Cinema e Série às 10:00

Heartstopper: Confira conquistas e curiosidades sobre série da Netflix

nick (kit connor) admirando charlie (joe locker) em heartstopper

Reprodução/Instagram @heartstoppertv

Heartstopper” estreou na Netflix no último dia 22 de abril, e desde então, vem conquistando cada vez mais fãs que assistem à atração, aumentando a quantidade de pessoas que curtem a obra, que já era uma web-série em quadrinhos e que depois ganhou uma versão física, com os três primeiros livros já disponíveis no Brasil.

Resumindo a trama de “Heartstopper”, a história acompanha a jornada de Charlie Spring (Joe Locke) e Nick Nelson (Kit Connor), dois garotos que estudam na mesma escola (exclusiva para meninos) em anos diferentes, mas que acabam caindo na mesma sala de chamada, e conforme eles vão se conhecendo melhor, começam a formar uma amizade profunda, que, com o passar do tempo, passa a se transformar em algo ainda mais forte.

Por conta de seu sucesso, a série tem obtido conquistas incríveis para produções deste estilo e também atraindo a curiosidade de mais pessoas, e pensando nisso, OFuxico separou algumas conquistas e curiosidades sobre “Heartstopper”. Confira!

CONQUISTAS

LIVROS MAIS VENDIDOS DA AMAZON

Como dissemos anteriormente, “Heartstopper” é baseada em uma série de livro/quadrinhos escrita por Alice Oseman, tendo 3 volumes publicados no Brasil e quatro no exterior, e assim como toda adaptação audiovisual, a produção atraiu novos leitores.

Por conta disso, foi revelado que, na semana passada, a venda dos exemplares dos livros disponíveis no Brasil atingiu seu pico desde o lançamento no país, totalizando 6.712 cópias.

E engana-se quem achou que era passageiro! Pois na categoria “Livros” da Amazon, uma das mais importantes do site, conta com o primeiro volume da saga (Dois Garotos, Um encontro) como a obra mais vendida. O livro também está entre os mais vendidos das categorias “Literatura e Ficção para Adolescentes: HQs e Graphic Novels” e “Livros de Romance para Adolescentes”.

informações sobre primeiro livro de heartstopper na amazon
Reprodução/Amazon

Já o terceiro volume (Um passo adiante), que ainda não chegou a ser adaptado para a série da Netflix, está em primeiro lugar nas categorias “Livros de Problemas Sociais e na Família para Adolescentes”, “HQs, Mangás e Graphic Novels” e em “Literatura e Ficção para Adolescentes: Problemas Sociais e na Família”.

informações sobre terceiro livro de heartstopper na amazon
Reprodução/Amazon

O quarto livro (De mãos dadas), previsto para ser lançado em junho no Brasil, já conta com sua pré-venda aclamada, colocando a obra em primeiro lugar no ranking de “Romance em Graphic Novels”.

informações sobre quarto livro de heartstopper na amazon
Reprodução/Amazon

SÉRIE EXTREMAMENTE BEM AVALIADA

Voltando a falar da série, logo em sua estreia, além de diversos burburinhos nas redes sociais e muita comemoração, a atração rapidamente se tornou uma das mais bem avaliadas pelos críticos e pela audiência no site agregador de críticas Rotten Tomatoes, respectivamente com 100% e 98% de aprovação.

Vale ressaltar que dificilmente alguma série ou filme agrada a toda a crítica, sendo extremamente raro de acontecer, e muitas das vezes, o público acaba achando o oposto, o que não se mostrou o caso!

Heartstopper com boa avaliação no Rotten Tomatoes
Heartstopper está sendo aclamada pelo público e pela crítica (Foto: Reprodução/Rotten Tomatoes)

Aliás, outro grande site de críticas chamado Metacritic também conta com ótimas avaliações para “Heartstopper”, com aprovação de 84/100 dos críticos (sendo sete positivas e 1 mista) e 8.9/10 do público (sendo 94 positivas, três mistas e dez negativas). Aclamação que chama?

notas de heartstopper no site metacritics
Reprodução/Metacritic

TOP 10 SÉRIES MAIS VISTAS DO MUNDO

Graças a todo o engajamento que recebeu, “Heartstopper” está no top 10 global de séries mais assistidas da Netflix desde sua estreia, mostrando como o mundo inteiro está conferindo a produção, e está na lista desde então.

A série ficou em quinto nas duas primeiras semanas e em sexto na semana passada (o ranking só é revelado na semana posterior), com a produção sendo assistida por quase 15 mil horas pelos usuários. Impressionante, não é mesmo?

ASSUNTO MAIS BADALADO DO TWITTER

Nas redes sociais, não poderia ter sido diferente: “Heartstopper” foi a série mais comentada do Twitter pela terceira semana seguida, chegando a quase 600 mil em engajamento na semana passada, contando tuítes, retuítes, curtidas e hashtags.

O Brasil fez bonito, e ficou em terceiro lugar na lista de países a comentarem sobre a atração da Netflix, com mais de 2,3 milhões de tuítes vindo de perfis brasileiros do dia 23 de abril até o dia 10 de maio.

CURIOSIDADES

KIT CONNOR NASCEU PARA SER NICK NELSON

Partindo para as curiosidades, não poderíamos começar com algumas das informações mais inesperadas desta lista, que provam que Kit Connor nasceu para ser Nick Nelson em uma adaptação live-action de “Heartstopper”.

Tudo começa pelo fato de que o rapaz fez testes para interpretar Charlie Spring, e não seu vindouro namorado como aconteceu, mas é um consenso quase que unânime de que ele casou perfeitamente com seu papel (assim como Joe Locke sendo Charlie).

Outra chega a ser mais uma coincidência muito divertida: em 2014, Alice Oseman, já sonhando com suas obras sendo adaptadas quando escreveu seu primeiro romance, “Um ano solitário”, e afirmou que desejava ver Asa Butterfield (Otis em “Sex Education”) como Charlie. Em 2018, Asa atuou com Kit Connor no filme “Slaughterhouse Rulez”, ou seja, um “protótipo” de Charlie e Nick acabou acontecendo inesperadamente.

CHARLIE E NICK ERAM COADJUVANTES NO INÍCIO

Aliás, aproveitando que estamos falando de outras obras de Alice Oseman e que mencionamos “Um ano solitário”, aqui foi a primeira vez que o público teve contato com Charlie Spring e Nick Nelson, só que como um casal já estabelecido e mais maduro.

Porém, eles não eram os protagonistas da história igual vemos em “Heartstopper” (que mostra o início do relacionamento entre eles), mas sim coadjuvantes do enredo que focava em Tori Spring, irmã de Charlie (vista na série pela atuação de Jenny Walser).

Nesse caso, Charlie era, no contexto geral da trama, o irmão mais novo de Tori que estava se recuperando de um distúrbio alimentar, tendo recebido apoio do seu já namorado Nick, com quem possui uma relação muito bem estabelecida.

Quem diria que os dois amantes iriam ganhar o mundo depois, não é mesmo? E que veríamos uma inversão de ponto de vista, com Tori sendo a irmã de Charlie que sempre surge inesperadamente e lhe dá conselhos da vida.

UNIVERSO “ESTENDIDO” DE ALICE OSEMAN

Você achou que só havia “Heartstopper” e “Um ano solitário” para ser comentado, surpresa! Alice Oseman também criou seu próprio universo de obras conectadas e que se passam em um mesmo universo, seja de forma direta ou indireta (livros sem nenhuma referência a outras obras também forma lançados, mas focaremos na categoria anterior).

Após a história de Tori, a escritora lançou em 2015 “Nick and Charlie” (sem tradução oficial no momento), que como o nome diz, é mais uma obra focada no casal mais amado do momento, porém, anos no futuro, já com Nick formado e prestes a ir para a faculdade, o que deixa ambos apreensivos para saber se o relacionamento dará certo nestas novas condições. Seria a adaptação da última temporada da série?

Também lançado em 2015, “This Winter” (também sem tradução oficial no momento) mais uma vez traz os irmãos Tori e Charlie como centro das atenções em época de festas de final de ano, que segundo sinopse, está sendo muito difícil para eles. A época é posterior ao volume 4 de “Heartstopper”.

Por fim, “Rádio Silêncio” fecha obras com referências/personagens de “Heartstopper”, pois mesmo o foco da história sendo outra personagem, Frances, ela se torna amiga de Aled, personagem dos livros/quadrinhos de “Heartstopper”, amigo dos protagonistas, que aqui já criou seu podcast na qual sonhava e está com seu relacionamento mais avançado.

Vale lembrar que Aled não está na série da Netflix, sendo substituído por Isaac (Tobie Donovan), mas sem confirmação se eles são uma contraparte ou personas diferentes. E também é legal comentar que “Rádio Silêncio” se encontra em dois rankings de mais vendidos da Amazon, no caso, sendo nas categorias “Literatura e Ficção para Adolescentes: Artes Cênicas” e “Ficção LGBTQ+ para Jovens Adultos”.

radio silencio em primeiro lugar de ranking de vendas da amazon
Reprodução/Amazon

E você, já assistiu “Heartstopper” na Netflix? Curtiu a série? O que achou das conquistas e curiosidades reveladas acima?

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!