Família às 20:30

Priscilla Presley e a neta Riley Keough terminam guerra familiar por dinheiro

Riley Keough, filha de Lisa Marie Presley
Riley Keough, filha de Lisa Marie Presley / Reprodução / YouTube

Priscilla Presley e a neta Riley Keough, filha da falecida Lisa Marie Presley, chegaram a um acordo sobre o testamento que a cantora deixou, e que excluía a mãe da administração de seus bens, como a mansão de Graceland, herança de Elvis Presley.

Leia+: Filha de Lisa Marie Presley impede a avó de entrar em Graceland

Ronson J. Shamoun, advogado da ex-esposa do falecido rei do rock, confirmou à imprensa que o esperava na corte:

“Elas chegaram a um acordo. As famílias estão felizes. Todos estão felizes. Juntos, unidos e animados para o futuro.”, destacou o representante legal.

A audiência e moção para aprovação ocorrerá em 4 de agosto.

A batalha legal familiar começou depois que a mulher de 77 anos questionou uma mudança no testamento de Lisa Marie, com data de 2016, onde ela removeu a mãe Priscilla e seu ex-gerente de negócios, Barry Siegel, como administradores de sua herança e da famosa Graceland. A matriarca alegou na época que só soube da mudança no documento, após a morte de sua filha.

“Lisa queria que Riley e Ben fossem os curadores”, explicou uma fonte na época. “Priscilla não quer somente Riley no comando, porque então ela não tem voz. Enquanto isso, Riley não quer que Priscilla se intrometa. É uma situação muito triste. Riley está chocada por Priscilla contestar essa emenda.”, comentou o informante.

Com o intenso desgosto que veio com a perda de sua mãe, fontes revelaram ainda que Riley estava absolutamente “perturbada” por causa de sua briga com a avó:

“O drama familiar é a última coisa com a qual Riley quer lidar”, disse a fonte, acrescentando que a estrela da série “Daisy Jones & the Six” estava “profundamente chateada com a forma como as coisas estavam se desenrolando”.

Lisa Marie morreu em 12 de janeiro após sofrer uma parada cardíaca aos 54 anos de idade.

Detalhes sobre o acordo não foram revelados à imprensa.

MEDIADORA ENTRE A MÃE E A AVÓ

Antes da morte de Lisa Marie Presley, seu vínculo com a mãe Priscilla Presley estava perdido. Segundo a revista US Weekly era a filha de Lisa, a atriz Riley Keough que servia de intermediária entre sua mãe e sua avó. E tudo indica que as brigas eram constantes e estavam relacionadas com a herança deixada pelo rei do rock Elvis Presley e principalmente com Graceland.

Leia+: Lisa Marie Presley viveu dias de muito estresse antes de morrer

Uma fonte próxima à família revelou à publicação: “Riley sabia que havia briga com a mãe e a avó e sempre tentou ser uma ponte entre elas. Ela ainda está fazendo isso mesmo após a morte de sua mãe, mas ainda honrando os desejos de sua mãe”, justifica o informante.

Lisa Marie – filha única de Priscilla, 77, e seu ex-marido Elvis Presley – morreu aos 54 anos em janeiro.

A fonte acrescenta: “Riley sabia que ela seria a curadora [encarregada judicialmente de administrar os bens] de sua mãe, então isso não foi um choque. Ela está se comunicando com o pai e as irmãs.”

Priscilla, no entanto, contestou o testamento, e afirmou que a emenda acrescentada ao documento em 2016 apresenta, segundo ela, uma ‘assinatura inválida’.

Mas após uma briga entre Lisa Marie, seu ex-empresário Barry Siegel e sua mãe, ela nomeou o filho, já falecido, Benjamin Keough e Riley, co-curadores, e agora a atriz é a única administradora do espólio de Lisa Marie.

Leia+: Autoridades esperam resultado de exames toxicológicos de Lisa Marie Presley

Riley, por sua vez, não abordou publicamente a batalha imobiliária, mas recentemente voltou aos holofotes para promover sua nova série “Daisy Jones & The Six”, que estreou no início deste mês no Prime Video.

“Voltar ao normal tem sido uma luta para Riley, que tem uma filha com o marido Ben Smith-Petersen. Riley não é estranha à perda, mas a morte de sua mãe a atingiu muito forte”, disse a fonte da revista.

Notícias Relacionadas