Cinema e Série às 06:00

Star Wars: Novo filme da saga está com cronograma atrasado

Star Wars, Rogue Squadron

Foto: Reprodução/YouTube

Rogue Squadron, o novo filme da saga de Star Wars, está atrasado, segundo informou o site The Hollywood Reporter. A produção estava planejada para começar a rodar em 2022 e estrear no final de 2023, no entanto, o cronograma foi modificado e as datas podem variar, de acordo com a publicação.

Foi confirmado que a diretora Patty Jenkins está com problemas de agendamento, já que tem outros projetos para finalizar, antes de se concentrar em Rogue Squadron.

A diretora de “Mulher Maravilha” e sua sequência “Mulher Maravilha 1984” está trabalhando atualmente no novo filme “Guerra nas Estrelas” com o escritor Matthew Robinson e a pré-produção deveria estar pronta em 2021, mas ainda falta muito para terminar, segundo fontes.

A revista comentou: “Rogue Squadron foi eliminado do cronograma de produção. Patty Jenkins só voltará a trabalhar neste novo projeto quando cumprir seus compromissos anteriores. E ela também está trabalhando no encerramento da trilogia de Mulher Maravilha”.

Muito requisitada, Jenkins ainda se prepara para o novo filme também com Gal Gadot, sobre a Cleópatra.

Veja+: Morre ator que deu vida a Darth Vader em Star Wars

DISNEY NÃO EXPLORA ROMANCE GAY EN STAR WARS

Oscar Isaac (intérprete de Poe, em “Star Wars”) deu uma entrevista ao IGN onde falou sobre o fim da trilogia mais recente de “Star Wars”, e mencionou a ideia de um romance entre o seu personagem e o de John Boyega. Segundo Isaac, “os barões da Disney” não estão prontos para um romance gay em seus filmes.

O ator disse que o romance seria muito interessante, e a frente de seu tempo, e continua:

“E seria algo que ainda não foi explorado, particularmente a dinâmica entre esses dois homens no meio da guerra que se apaixonaram um pelo outro. Eu tentei levar um pouco nessa direção, mas os barões da Disney não estão prontos para fazer isso.”

Já não é a primeira vez que Oscar fala sobre um possível romance entre os personagens Finn e Poe, e em diversas entrevistas o ator fez questão de dizer como tentou imprimir sentimentos em sua atuação para trazer o romance às telas.