Família às 05:00

ONG rejeita doação de Jamie Lynn Spears, irmã de Britney

Jamie Lynn Spears, posa séria de blusa pink

Foto: Reprodução/Instagram/@jamielynnspears

A irmã de Britney Spears, Jamie Lynn Spears, já começa a ver as consequências de nunca ter apoiado publicamente a cantora durante todo seu processo de tutela. Em várias ocasiões Britney criticou os membros de sua família por ainda depender financeiramente dela quando nunca expressaram seu apoio, ou mesmo a ajudaram a sair do que chamou de ‘tutela abusiva’.

A artista sempre foi clara ao respeito: “Nunca se esqueça de quem te ignorou quando você precisava e quem te ajudou”, disse, acrescentando que não há nada pior do que quando as pessoas mais próximas de você nunca apareceram do seu lado. A cantora confirmou que estava se referindo a Jamie Lynn e outras pessoas próximas, afirmando em uma de suas audiências no tribunal que gostaria de ‘processar sua família’ por ‘ter vivido sob seus cuidados por 13 anos’.

E esta semana Jamie Lynn, que vira e mexe, é cutucada pela irmã famosa nas redes sociais, tentou fazer uma importante doação a uma organização de apoio à jovens com problemas de saúde mental, e simplesmente teve sua oferta rechaçada pela instituição.

Veja+: Irmã de Britney Spears quer mais controle sobre seus bens

A atriz prepara o lançamento de seu livro de memórias ‘Things that I Should Have Said’ (Coisas que eu deveria ter dito), para janeiro de 2022, e pretendia fazer uma doação generosa de parte dos lucros para a ‘This Is My Brave’, uma ONG dedicada a ajudar e aumentar a conscientização sobre questões de saúde mental.

No entanto, para surpresa de todos, a ONG decidiu rejeitar a doação de Jamie Lynn, e também foi bastante criticada por isso, segundo informou a revista People, com exclusividade.

Essa rejeição teria desapontado muito Jamie Lynn. De acordo com a publicação, a irmã mais nova de Britney não consegue acreditar que isso foi o resultado do gesto generoso que ela pretendia fazer:

“Jamie Lynn não acha que eles deveriam ir publicamente dessa forma. A organização foi indicada e eles sabiam que iriam receber a doação… Infelizmente, com o recuo da organização, passam a mensagem de que os problemas mentais de uns são mais importantes do que os de outros. Eles assumiram uma posição clara sobre qual das histórias consideraram mais valiosa para eles. Parece que suas ações não estão alinhadas com sua missão de apoiar o mundo inteiro”, comentou uma fonte.

CONFLITOS FAMILIARES

Parece que a relação de Britney Spears com sua família não está nada bem. Em dias passados a cantora já alfinetou sua irmã Jamie Lynn Spears com uma indireta por não tê-la ajudado quando ela mais precisou. E agora, diante da notícia de que Jamie vai lançar um livro biográfico em janeiro de 2022, Britney voltou a dar uma indireta em sua família.

A artista acessou suas redes sociais para revelar seus planos de lançar seu próprio livro. A postagem foi publicada depois que Jamie Lynn Spears anunciou o lançamento de suas memórias, o que levou os internautas a acreditarem que a cantora jogou sombra sobre ela por meio de seu último post. Outra razão para acreditar que Britney poderia ter criticado sua irmã era sua lista de títulos para seu possível livro.

Veja+: Britney Spears alfineta a família após fim da tutela

“Sim… Acho que me empolguei ontem quando postei quatro vezes. Oh bem… isso sou eu pensando sobre isso … merd… Eu vou ser legal um dia !!!! Psss desculpe pela participação nada legal !!!!! Psssssss também uma ótima notícia … Estou pensando em lançar um livro no próximo ano, mas estou tendo problemas para encontrar um título, então talvez meus fãs possam ajudar !!!! Opção nº 1 … ‘Merd, eu realmente não sei’ Opção nº 2 … ‘Eu realmente me importo com o que as pessoas pensam’!!!! O que vocês acham????”.

Segundo a imprensa americana esse comentário foi aparentemente uma crítica à sua irmã, já que Jamie foi compelida a mudar o título do seu livro de memórias de ‘I Must Confess’ (Devo confessar) para ‘Things I Should Have Said’ (Coisas que eu deveria ter dito), já que ela foi criticada por usar uma frase da primeira música de Britney de 1998, ‘Baby One More Time’. Muitos fãs acreditaram que a postagem de Britney foi uma afronta ao livro de memórias de Jamie.