Cinema e Série às 10:00

Advogados de Johnny Depp terão acesso ao celular de Amber Heard

Johnny Depp tocando guitarra
Foto: Reprodução/Instagram/@johnnydepp

Johnny Depp conseguiu uma nova vitória em seu processo contra a ex-mulher Amber Heard. O juiz que cuida do caso permitiu que os advogados do ator acessem o celular da atriz.

Amber acusou Depp de violência doméstica em 2015 e para obter uma ordem de restrição apresentou fotografias do suposto abuso, com contusões nos olhos, lesões nos lábios e uma fratura de nariz.

Mas os advogados de Depp argumentaram que os retratos eram falsos e que a protagonista de Aquaman havia editado as imagens, e é por isso que um juiz lhe dará acesso ao telefone celular de Amber para procurar as fotos originais.

Cabe destacar que na época, uma testemunha viu a atriz no elevador de um prédio, e assegurou que ela não tinha nenhuma marca de violência no rosto.

Veja+: Johnny Depp assegura que ninguém pode tirar Jack Sparrow dele

Se for confirmado que Heard mentiu ela corre o risco de ir para a cadeia, por mentir em processo policial.

Além disso, tem como antecedente que a polícia de Los Angeles atendeu à chamada de emergência de Amber, onde revelou ter sido agredida por Depp, mas à chegada das autoridades, eles não encontrou nenhuma evidência do abuso físico alegado. Sem feridas ou sinais de violência.

Por conta dessas acusações Johnny Depp perdeu muitos trabalhos e acordos, e o processo segue no tribunal, com o ator tentando provar ainda a sua inocência.

Veja+: Johnny Depp quer prova de que Amber Heard doou dinheiro

CRITICA A CULTURA DO CANCELAMENTO

Johnny Depp comentou “que a cultura do cancelamento está tão fora de controle” que ele tem certeza de que “ninguém está a salvo”.

Ele ainda completou: “”Nenhum de vocês está. Ninguém que esteja lá fora está. Ninguém está seguro. Basta uma frase e não há mais chão; o tapete é puxado.”

“Não importa se um julgamento, por si só, exigiu alguma licença artística. Quando há uma injustiça, seja contra você ou contra alguém que você ama, ou contra alguém em quem você acredita, levante-se, não se sente. Porque essas pessoas precisam de você”, disse ainda.

Posteriormente, Depp admitiu sua preocupação quanto à sua presença no festival de cinema, temendo que pudesse “ofender” outros convidados.

Vale lembrar que, o Festival de Cinema de San Sebastián foi muito criticado por oferecer um prêmio ao ator de “Piratas do Caribe”, já que ele possui acusações de violência doméstica contra sua ex-esposa, a atriz Amber Heard.

O diretor do festival, José Luis Rebordinos defendeu sua posição: “Vamos ter em mente que Johnny Depp não foi preso, acusado ou condenado por qualquer forma de agressão ou violência contra qualquer mulher. Não tenho mais nada a acrescentar.”

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:
A Fazenda 13: Dayane corta jaqueta de Rico com uma faca
Mãe de Rico quer que o filho rasgue as roupas de Dayane e faz ameaça
Bruna Marquezine fez teste para ser Supergirl no cinema: ‘Fui top 2’
Madonna posta foto do pai na adolescência e semelhança impressiona
Whindersson Nunes já pensa em se aposentar: ‘Não estou feliz’