Cleo

Famosos & Celebridades

Biografia

Biografia

Cleo (ou Cleo Pires) é uma atriz e cantora brasileira, nascida em 02 de outubro de 1982, na cidade do Rio de Janeiro. Filha da atriz Glória Pires e do ator e cantor Fábio Júnior, foi registrada com o nome de Cleo Pires Ayrosa Galvão. Relutou para seguir a carreira de atriz, mas fez sua estreia aos 11 de idade na minissérie Memorial de Maria Moura. Já lançou dois trabalhos como cantora e também se dedica à produções voltadas para internet.

Cleo – atriz e cantora
Nome de registro: Cleo Pires Ayrosa Galvão
Data de nascimento: 2 de outubro de 1982 (37 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Residência: Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade: Brasileira
Amores famosos: João Vicente de Castro, Rômulo Arantes Neto

Cleo Pires nasceu em uma família de artistas. A mãe, a consagrada Glória Pires e o pai o também astro da música e da dramaturgia, Fábio Júnior. Além disso é irmã de Fiuk e Antonia Morais, neta do humorista Antonio Carlos Pires, enteada de Orlando Morais, sobrinha do diretor Heraldo Corrêa e da autora Margareth Boury e prima do ator Guilherme Boury. Era praticamente certo que seguisse com a profissão, mas não era isso que queria.

Pela insistência da mãe aceitou, aos 11 anos de idade, fazer participação na minissérie Memorial de Maria Moura (de Jorge Furtado e Carlos Gerbase), onde viveu Maria Moura quando criança. O papel na fase adulta foi interpretado por Glória Pires.

O DNA falou mais alto

E chega o momento em que Cleo deixa seu lado artista fluir. A convite (e muita insistência) da cineasta Monique Gardenberg integrou o elenco do filme Benjamin, baseado no livro de Chico Buarque, em 2003. Ganhou prêmio de melhor atriz no Festival do Rio daquele ano e aí tomou gosto pela coisa.

Em 2005 participou de sua primeira novela: América (de Glória Perez), vivendo a personagem Lurdinha. Outro sucesso com grande repercussão da crítica e público. Antes já havia recusado para atuar no remake de Cabocla (de Benedito Ruy Barbosa), em 2004, e Escrava Isaura (de Tiago Santiago), para a Record TV. Ainda em 2005 foi Cleópatra no especial infantil de final de ano, Clara e o Chuveiro do Tempo (de Cláudia Levay, Max Mallmann e Teresa Frota).

No ano de 2006 deu vida à rebelde Letícia, em Cobras & Lagartos (de João Emanuel Carneiro), no horário das 19h. Em 2008 participou do elenco de Ciranda de Pedra (de Alcides Nogueira), interpretando a tímida professora Margarida que se apaixona por Eduardo (Bruno Gagliasso). No ano seguinte mais uma novela no horário das 21h: Caminho das Índia (de Glória Perez). Na trama ganhou sua primeira vilã, a indiana Surya.

Cleo foi convidada por Walther Negrão para ser uma das protagonistas na novela Araguaia, no horário das 18h, em 2010. Em 2012, participou da série As Brasileiras, no episódio O Anjo de Alagoas, dirigido por Daniel Filho. Também nesse ano atuou em mais uma novela de Glória Perez no horário das 21h: Salve Jorge.

Em 2014, está na série O Caçador (de Fernando Bonassi, Marçal Aquino e José Alvarenga Jr.) onde vive Katia, que acaba se relacionando com seu cunhado (Cauã Reymond). Em 2016, é Tamara em Haja Coração (de Daniel Ortiz) e vive par romântico com Apolo (Malvino Salvador). Nesse ano ainda participou da série Supermax (de José Alvarenga Jr., Marçal Aquino e Fernando Bonassi). Em 2018, mais uma vilã para sua galeria de personagens: Betina, em O Tempo Não Para (de Mário Teixeira).

Em 2020 foi escalada para participar da 4ª edição do Show dos Famosos, do Domingão do Faustão, porém a atração foi adiada em virtude da pandemia do Corona Virus.

Sangue do Pai

Além da vertente atriz herdada da mãe, Cleo ganhou do pai o dom e o gosto pela música. Em 1999, quando ainda não queria seguir como atriz, montou uma banda de rock, batizada de Seedless. Porém, foi só em 2018 que resolveu ser uma cantora profissional. Em março lançou seu primeiro EP Jungle Kid (3 faixas em inglês e 2 em português). O álbum teve mais de 2 milhões de acessos nas plataformas de música digital.

No mesmo ano, lançou seu segundo trabalho, Melhor Que Eu. Destaque para a faixa “Trapped”, que passou do 1 milhão de visualizações no YouTube.

Filmografia

Para quem não queria ser atriz, Cleo teve uma carreira longa e importante no cinema. Depois de sua estreia em Benjamin, em 2003, voltou em nova produção com Meu Nome Não é Johnny (de Mauro Lima), em 2008. No ano de 2010 esteve em Lula, o Filho do Brasil (de Fábio Barreto).

Em 2011 divide a telona com Malvino Salvador na comédia romântica Qualquer Gato Vira-Lata (de Tomas Portella). Em setembro de 2013 estreou a super produção O Tempo e o Vento (de Jayme Monjardim) no papel de Ana Terra na fase jovem. Em 2014 participou de Rio, Eu Te Amo e, no ano seguinte a segunda parte de Qualquer Gato Vira-Lata (de Roberto Santucci e Marcelo Antunez). Ainda em 2015 está no elenco do filme policial Operações Especiais (de Tomás Portella).

No ano de 2016 viveu a personagem Viviane, mulher do lutador de MMA José Aldo, no filme que conta a sua vida: Mais Forte que o Mundo (de Afonso Poyart). Em 2019 foram 3 filmes: O Amor dá Voltas (de Marcos Bernstein), Legalidade (de Zeca Brito) e Terapia do Medo (de Roberto Moreira)

Banca de Jornal

A beleza e o talento de Cleo já a fizeram estampar uma grande quantidade de capas de revistas. Em 2005 foi escolhida pela revista Istoé Gente como a mulher mais sexy do Brasil. Em 2009, a mesma publicação a colocou na lista das 25 mulheres mais sexy do país.

Em agosto de 2010 acontece o lançamento da edição de 35º aniversário da Revista Playboy e mostra a atriz como veio ao mundo em 50 páginas.

On Line

Em 2019, Cleo lançou o projeto “Cleo On Demand”, no IGTV do Instagram, onde disponibiliza conteúdos audiovisuais. A minissérie Onde está Mariana? tem como tema principal o feminicídio no país e traz a atriz como produtora executiva do projeto. O canal também apresenta personalidades, dicas de make e algumas cenas registradas em família.

Amores interrompidos

Na vida de Cleo, dois relacionamentos que foram destaques: entre 2010 e 2012 foi casada com o ator João Vicente de Castro. Um ano após a separação iniciou namoro com o também ator Rômulo Arantes Neto, que durou até 2016.

Curiosidade: a partir de 2017 passa a adotar o nome artístico de Cleo.

Trabalhos na televisão

1994 – Memorial de Maria Moura – Maria Moura (criança)
2005 – América – Maria de Lourdes do Nascimento (Lurdinha)     
2005 – Clara e o Chuveiro do Tempo – Cleópatra no Episódio de 25 de dezembro
2006 – Cobras & Lagartos – Letícia Pacheco 
2006 – Páginas da Vida – Helena (jovem) – no capítulo de 12 de julho
2007 – Cineview (Telecine) – Apresentadora
2008 – Ciranda de Pedra – Margarida Carmelo        
2009 – Caminho das Índias – Surya Ananda  
2010 – Araguaia – Estela Rangel / Estrela Karuê      
2012 – Salve Jorge – Bianca Faber     
2012 – As Brasileiras – Ana – no Episódio: “O Anjo de Alagoas”
2014 – O Caçador – Kátia Câmara     
2014 – A Mulher da Sua Vida – Pilar – no Episódio de 3 de agosto
2016 – Haja Coração – Tamara Velásquez    
2016 – Supermax – Sabrina Toledo  
2018 – O Tempo Não Para – Betina Carvalhal
2020 – Show dos Famosos – Participante – Temporada 4

Cinema

2003 – Benjamim – Ariela Masé / Castana Beatriz
2008 – Meu Nome Não é Johnny – Sofia
2010 – Lula, o Filho do Brasil – Maria de Lurdes da Silva
2011 – Qualquer Gato Vira-Lata – Tati
2013 – O Tempo e o Vento – Ana Terra (jovem)
2014 – Rio, Eu Te Amo – Clara
2015 – Qualquer Gato Vira-Lata 2 – Tati
2015 – Operações Especiais – Francis
2016 – Mais Forte que o Mundo – Viviane
2019 – O Amor Dá Voltas – Dani
2019 – Terapia do Medo – Clara
2019 – Legalidade – Cecília

Videoclipes

2017 – Eu vou te Buscar – de Gusttavo Lima
2017 – Noites Anormais – de Márcia Castro

Discografia

Extended plays (EPs)
2018 – Jungle Kid
2018 – Melhor Que Eu

Prêmios e indicações

2003 – Festival do Rio – Melhor Atriz – Benjamim – Vencedora
2005 – Prêmio ACIE de Cinema – Melhor Atriz – Benjamim – Indicada
2005 – Grande Prêmio do Cinema Brasileiro – Melhor Atriz – Benjamim – Indicada
2005 – Melhores do Ano – Melhor atriz revelação – América – Vencedora
2005 – Prêmio Extra de Televisão – Melhor Revelação – América – Vencedora
2005 – Meus Prêmios Nick – Gata do Ano – Vencedora
2006 – Prêmio Contigo! de TV – Melhor atriz revelação – América – Vencedora
2006 – Melhores do Ano – Melhor atriz coadjuvante – Cobras & Lagartos – Vencedora
2006 – Meus Prêmios Nick – Gata do Ano – Vencedora
2007 – Prêmio Contigo! de TV – Melhor Atriz Coadjuvante – Cobras & Lagartos – Indicada
2007 – Prêmio Contigo! de TV – Melhor Par Romântico (com Carmo Dalla Vecchia) – Cobras & Lagartos – Indicada
2008 – Prêmio Qualidade Brasil – Melhor Atriz – Meu Nome Não é Johnny – Indicada
2008 – Prêmio Contigo! de Cinema Nacional – Melhor Atriz Coadjuvante  – Meu Nome Não é Johnny – Indicada
2009 – Prêmio Extra de Televisão – Caminho das Índias – Melhor Atriz Coadjuvante – Indicada
2010 – Prêmio Contigo! de TV – Caminho das Índias – Melhor Atriz Coadjuvante – Indicada
2011 – Prêmio Extra de Televisão – Melhor Atriz – Araguaia – Indicada
2011 – Prêmio Qualidade Brasil – Melhor Atriz – Araguaia – Indicada
2013 – Prêmio Contigo! de TV – Melhor Atriz de Série ou Minissérie – As Brasileiras – Indicada
2014 – Prêmio Contigo! de TV – Melhor Atriz de Série ou Minissérie – O Caçador – Indicada
2015 – Troféu AIB de Imprensa – Atriz – Operações Especiais – Vencedora
2017 – Prêmio Jovem Brasileiro – Melhor Atriz Jovem – Indicada
2018 – Prêmio Jovem Brasileiro – Aposta – Jungle Kid – Indicada
2019 – MTV Millennial Awards – #PQMULHER – Indicada

Referências:

Instagram: https://www.instagram.com/cleo/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCHTzkJtCAiSun123z6UhGOA
Coluna na revista Vogue: https://vogue.globo.com/celebridade/noticia/2020/11/coluna-da-cleo-artista-entrevista-paris-hilton-em-sua-estreia-em-video-na-vogue-brasil.html
Videoclipe Queima: https://www.youtube.com/watch?v=iaRn7_2ou4c

CONTINUE LENDO

Notícias & Galerias