho eu faço vinho
Pra colheita festejar

N’alma do fado mil e uma noites
Doces sabores, velho saber
Amar o fado, ir a Matamba, herdar o samba, ifá, dendê
Portugal das glórias que revelam o passado
Ao monstro que sangrou escravizados
E veio aportar no mar
Que brilha sob o céu de Vera Cruz
Um banho de alfazema que conduz
O Santo Rosário e o povo de fé
Pra cantar o fado tijucano
Macumbado de amém e axé

Notícias Relacionadas