Cinema e Série às 13:20

‘Marighella’ chega ao Globoplay no dia 4 de dezembro

Filme 'Marighella'

Reprodução/Divulgação

‘Marighella’, o filme brasileiro mais visto do ano, chega ao Globoplay no próximo sábado, dia 4 de dezembro. A produção estreou nos cinemas no dia 4 de novembro, e exatamente um mês depois, estreará no streaming.  

Dirigido por Wagner Moura e protagonizado por Seu Jorge, a obra apresenta Carlos Marighella, um dos principais opositores da ditadura militar no Brasil. Líder de movimento de resistência, ele foi torturado e morto pela ditadura em 1969.

Além de Seu Jorge, o elenco ainda conta com nomes como Bruno Gagliasso, Luiz Carlos Vasconcellos, Herson Capri, Humberto Carrão, Adriana Esteves e Jorge Paz, entre outros.

O filme estreou mundialmente no Festival Internacional de Cinema de Berlim em 2019 e foi muito elogiado pelos presentes na sessão. Este é o primeiro longa-metragem de Wagner Moura como diretor, e tem produção da O2 Filmes e coproducao da Globo Filmes e Maria da Fé.

RODA VIVA

No dia 1º de novembro, Wagner Moura foi o convidado do Roda Viva, na TV Cultura. O ator falou da sua estreia na direção de longas metragens. Ao longo dos últimos anos, ele trabalhou na produção de “Marighella”. Além disso, enfrentou as dificuldades de lançar um filme nos cinemas brasileiros.

De acordo com o artista, o filme foi censurado na Ancine, por tratar de um militante de esquerda, que combateu a Ditadura Militar no Brasil e se tornou um dos ícones democráticos da história brasileira. Num governo majoritariamente dominado por militares, o tema pareceu delicado demais para conseguir financiamentos dos investimentos dedicados às artes.

Ao falar da possibilidade de ‘render-se’ às plataformas de streaming, o ator disse que a produção protagonizada por Seu Jorge não é algo que possa se limitar à televisão. “Tem filme que eu sento na frente da TV e assisto no streaming numa boa. Tem outros que eu paro na frente e falo que preciso ver no cinema”, anunciou.

Em seguida, fez sua analise a respeito da produção que tematizou a entrevista. “Marighella é feito para ser visto no cinema. É um filme que junta as pessoas para um momento catártico dentro de uma sala de cinema. Sente-se numa poltrona e tenha essa experiência com outras pessoas para quem essas pessoas façam sentido”, afirmou o artista.

Então, Wagner Moura relatou que sofreu tanta resistência para colocar o filme nos cinemas que levar ele às telas se tornou uma missão especial para o longa.

“Quando a gente foi censurado. Teve uma hora que a gente achou que o filme não ia. Teve muita gente que me falou para a gente lançar esse filme no streaming. Eu não ia me deixar esses caras não deixarem eu lançar o meu filme no cinema”, seguiu.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Gabi Martins ostenta R$ 800 mil em joias e sua festa de aniversário
Emilly Araújo esclarece suposto romance com Felipe Prior
Maiara veste sandália da humildade em aeroporto

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!

Vote na enquete e diga quem deve ser o fazendeiro da semana e se livrar da 11a. Roça.

Esta enquete já foi encerrada! Confira o resultado:

28%
57%
15%