Cinema e Série às 16:00

Brad Pitt estrelará filme produzido por Lewis Hamilton.

Brad Pitt e Lewis Hamilton
(Reprodução: GrosbyGroup/ Insagram @lewishamilton)

Brad Pitt está se preparando para lançar “Trem-Bala”, seu novo longa de ação, e já foi escalado para uma próxima superprodução. Segundo o The Wrap, ele foi chamado para um filme da Fórmula 1, e será o protagonista. E, como se já não fosse o bastante, um piloto consagrado foi chamado para a produção, e foi o profissional Lewis Hamilton, sete vezes campeão mundial.

O longa, ainda sem nome e sem previsão de estreia, terá direção do aclamado Joseph Kosinski, que ficou responsável pelo elogiadíssimo “Top Gun: Maverick” (2022).

Leia+ Jennifer Aniston fala sobre divórcio com Brad Pitt dezessete anos depois.

Além de Hamilton e Brad como produtores, Jerry Bruckheimer e Chad Omen serão os produtores executivos. O roteiro também ficará responsável por um membro da equipe do longa estrelado por Tom Cruise, Ehren Kruger.

Segundo o The Hollywood Reporter, a Apple Studios garantiu que o filme ficará por 30 dias nos cinemas, antes de chegar com exclusividade da AppleTv+, e a janela pode chegar a 60 dias, dependendo da distribuição.

Em março, a Apple conquistou os direitos de um documentário sobre a vida de Hamilton, que destacará ele como o único piloto negro da Fórmula 1. O longa será dirigido por Matt Kay.

O filme deve mostrar Brad Pitt como um piloto veterando que irá abandonar a aposentadoria para competir com um novo piloto contra outras lendas da fórmula 1.

PROCESSO CONTRA JOLIE

Segundo a revista People, a batalha legal de Brad Pitt e Angelina Jolie está esquentando com um novo capítulo: o ator entrou com um novo processo contra a ex-mulher, acusando-a de prejudicar a reputação de sua empresa de vinhos ao vender a metade de sua participação no Chateau Miraval para um “estranho”, embora eles tinham um pacto de nunca vender sua parte na empresa, sem o consentimento do outro.

Brad Pitt, Angelina Jolie
Angelina e Brad Pitt em entrevista( Reprodução/Youtube)

Agora em um novo processo judicial em sua batalha que continua em andamento sobre a venda de Miraval, o ator de 58 anos alega que Angelina intencionalmente “procurou infligir danos a ele” vendendo seus interesses na empresa de vinhos, de acordo com documentos judiciais apresentados pela equipe jurídica de Brad Pitt na sexta-feira (3 de junho).

Nos documentos, de acordo com informação da People, a equipe de Brad diz que ‘Miraval se tornou seu projeto passional’, que acabou se transformando em ‘um negócio global milionário’, com a companhia se tornando um dos produtores de vinho rosé mais conceituados do mundo, graças ao trabalho do ator.

Ele diz no processo que Angelina nunca contribuiu com nada para o sucesso de Miraval.