Entrevista às 17:49

Cinema: Fábio Rabin protagoniza filme ‘Stand Up – Minha Vida é uma Piada’

Cartaz filme Fábio Rabin
Divulgação

Depois de dublar o filme “Ruim Pra Cachorro”, Fábio Rabin encara mais um desafio nos cinemas: o humorista é protagonista do longa-metragem “Stand Up – Minha Vida é uma Piada”, que vai entrar em cartaz em 23 de novembro. Na produção, dirigida por Miguel Rodrigues, Rabin atua ao lado de Carol Castro, Marco Luque, Fafy Siqueira, Werner Schünemann, além do elenco infantil Lorena e Enrico Queiroz.

Roubo de Piada?

Na história, João (Fabio Rabin) é um acupunturista casado com Laura (Carol Castro), com quem tem dois filhos. Apesar de estar em uma carreira estável e bem-sucedida, o verdadeiro sonho de João é se tornar um profissional de stand up comedy. Com o apoio da esposa, ele decide tentar a sorte como comediante, mas acaba se sentindo nervoso demais no palco e abandona o plano. Porém, ele descobre que outro comediante, Gerson (Marco Luque) roubou uma de suas piadas e está fazendo um grande sucesso. Tomando pelo ódio, João decide matar o homem, mas a situação acaba saindo comicamente do controle.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Stand Up – O Filme (@standupofilme)

Papo exclusivo com Rabin

A reportagem de OFuxico conversou com exclusividade com Rabin sobre a experiência.

“Posso dizer que, artisticamente, este 2023 tem sido um ano muito bom para a minha carreira. Fiz a dublagem em ‘Ruim Pra Cachorro’ e foi uma das experiências mais legais que fiz. Ajudei no roteiro, a gente pôde fazer um humor livre, sem frescura. Tínhamos uma grande liberdade com o respaldo da Universal, da Warner. E, agora, com o filme Stand Up, então, a felicidade só aumenta. Fiquei muito feliz quando surgiu o convite. Eu comecei minha carreira no teatro e depois fui para o stand up, na minha vida, então, poder exercer a profissão de ator me deixou muito feliz”, contou.

Rabin revelou um pouco sobre a história do “Stand Up – Minha Vida é uma Piada”.

“O João é um retrato de muitas pessoas que têm o sonho de ter uma carreira artística, mas, que, para pagar as contas, acaba tendo de atuar em outra profissão. De repente, alguém rouba a piada dele e começa a fazer sucesso. E isso tira qualquer comediante do sério. E isso é real. Quando alguém rouba uma piada é caso de vida ou morte. E isso é comum. Geralmente as pessoas aqui no Brasil são de boa, mas isso acontece, sim. A piada é sempre muito autoral!”, afirmou.

“Quem for assistir ao filme vai sair da sala de cinema mais leve e também pensativo a respeito dos conflitos que todos passamos ao questionar se vamos atrás dos nossos sonhos ou se continuamos na luta pelo ganha-pão”, disse.

Processo da filmagem

O longa-metragem foi feito no ano passado e Rabin mudou a agenda de compromissos para poder atuar ao longe de um mês e uma semana.

“Mudei toda minha agenda de shows para poder estar na produção. Eu li o roteiro e gostei e aí remanejei meus compromissos”, pontuou.

Clima no set

Fábio relembrou o clima no set de filmagem: “Foi tudo muito leve. Eu já conhecia a produção, então, me senti muito bem. Eu sempre gostei do Marco Luque. Nós nunca tivemos atrito. Minha esposa gosta muito dele e da família. Ele me chamava para churrasco e paradas na casa dele, enfim. Mas, no set, ele ficou me batendo, me provocando (risos). A Carol (Castro) é espetacular. Um monstro da atuação que eu sempre admirei. No passado, cheguei a viver um par romântico com ela, em um outro trabalho. Teve também Fafy Siqueira, o Werner Schünemann, que são sensacionais. E atuar com criança é muito legal. Eles são espontâneos.”

Mais cinema em 2024?

Questionado se tem planos para novos filmes no próximo ano, Rabin afirmou: “Se Deus permitir, sim. Eu amo atuar. E esse filme ‘Stand Up’ tem de tudo, tem comédia, tem drama, eu consegui exercer bem esse lado de ator. Eu sou fissurado em cinema. Sei que o Guilherme Avzaradel já está escrevendo o próximo roteiro da história eu estou muito empolgado.”

Notícias Relacionadas