Cinema e Série às 21:50

CCXP Worlds 21: ‘Pânico’ ganha cartazes inéditos e conversa com elenco

cena do ghostface agindo em pânico

Reprodução/Twitter @CCXPoficial

A CCXP Worlds 21 contou com diversos painéis ao longo de seu primeiro dia neste sábado, 04 de novembro, e um deles foi o da Paramount Pictures, que contou claro com novidades de “Pânico”, que chega aos cinemas em 13 de janeiro de 2022.

Durante o painel, foram liberados os primeiros cartazes do longa, que conta com os protagonistas segurando a máscara do ghostface, personagem marcante do mundo do terror, mantendo no ar o mistério de qual a verdadeira identidade dos personagens.

Em seguida, foi realizada uma entrevista rápida com o elenco jovem do filme, que responderam a algumas perguntas da web. Posteriormente, Neve Campbell e Courteney Cox, que são do longa original, contaram como é retornar à franquia.

“Foi uma experiência muito interessante, inclusive de gravar durante a pandemia. Voltar opara nossos personagens foi de tirar o fôlego para falar a verdade”, garantiu Neve. “Ele pega o melhor do primeiro Pânico, mas é maior, mais original, mais assustador, mais forte, tudo em grande escala”, garantiu Courteney.

Sobre o papel na época de lançamento, Neve Campbell declarou: “Eu não tinha feito nada de muito sucesso, e apareceram com o papel principal de Pânico para mim, e isso foi muito importante para mim”. Courtney Cox foi mais direta sobre ter aceitado: “Eu queria interpretar uma mulher exagerada, desagradável, ruim, por isso aceitei o papel”.

LEGADO DO ORIGINAL

“O roteiro era brilhante. Você abria e tinha de ler até o final, porque você não sabia o que aconteceria depois e simplesmente precisava saber”, afirmou Neve Campbell.

“Eu acho que era um formato tão subversivo de gêneros. Primeiro, Wes Craven era um diretor incrível, e saber que ele faria esse filme já era muito diferente”, disse Courtney Cox.

Porque, quando a sua heroína morre com 30 minutos de um filme, você sabe que tem algo especial. Quando você tem Drew Barrymore e a mata, então já sabe que será diferente”.

Por fim, uma curiosidade: Neve não imaginava o sucesso estrondoso que o filme teve na época:

“Eu não sabia nada sobre números de bilheteria. Lembro que a primeira semana não foi boa, mas na segunda me ligaram dizendo ‘faturou 30 milhões’, e pergunte: ‘Isso é ruim?’ Achei que me ligaram para dar mas notícias, só que eu não sabia que era uma quantia considerável na época”, completou ela.