Covid-19 às 08:31

Alexandre Pato detona a vacina contra a Covid-19, apoia Djokovic, mas volta atrás

Rebeca Abravanel e Alexandre Pato

Reprodução/Instagran

Alexandre Pato, marido de Rebeca Abravanel, já não é unanimidade nos gramados há algum tempo e parece que ele vem ganhando mais notoriedade por situações fora de campo, do que dentro de campo. Agora, ele causou polêmica em suas redes sociais ao detonar a vacina contra a Covid-19 para defender o tenista Novak Djokovic, que foi desclassificado do Aberto da Austrália por não tomar o imunizante. O tenista, inclusive, foi deportado do país por isso.

Na postagem, Pato listou várias situações em que Djokovis foi bom para a sociedade, como doar dinheiro para os hospitais, para combater incêndios florestais, inundações na Sérvia. Bósnia e Croácia e que ele “não se curvou à picada experimental”, além de chamar a Covid-19 de “peste chinesa”

“Djokovic doou 1 milhão de euros aos hospitais italianos para tratar pacientes com o vírus chinês. Ele doou 1 milhão de euros para hospitais sérvios para tratar pacientes com o vírus chinês. Ele doou dinheiro para a Espanha combater a peste chinesa. Ele doou dinheiro para a Austrália combater incêndios florestais”, iniciou o jogador de futebol.

“Ele doou dinheiro para os programas de ajuda às crianças pobres da cidade de Melbourne [Austrália]. Comprou um scanner para o hospital de Belgrado [Sérvia]. Alugou um avião particular para levar uma jovem com uma doença rara para se tratar nos EUA. Ele deu 500 mil euros para vítimas de inundações na Sérvia”, continuou o famoso.

“Ele doou 110 mil euros para combater enchentes na Bósnia e Croácia. Ele é um modelo com seu estilo de vida saudável. Ele é um exemplo de determinação no seu trabalho. Ele é um exemplo de caráter e concentração mental. Disputa os maiores torneios de tênis do mundo contra os melhores adversários e vence”, elogiou Alexandre Pato.

“É o atual tenista número um do mundo. Não se submeteu à picada experimental. Não se deixou intimidar nem se curvou ao senhor global. É um homem livre e um herói a ser seguido no movimento de resistência contra o totalitarismo”, completou o esportista.

No entanto, a repercussão em torno disso não foi nada boa e, além dele excluir a postagem, tentou se retratar, apoiando a vacinação e dizendo que só quis resslatar os valores de Djokovic na postagem.

“Fala, galera! Quero deixar claro a importância de todos os seres humanos se vacinarem! Eu tomei as minhas doses no exato momento em que fui liberado para tal! E acho importante que todos tenham essa consciência de se proteger e proteger quem está ao seu lado!”, comentou o marido de Rebeca Abravanel.

“Na postagem, eu quis valorizar os feitos humanitários do Djokovic e também todas as suas conquistas esportivas! Quando me dei conta de colocações no texto que não condizem com minha maneira de pensar, aí sim apaguei. Peço desculpas, pois não são palavras que regem minha vida e maneira de pensar! E reitero: todos temos de nos vacinar! Vacina salva vidas! Eu estou completamente vacinado e torço para que possamos sair dessa o quanto antes!”, finalizou Alexandre Pato.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
Sabrina Sato encanta ao mostra foto de Zoe de bombeira
BBB22: Jade Picon conheceu Pedro Scooby em meio a polêmica de traição
BBB22: João Guilherme explica emoção em ver Jade Picon no reality

Siga OFuxico no Google News e receba alertas das principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!