Carnaval às 21:30

Polêmica sobre desfiles de Carnaval ganha mais um episódio

Polêmica sobre desfiles de Carnaval ganha mais um episódio

Foto: Leo Franco/AgNews

É um “Brasil x Argentina” por dia! Decidir se vai ou não ter Carnaval nas grandes cidades é um dos impasses dos chefes públicos nos últimos meses. E toda essa polêmica ganhou outro episódio nesta quarta-feira, 12 de janeiro. Um grupo de agremiações que desfilariam no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, cancelou seus ensaios técnicos, previstos para este final de semana.

A princípio, Nenê de Vila Matilde, Camisa Verde e Branco, Império de Casa Verde, Rosas de Ouro e Gaviões da Fiel usariam o espaço para seus ensaios técnicos ao longo do próximo final de semana (15 e 16 de janeiro). Com o aumento de casos de Covid-19 e o avanço da epidemia de gripe na capital, as agremiações decidiram por cancelar os eventos.

A Liga das Escolas de Samba já fez ponderações necessárias para a realização do desfile à prefeitura de São Paulo. O prefeito Ricardo Nunes (MDB) ainda não determinou qual plano será seguido ou mesmo se haverá desfile no Sambódromo do Anhembi. A decisão influencia a saúde das pessoas que entram na avenida ou vão assistir ao espetáculo, além do setor turístico da capital, que arrecada com a bilheteria e venda de camarotes.

No dia 6 de janeiro, a Prefeitura de São Paulo, a exemplo do que fez a do Rio de Janeiro, cancelou o Carnaval de Rua da cidade, mas manteve de pé os desfiles das escolas de Samba. A justificativa é a possibilidade de controle sanitário na organização do evento, que acontece num local específico.

Leia+: Daniela Mercury leva a ‘Pipoca da Rainha’ para Arena em SP

CARNAVAL FORA DAS RUAS

Cancelar os blocos de rua foi uma decisão feita por causa do avanço da Covid-19 na cidade, após a chegada da variante ômicron. Apesar da polêmica com os ensaios do próximo final de semana, a decisão sobre os desfiles ainda será discutida com a Liga e só poderá ocorrer mediante aprovação de protocolos sanitários. Apesar disso, estudo da vigilância municipal recomenda veto para todas as atividades que provoquem aglomeração na cidade.  Os desfiles das escolas de samba de SP no Sambódromo do Anhembi devem acontecer nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro. 

“Por conta da situação epidemiológica está cancelado o Carnaval de Rua de SP. Nós vamos sentar com a Liga das Escolas de Samba para combinar um protocolo para a realização dos desfiles no sambódromo. Caso eles aceitem os protocolos, os desfiles serão mantidos”, disse o prefeito.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
BBB22: Patrícia Poeta volta atrás sobre anúncio da lista de nomes
“Quanta mer..”, disse Ana Clara ao ler críticas sobre Rafa Kalimann
“Meu marido é vítima da sociedade”, defende Mayra Cardi

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!