Carnaval às 22:44

São Clemente homenageia a Escola de Belas Artes

Thyago Andrade- Brazilnews

A São Clemente vai prestar uma homenagem à bicentenária Escola de Belas Artes. E o carnavalesco estreante, Jorge Luiz Silveira, com o enredo "Academicamente popular", quer mostrar a união do clássico com o popular. Para isto, vai contar desde a chegada da missão artística ao Brasil, nos anos 1800, a criação da Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios para o ensino nobre das artes, os traços do pintor que melhor retratou o povo e seus costumes tão diversos do europeu, como Debret, até chegar ao carnaval pelas mãos do carnavalesco Fernando Pamplona.


Saiba mais sobre a agremiação:

Enredo: O Império do Samba na Rota da China

Fundação: 25/10/1961

Cores: amarelo e preto

Presidente: Renato Almeida Gomes 

Enredo: Academicamente Popular 

Carnavalesco: Jorge Luiz Silveira

Integrantes: 3.200

Alegorias: 05 carros e 02 tripés

Alas: 32

Mestre de Bateria: Gil e Caliquinho

Rainha da Bateria: Raphaela Gomes

Mestre sala & porta-bandeira: Fabrício Pires e Amanda Poblete

Autores do Samba: Ricardo Góes, Flavinho Segal, Naldo, Serginho Machado, Fabiano Paiva, Igor Marinho e Gusttavo Clarão

Interprete oficial: Leozinho Nunes

Letra do Samba: 
O Império do Samba na Rota da China

Vem ver! Convidei Debret
Pra pintar o desfile do meu carnaval
A arte neoclássica impera
No Brasil colonial
D.João! Em nobres traços vê inspiração
E faz um Rio à francesa
Erguendo os pilares do saber
Emoldurando… a exuberante natureza
Onde toda forma se mistura
Na mais perfeita arquitetura 

É a força da mata, salve São Sebastião
Onde o artista encontra o povo, a beleza desse chão
Viu no tom a negritude, viu no índio atitude
O esplendor de uma nação

Ao ver a minha obra na avenida
Relembro dos artistas imortais
É a brasilidade dando vida
À arte dos salões aos carnavais
Hoje… "quem chorava vai sorrir"
Os manuais vão reluzir
A "missão" no peito de quem ama
Em manter acesa a chama
Recriar… os 200 anos de história
Numa linda trajetória
Academicamente popular

A mais bela arte o samba me deu
Fiz da São Clemente o retrato fiel
Os traços mais finos, com as bênçãos de Deus
Deslizam no meu papel

São Clemente homenageia a Escola de Belas Artes