Família às 14:00

Gisele Bündchen consola a filha durante passeio na Flórida

Gisele Bündchen, sua mãe e sua filha
Gisele Bündchen, sua mãe e sua filha / Reprodução / Instagram /@gisele

Gisele Bündchen foi vista pela primeira vez em Miami, nos Estados Unidos, na quarta-feira (31), desde a morte de sua mãe, Vânia Nonnenmacher, que morreu no fim de semana, aos 75 anos, vítima de câncer.

Depois de homenagear a mãe no Instagram, chamando-a de “um anjo na Terra”, a modelo foi fotografada passeando com a filha Vivian, 11, e seu pastor alemão, na Flórida.

Mas ficou claro que Bündchen se apoia nos filhos nesse momento de dor.

Enquanto passeava com Vivian, ela deu um abraço na menina e um beijo carinhoso em seu rosto, para consolar a filha.

Pais Doentes

Em setembro do ano passado Gisele abriu seu coração e revelou à revista “People”, enquanto promovia seu novo livro de receitas, que seus pais estavam doentes.

Na época Gisele não deu detalhes sobre o problema de saúde que sua mãe e seu pai enfrentam, contudo reconheceu que não foram dias fáceis.

“Tem sido muito difícil para minha família. Tem sido muito para mim – em todas as áreas da minha vida”, disse.

“Sinto que sempre que chove, chove muito… Com todas as diferentes reviravoltas que a vida dá, tudo o que podemos fazer é o melhor que podemos, dado o que acontece ao nosso redor”, explicou.

No entanto a modelo tem conseguido superar esses ‘dias sombrios’ com a ajuda da natureza, durante seu tempo ao ar livre, com meditação, exercícios e uma boa alimentação.

“Acho que se eu não tivesse todas as diferentes ferramentas que tenho para me apoiar durante esses tempos, teria sido muito mais difícil.”

Notícias Relacionadas