20/02/2020 | 15h59m - Publicado por: Flávia Almeida | Foto: AgNews

Carnaval 2020: Mangueira trata da volta de Jesus, negro, à Terra

Carnaval 2020: Mangueira trata da volta de Jesus, negro, à Terra - AgNews

A Verde e Rosa vai contar a história de Jesus Cristo. Mas de um Cristo negro e favelado, que sofre com preconceito e intolerância, em uma política belicista de segurança pública. O carnavalesco vai tratar da volta de Jesus Cristo à Terra e vai se identificar e se irmanar com os mais pobres, como os moradores de favelas, que sofrem com todo tipo de preconceito, principalmente o religioso, e com a intolerância.

Conheça a agremiação

Estação Primeira de Mangueira - 3ª escola a desfilar  - 23h50

Colocação em 2019: Campeã

Fundação: 28/04/1928

Cores oficiais: Verde e rosa

Presidente: Elias Riche

Carnavalesco: Leandro Vieira

Mestre de Bateria: Wesley

Mestre-sala e porta-bandeira: Squel Jorgea e Matheus Olivério

Diretor de Carnaval: Comissão de carnaval

Diretor de Harmonia: Edson Góes (Edinho)

Rainha de bateria: Evelyn Bastos

Intérprete: Ciganerey

Comissão de Frente: Priscilla Mota e Rodrigo Neri

Curiosidades: Lázaro Ramos foi convidado para representar Jesus. O ator recusou.  

Famosos: Alcione, Alexandre Pires, Ailton Graça, Júnior, Rosemary, Lecy Brandão

Enredo: A Verdade vos Fará Livre

Compositores: Manu da Cuíca e Luiz Carlos Máximo

Saiba tudo sobre o Carnaval 2020

Samba-Enredo

Eu sou da Estação Primeira de Nazaré
Rosto negro, sangue índio, corpo de mulher
Moleque pelintra do buraco quente
Meu nome é Jesus da gente

Nasci de peito aberto, de punho cerrado
Meu pai carpinteiro desempregado
Minha mãe é Maria das Dores Brasil
Enxugo o suor de quem desce e sobe ladeira
Me encontro no amor que não encontra fronteira
Procura por mim nas fileiras contra a opressão

E no olhar da porta-bandeira pro seu pavilhão

Eu tô que tô dependurado
Em cordéis e corcovados
Mas será que todo povo entendeu o meu recado?
Porque de novo cravejaram o meu corpo
Os profetas da intolerância
Sem saber que a esperança
Brilha mais que a escuridão

Favela, pega a visão
Não tem futuro sem partilha
Nem messias de arma na mão

Favela, pega a visão
Eu faço fé na minha gente
Que é semente do seu chão

Do céu deu pra ouvir
O desabafo sincopado da cidade
Quarei tambor, da cruz fiz esplendor
E ressurgi pro cordão da liberdade

Mangueira
Samba, teu samba é uma reza
Pela força que ele tem
Mangueira
Vão te inventar mil pecados
Mas eu estou do seu lado
E do lado do samba também





Notícias Relacionadas

08/12/2020 | 16h25m - Giovanna Prisco

Alexandre Pires terá seu próprio cruzeiro em 2021

07/12/2020 | 15h33m - Larissa Mariano

Festival WME Awards by Music2! terá Alcione e Luísa Sonza



Instagram

Instagram

OFuxico