Galerias

22/03/2017 | 13h20m - OFuxico

Tapete Vermelho: Prêmio Shell de Teatro reúne famosos

Ver mais galerias
  • Amei0
  • Curti0
  • Feliz0
  • Triste0
  • Nervoso0
  • Surpreso0

A noite de terça-feira (21) foi especial para o teatro brasileiro. Aconteceu a 29ª. edição Prêmio Shell de Teatro, no Espaço Villa Vérico-SP-3 , no bairro da Vila Olímpia, em São Paulo.

O grande homenageado da noite foi Antônio Fagundes, por conta de sua dedicação ao teatro e pelo trabalho de formação de público e investigação artística. Aos 67 anos e uma carreira brilhante que contabiliza mais de 50 anos  no cinema, televisão, teatro e TV, Fagundes está em cena com a peça Baixa Temporada.

O ator estava acompanhado da namorada, Alexandra Martins.

A peça O Grande Sucesso foi o vencedor da noite com duas estatuetas – ele foi indicado em três categorias. Alexandre Nero, protagonista da peça, agradeceu:

“É muita felicidade ver um trabalho que começou com grandes artistas e amigos de Curitiba vir para cá e vencer. Esse aqui é o lugar para isso”.

O momento de protestos contra o atual presidente da República aconteceu com a premiação do Coletivo Bijari, que recebeu seu reconhecimento pela coreografia de Adeus Palhaços e, au agradecer, o grupo levantou algumas faixas mostrando seu descontentamento com Mihel Temer.

Confira a lista dos premiaos da 29ª. edição do Prêmio Shell:

Autor: Diego Fortes por O Grande Sucesso

Direção: Felipe Hirsch por A Tragédia Latino-americana

Ator: Fúlvio Stefanini por O Pai

Atriz: Miriam Mehler por Fora do Mundo

Cenário: Coletivo Bijari por Adeus Palhaços Mortos

Figurino: Karen Brusttolin por O Grande Sucesso

Iluminação: Miló Martins por Um Berço de Pedra

Música:Dr. Morris por Cabras - Cabeças que Voan, Cabeças que rolam

Inovação: SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, pela formação de profissionais nas áreas técnica e  artística sob uma política pedagógica contemporânea.

Márcio Medina por Cabras – cabeças que voam, cabeças que rolam

Bia Pieratti e Carol Reissman por Cabaré Fucô

Karen Brusttolin por “O grande sucesso”

Iluminação: Aline Santini por Cabras – cabeças que voam, cabeças que rolam

Caetano Vilela por As Benevolentes

Domingos Quintiliano por “Leite derramado”

Miló Martins por Um berço de pedra

Música: Arthur de Faria por A tragédia latino-americana

Dr. Morris por Cabras – cabeças que voam, cabeças que rolam

Gilson Fukushima por O grande sucesso

Miguel Briamonte por Forever Young

Inovação:
Centro Cultural São Paulo, pelo estímulo à experimentação de novas formas cênicas, dramatúrgicas e de produção por meio do projeto “Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos”.

SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco, pela formação de profissionais nas áreas técnica e artística sob uma política pedagógica contemporânea.

Grupo Parlapatões, pela contínua atividade e manutenção de espetáculos em repertório em seu espaço, privilegiando a variedade de linguagens artísticas.

Homenagem: Antônio Fagundes





Instagram

Instagram

OFuxico