Sandy

Famosos & Celebridades

Biografia

Biografia

  • Sandy – cantora, compositora e atriz brasileira
  • Nome de registro – Sandy Leah Lima
  • Data de nascimento – 28 de janeiro de 1983 (37 anos)
  • Campinas, SP
  • Residência – Campinas, SP
  • Nacionalidade – brasileira
  • Estatura – 1,57 m
  • Estado civil: casada com Lucas Lima
  • Amores famosos – Paulinho Vilhena

Sandy é uma cantora, compositora e atriz brasileira, nascida em 28 de janeiro de 1983, na cidade de Campinas, São Paulo. Filha da produtora Noely e do cantor Xororó e recebeu o nome de registro de Sandy Leah Lima. De 1990 à 2007 formou consagrada dupla ao lado do irmão Junior. Formou-se em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Lançou Manuscrito, seu primeiro disco solo em 2010. É casada com o músico Lucas Lima e é mãe de Theo.

Filha de peixe

Sandy nasceu em uma família de artistas. Neta dos músicos Zé do Rancho e Mariazinha, filha de Xororó e sobrinha de Chitãozinho. Seria natural que seguisse o mesmo caminho. Com 3 anos já acompanhava seu pai nas cantorias em casa.

Seu nome veio de uma homenagem dos pais a personagem vivida por Olivia Newton-John em Grease. Eles começaram a namorar no dia em que assistiram ao filme. O Leah é versão em hebraico do nome da personagem bíblica Lea.

Em 1989, o que era caseiro se tornou público. Ela com 6 e o irmão com 5 anos fizeram a primeira apresentação na televisão, cantando a música “Maria Chiquinha” no programa Som Brasil, apresentado por Lima Duarte e exibido na TV Globo. E agradaram de início, tanto que algumas rádios gravaram o áudio do programa e passaram a tocar em sua programação. 

A gravadora Polygram logo tratou de contratá-los. Em 1991 lançam o álbum de estreia, o “Aniversário do Tatu”. Conforme foram crescendo, foram mudando o repertório, deixando as canções infantis e sertanejas e migrando para o pop romântico. Diferente de muitos grupos, duplas ou cantores infantis (que teve uma proliferação nos anos 80 e 90) os irmãos mantiveram e aumentaram ainda mais o número de fãs. Souberam se reinventar e prosseguiram por muitos anos. 

Foram os primeiros artistas brasileiros a realizarem uma apresentação própria no estádio do Maracanã. Em 2001 foram uma das atrações do palco principal do Rock in Rio. Nesse mesmo ano, em uma apresentação aberta na orla de João Pessoa, na Paraíba, reuniram a impressionante marca de 1 milhão e 200 mil pessoas. 

Ao todo eles gravaram 16 álbuns (sendo 4 ao vivo) e venderam mais 22 milhões de cópias. O de despedida foi lançado em 2007: Acústico MTV. Em 2019, após insistentes pedidos dos fãs, realizaram uma turnê nacional, Nossa História, comemorando os 30 anos de carreira. Sucesso absoluto de público.

Estrela solitária

Em paralelo ao trabalho da dupla com o irmão, Sandy começou a despontar em algumas produções solo. Em 1996 gravou “Águas de Março” para o programa Som Brasil, que homenageava Elis Regina. Logo depois participou do álbum Romanza de Andrea Bocelli, cantando “Vivo por Ella” ao lado do tenor. No ano de 1998 participou da trilha sonora da animação Mulan, cantando a música “Imagem”. Em 2000 faz dueto com Enrique Iglesias na canção “You’re My #1”, que fez parte do álbum do cantor.

Em 2004, gravou ao lado de Ivete Sangalo a música “Se Eu não Te Amasse tanto Assim”, que fez parte do álbum MTV Ao Vivo da baiana. A música entrou na trilha sonora do filme A Dona da História. No ano seguinte esteve no disco 10 Anos: Ao Vivo em Gramado, da Família Lima, além da gravação Ao Vivo do cantor Pedro Mariano.

Ainda em 2005 gravou “Um Segredo e Um Amor” para a trilha sonora da telenovela Alma Gêmea, da Rede Globo. Sandy também fez duas apresentações solo no Bourbon Street, em São Paulo, cantando sucessos de jazz. Em 2007, iniciou uma pequena turnê cantando músicas de MPB, jazz e bossa nova.

Agora é pra valer

Com o fim da dupla em 2007, Sandy reservou os dois anos seguintes para cuidar da vida particular e compor canções que fariam parte de seu primeiro disco solo. Em 2008 cantou na cerimônia de entrega do Grammy Latino. Ao lado de Paula Toller interpretou “E o Mundo Não Se Acabou”, homenageando Carmen Miranda.  Também participou da música “Scandal”, do duo Crossover (onde Junior viria a fazer parte mais tarde). Em 2009, gravou “As Canções Que Você Fez Pra Mim” no show Elas Cantam Roberto Carlos, em homenagem aos 50 anos de carreira do Rei.

Após um trabalho minucioso de composição e produção, lança em maio de 2010 Manuscrito, seu primeiro álbum, com produção do irmão Junior e do marido Lucas Lima. Além da versão em cd, a obra também teve uma versão em dvd, que continha um curta metragem dirigido por Fernando Grostein mostrando todo esse processo de amadurecimento de sua carreira solo. A primeira canção a ser lançada foi “Pés Cansados”. Em seguida foi a vez de “Quem Sou Eu”.

Logo após o lançamento, Sandy partiu em turnê se apresentando por vários lugares do país. Os shows deram origem ao primeiro dvd, batizado de Manuscrito Ao Vivo. Participações especiais de Lenine, Seu Jorge e Nerina Pallot. Em 2011 (em paralelo a turnê de Manuscrito) apresentou projeto especial Sandy canta Michael Jackson.

Multifuncional 

No começo de 2012, participou do show em comemoração aos 80 anos do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. Em agosto reviveu a parceria com Andrea Bocelli, desta vez gravando ao vivo em um show do tenor na Itália.

Ainda em 2012 lançou seu primeiro EP “Princípios, Meios e Fins”, contendo 5 músicas novas e serviu como pré-lançamento de seu segundo álbum. O disco Sim chegou às lojas em junho de 2013 tendo 9 das 10 faixas assinadas por Sandy, além da produção do irmão com Jason Traver. As canções “Aquela dos 30”, “Escolho Você” e “Morada” serviram de divulgação do disco. O videoclipe de “Escolho Você” se tornou o recordista brasileiro de visualizações na plataforma Vevo. Logo ela saiu em turnê do disco, que precisou ser encerrada em 2014, pois estava na etapa final de gravidez. Em março 2014, aparece no disco do cantor espanhol David Bisbal, cantando “Hombre de Tu Vida”.

Em maio de 2015 gravou “Ciranda de Bailarina” para a trilha de I Love Paraisópolis. A gravação contou com a participação especial da Orquestra Filarmônica de Paraisópolis. Em outubro, Sandy iniciou a turnê de seu novo show: Teaser. Em novembro, participa da gravação do álbum Família Lima 20 Anos ao vivo.

Nos dias 14 e 15 de novembro de 2015 gravou seu segundo disco ao vivo, que chamou de Meu Canto. O trabalho contou com as participações de Gilberto Gil e Tiago Iorc e foi gravado no Teatro Municipal de Niteroi, Rio de Janeiro. O trabalho final só foi lançado em junho de 2016. No ano seguinte lançou seu segundo EP, com 5 canções gravadas em estúdio e que fizeram parte do ao vivo. 

Em setembro de 2015, esteve como artista convidada do cd Amanhecer Ao Vivo de Paula Fernandes. Em junho fez dueto com Luan Santana em “Mesmo Sem Estar”. Em novembro lança a música “Nosso Nós” para a trilha da novela Tempo de Amar.

Em fevereiro de 2018 uma parceria inusitada: ela grava a faixa “Black Widow’s Web”, da banda de metal Angra. Em junho lança mais uma música para tema de novela global: “Preciso de Você” para Segundo Sol. Nesse ano lança seu terceiro álbum: Nós, Voz, Eles. As 8 faixas contaram com uma participação especial, foram lançadas individualmente e com direito a websérie no YouTube, mostrando os bastidores de cada gravação. Participaram: Maria Gadú, Lucas Lima, Mateus Asato, Anavitória, Thiaguinho, Melim, Xororó e Iza. Em dezembro é disponibilizado dvd com os clipes das 8 gravações e todos os episódios da webserie.

Em abril de 2020, ao lado do irmão, participa do festival Fome de Música, para arrecadar doações para as vítimas da pandemia do coronavírus. Em julho, lança a canção “Lealdade Coragem Verdade”, incluída na trilha sonora brasileira do filme Mulan (2020).

Quebrando barreiras

Em grande parte da sua carreira, principalmente quando ainda estava na dupla, a imagem de Sandy sempre foi ligada a menina pura e certinha. Em determinado momento, ela tratou de acabar com esse estereótipo de que era uma pessoa inumana.

Por outro lado, a mídia também impunha o título de símbolo sexual. Em 1999 apareceu na lista das 100 Mulheres Mais Sexy do Mundo da Revista VIP, com apenas 16 anos de idade. Algumas vezes as revistas Playboy e VIP fizeram convites para que ela fizesse ensaios sensuais, mas todos foram descartados. Em 2006, ela apareceu na lista dos “50 Mais Sexy”, publicada pela revista IstoÉ Gente. 

Em 2012, foi condecorada com o Troféu Triângulo Rosa, oferecida pelo Grupo Gay da Bahia, em reconhecimento por seu “apoio à cidadania LGBT. No ano seguinte foi considerada a 39ª personalidade brasileira mais influente, segundo a edição brasileira da Forbes. Em 2015 o The Huffington Post (um site agregador de blogs) considerou Sandy como uma das 100 Mulheres Mais Influentes no Twitter.

Ajudando ao próximo

Durante toda sua carreira, Sandy sempre ajudou instituições e causas humanitárias. Em 1998, ao lado do irmão organizaram campanha em prol de pessoas com HIV/AIDS arrecadando donativos para instituições que cuidam de infectados.

Em maio de 2003, Sandy e Junior inauguraram um pavilhão com seus nomes no Hospital de Amor, em Barretos, SP, que cuida de pacientes com câncer. No último show que fez com Junior, em 2007, 

parte do valor arrecadado com a venda de ingressos foi destinada a esse hospital.

Sandy & Júnior emprestaram suas imagens para promover campanhas para a prevenção e tratamento do HIV/AIDS e do câncer de mama, assim como McDia Feliz e Centro de Formação Semente da Vida. Em 2010 Sandy participou da campanha Doe Novos Sorrisos para o Hospital Sobrapar, em Campinas, para ajudar pessoas que necessitam de cirurgias de grande porte no crânio e face. Em 2017, ao lado da Família Lima e Chitãozinho & Xororó realizaram show beneficente em prol desse hospital.

Em 2015 foi uma das madrinhas da campanha Outubro Rosa no Brasil, que ajuda no combate e tratamento do câncer de mama. Nesse ano, com a colaboração de seus fãs, arrecadou donativos para a AACD com a ação Aniversário do Bem. No ano seguinte gravou a música “Calor pra Dar”, em dueto com o ator Rodrigo Lombardi para a Campanha do Agasalho do estado de São Paulo.

No ano de 2017, ela e um grupo de artistas gravaram a música “Filhos do Arco-Íris”, para ajudar a amfAR, fundação que dedica pesquisas sobre a AIDS. No ano seguinte é a vez de gravar “Nossa Voz”, para ajudar a ONG Amigos do Bem.

Caixa registradora

Algumas empresas souberam capitalizar a fama de Sandy & Junior, principalmente da cantora. Entre 1990 e 2000 foram lançados em torno de 300 produtos com a assinatura da dupla. Sandy teve alguns produtos exclusivo com seu nome, principalmente de calçados femininos. Em 1997, a Baby Brink lançou uma boneca com sua fisionomia.

Em 2001, com o sucesso da novela Estrela-Guia foram lançados produtos usados por sua personagem na trama, como colares e batons, além de uma boneca. No ano de 2003 o mesmo efeito em função do filme Acquaria e mais uma boneca foi lançada no mercado.

No ano de 2001 foi a garota propaganda da marca de cerveja Devassa, transformando a imagem de garota recatada para uma figura mais sensual. Em 2016 se tornou garota propaganda das sandálias Havaianas e Impala cosméticos. Em 2018, passou a promover a marca de cosméticos capilar Lowell.

Em Cena

O sucesso da dupla atraiu a atenção das emissoras de televisão. Em 1991 participaram de um capítulo da novela Ana Raio e Zé Trovão, da Rede Manchete. No ano seguinte estavam no especial de Natal da Xuxa, na Globo.

Entre 1997 e 1998 ganharam um programa só seu. Eram os apresentadores de Sandy & Junior Show, na Rede Manchete. Em 1999 estreia o seriado Sandy & Junior, na Rede Globo. Ao todo foram 4 temporadas e mais de 170 episódios.

Em 2001 a primeira novela: Estrela-Guia. Sandy viveu Cristal, a personagem principal da trama de Ana Maria Moretzsohn. Junior ganhou o papel de Zeca. No ano de 2004 estiveram na primeira temporada do reality Quebrando a Rotina, dentro do Caldeirão do Huck.  No ano de 2006 interpretou a Fada Felícia em dois episódios de O Sítio do Picapau Amarelo. Nesse ano também viveu ela mesma no seriado A Diarista.

No ano de 2009 foi uma das juradas da competição Soletrando, do Caldeirão Huck. Em 2012 viveu experiência de apresentar 4 episódios do programa Superbonita, no canal GNT. Já em abril viveu a personagem Gabriela, no episódio A Reacionária do Pantanal da série As Brasileiras, na Globo. 

Sandy foi confirmada, em 2015, como uma das juradas do programa Superstar, onde dividiu a bancada com Thiaguinho e Paulo Ricardo. Em 2020, a Globoplay exibiu um documentário em 7 episódio sobre a carreira da dupla. 

No cinema foram 3 momentos ao lado do irmão:  O Noviço Rebelde (1997), Acquária (2003) e Estranho Jeito de Amar (documentário em 2006). Já em carreira solo participou do filme Mato sem Cachorro, em 2013, interpretando uma Sandy Fictícia. No ano seguinte interpreta Bruna no filme de terror Quando Eu Era Vivo, atuando ao lado de Antônio Fagundes e Marat Descartes. Em 2016 fez trabalho de dublagem dando voz a personagem Meena, na animação Sing.

Amor no ar

A vida amorosa de Sandy sempre esteve em evidência pela mídia. Em 1998, conheceu o ator Paulinho Vilhena nas gravações do seriado Sandy & Junior e começaram a namorar. O relacionamento durou pouco mais de 8 meses

Em 1999 começou a namorar Lucas Lima e ficaram juntos por 5 meses. O reencontro aconteceu em 2001, mas que terminou novamente no ano seguinte. Em 2004 finalmente engataram uma relação que dura até os dias de hoje. Em 12 de setembro de 2008 se casaram e em 24 de junho de 2014 nasceu Theo, primeiro filho do casal.

Letrada

Em 2000, Sandy prestou vestibular de psicologia na Pontifícia Universidade Católica de Campinas sendo aprovada em 10º lugar. Porém ela desistiu antes de fazer a matrícula devido a sua agenda atribulada de shows e gravações.

No ano de 2005, já um pouco mais tranquila, se matriculou na disciplina de Letras na mesma universidade, onde concluiu o curso 3 anos depois. 

Discografia

Sandy & Junior

1991 – Aniversário do Tatu 

1992 – Sábado à Noite 

1993 – Tô Ligado em Você 

1994 – Pra Dançar com Você 

1995 – Você É D+ 

1996 – Dig-Dig-Joy 

1997 – Sonho Azul 

1998 – Era Uma Vez – Ao Vivo 

1999 – As Quatro Estações 

2000 – Quatro Estações – O Show 

2001 – Sandy & Junior 

2002 – Ao Vivo no Maracanã 

2002 – Internacional 

2003 – Identidade 

2006 – Sandy & Junior 

2007 – Acústico MTV (2007)

Álbuns Solo de Estúdio

2010 – Manuscrito

2013 – Sim

2018 – Nós, Voz, Eles

Álbuns Solo Ao Vivo

2011 – Manuscrito Ao Vivo

2016 – Meu Canto

Extended plays (EPs)

2012 – Princípios, Meios e Fins

2017 – Meu Canto

Participação como Artista Convidada

1997 – “Se Uma Estrela Aparecer” – com Chitãozinho & Xororó

1997 – “Vivo por Ella” – com Andrea Bocelli 

2000- “You’re My #1” – com Enrique Iglesias

2004 – “Escrito no Céu” – com Família Lima

2004 – “Se Eu não Te Amasse tanto Assim” – com Ivete Sangalo

2005 – “É Com Esse Que Eu Vou” – com Pedro Mariano

2008 – “Ben” – com Zé do Rancho

2008 – “Cantiga por Luciana” – com Zé do Rancho

2008- “Scandal” – com Crossover 

2009 – “As Canções que Você Fez pra Mim” – com Roberto Carlos

2010 – “Chuva de Prata” – com Roupa Nova

2010 – “Quando Você Passa (Turuturu)” – com Maria Gadu

2011 – “Se Deus Me Ouvisse” – com Chitãozinho & Xororó e Júnior

2013 – “Corcovado” – com Andrea Bocelli

2014 – “Hombre de Tu Vida” – com David Bisbal

2014 – “Serpente da Noite” – com Marat Descartes

2015 – “Chovendo na Roseira” – com Chitãozinho & Xororó

2015 – “Ciranda da Bailarina” – com Orquestra Filarmônica de Paraisópolis

2015 – “Coração Triste” – com Família Lima

2016 – “Sensações” – com Paula Fernanda

2017 – “A Nossa Voz” – com Amigos do Bem

2017 – “Ai de Mim” com OutroEu 

2017 – “Black Widow’s Web” com Angra e Alissa White-Gluz

2017 – “Filhos do Arco-íris” – com Artistas contra a Homofobia

2017 – “Mesmo Sem Estar” – com Luan 

Trabalhos na Televisão

1991 – A História de Ana Raio e Zé Trovão – Ele mesmo no capítulo de 25 de agosto 

1992 – Xuxa Especial – Lar dos Idosos – Especial de final de ano

1997–98 – Sandy & Junior Show – Apresentador

1999–02 – Sandy & Junior – Junior Lima – 175 episódios

2001 – Estrela-Guia – Cristal

2004 – Quebrando a Rotina – Temporada 1

2006 – A Diarista – participação especial

2016 – As Brasileiras – Gabriela Palma

2020 – Sandy & Junior: A História – Série documental

Cinema

1997 – O Noviço Rebelde – Márcia

2003 – Acquária – Sarah

2006 – Estranho Jeito de Amar – Luiza – Curta-metragem

2013 – Mato Sem Cachorro – Sandy (versão fictícia)

2014 – Quando Eu Era Vivo – Bruna

2016 – Helena – Ela mesma

2016 – Sing – voz de Meena (Dublagem)

Prêmio e indicações (somente em carreira solo)

1999 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Indicada

2000 – Capricho Awards – A mais bem-vestida – Vencedora

2000 – Meus Prêmios Nick – Cantora favorita – Vencedora

2000 – Meus Prêmios Nick – Gata do Ano – Vencedora

2000 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Cantora – Vencedora

2000 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Vencedora

2001 – Melhores do Ano – Melhor Cantora – Indicada

2001 – Meus Prêmios Nick – Atriz Favorita – Estrela-Guia – Vencedora

2001 – Meus Prêmios Nick – Cantora Favorita – Vencedora

2001 – Meus Prêmios Nick – Gata do Ano – Vencedora

2001 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Cantora – Indicada

2001 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Vencedora

2001 – Troféu Internet – Melhor Cantora – Vencedora

2002 – Melhores do Ano – Melhor Cantora – Vencedora

2002 – Meus Prêmios Nick – Cantora Favorita – Vencedora

2002 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Cantora – Vencedora 

2002 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Indicada

2003 – Festival Internacional da Canção de Viña del Mar – Rainha do Festival – Vencedora

2003 – Festival Internacional da Canção de Viña del Mar – Rainha do Festival (Votação Internet) – Vencedora

2003 – Festival Internacional da Canção de Viña del Mar – Rainha do Festival (Votação Oficial) – Vencedora

2003 – Melhores do Ano – Melhor Cantora – Indicada

2003 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Cantora – Indicada

2003 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Indicada

2004 – Meus Prêmios Nick – Trabalho Solidário – Venceu

2004 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Cantora – Indicada

2004 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Indicada

2005 – Prêmio Fiesp/Sesi de Cinema – Melhor Atriz – Acquária – Indicada

2005 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Cantora – Indicada

2005 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Indicada

2006 – Capricho Awards – Mais Estilosa – Vencedora

2006 – Capricho Awards – Melhor Cantora – Vencedora

2006 – Meus Prêmios Nick – Cantora Favorita – Indicada

2006 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Vencedora

2007 – Capricho Awards – Mais estilosa nacional – Vencedora

2007 – Capricho Awards – Melhor Cantora – Indicada

2007 – Meus Prêmios Nick – Cantora Favorita – Indicada

2007 – MTV Vídeo Music Brasil – Gostosa do Ano – Indicada

2007 – Prêmio Globo Rádio – Melhor Cantora – A Musa do Palco – Indicada

2007 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Vencedora

2010 – MTV Vídeo Music Brasil – Artista do Ano – Indicada

2010 – MTV Vídeo Music Brasil – Clipe Pop – “Pés Cansados” – Indicada

2010 – MTV Vídeo Music Brasil – Hit do Ano – “Pés Cansados” – Indicada

2010 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Álbum – Manuscrito – Vencedora

2010 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Vencedora

2010 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Música – “Pés Cansados” – Vencedora

2010 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Videoclipe – “Pés Cansados” – Vencedora

2011 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Álbum – Manuscrito – Indicada

2011 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Clipe – “Quem Eu Sou” – Indicada

2011 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Álbum – Manuscrito Ao Vivo – Indicada

2011 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Vencedora

2011 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Música – “Quem Eu Sou” – Vencedora

2011 – Troféu Top TVZ – Melhor Artista Nacional – 1° lugar

2012 – Mídia Festival – Melhor Capa/Projeto Gráfico – Manuscrito Ao Vivo – Vencedora

2012 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Álbum – Princípios, Meios e Fins – Vencedora

2012 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Vencedora

2012 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Música – “Aquela dos 30” – Vencedora

2012 – Troféu Triângulo Rosa – Apoio à cidadania LGBT – Vencedora

2013 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Álbum – Sim – Vencedora

2013 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Indicada

2013 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Videoclipe – “Escolho Você” – Indicada

2014 – Prêmio Quem de Cinema – Melhor Atriz de Cinema – Quando Eu Era Vivo – Indicada

2014 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Cantora – Indicada

2014 – Radio Music Awards Brasil – Melhor Música – “Morada” – Indicada

2015 – Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) – Melhor Capa do Ano – Capa da Glamour de Maio/2015 – Indicada

2016 – Capricho Awards – Melhor Cantora Nacional – Indicada

2016 – Capricho Awards – Melhor Clipe Nacional – “Me Espera” – Indicada

2017 – Prêmio Extra de Televisão – Tema de Novela – “Me Espera” – Vencedora

2017 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Cantora – Indicada

2017 – Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Música – “Me Espera” – Indicada

2017 – Troféu Internet – Melhor Cantora – Indicada

2018 – Prêmio Extra de Televisão – Tema de Novela – “Areia” – Indicada

2018 – Troféu Internet – Melhor Cantora – Indicada

2019 – Troféu Internet – Melhor Cantora – Indicada

CONTINUE LENDO

Notícias & Galerias