Guerra às 15:00

Na Ucrânia, Angelina Jolie é levada às pressas para abrigo. Veja vídeo!

Angelina Jolie é levada para bunker em visita à Ucrânia
Foto: Reprodução/Twitter

Neste sábado, 30 de abril, Angelina Jolie visitou estação de trem de Lviv, na Ucrânia, e teve que ser levada às pressas para um bunker em decorrência dos ataques promovidos pela Rússia. A atriz está no país do Leste Europeu em uma missão humanitária promovida pela ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados), da ONU (Organização das Nações Unidas). 

Leia+: Brad Pitt está em pé de guerra com Angelina Jolie por atitude da atriz

Alguns vídeos do ocorrido logo foram compartilhados pelos usuários nas redes sociais, mostrando a artista, acompanhada de sua equipe, andando rapidamente para um dos abrigos. Na gravação também é possível escutar um alarme soando na cidade de Lviv.

Apesar do imprevisto, Jolie não deixou a simpatia de lado e fez questão de cumprimentar uma fã. Confira o vídeo:

A duração da guerra entre Rússia e Ucrânia já ultrapassa dois meses e as Nações Unidas estimam que mais de 12,7 milhões de cidadãos ucranianos deixaram suas casas nos últimos meses, equivalendo, aproximadamente, a 30% da população do país antes da invasão russa.

Leia+: Angelina Jolie não gosta de ver os filmes que faz, mas abriu exceção para Eternos

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Reprodução/Instagram @angelinajolie

Angelina Jolie é uma das maiores atrizes de Hollywood, e por conta disso, sua influência no mundo inteiro, principalmente nos Estados Unidos, é enorme, e ela consegue usar isso a favor de diversas causas sociais na qual considera de extrema importância para o mundo.

Isso foi visto poucas horas após a artista fazer um discurso em apoio à causa que oferece mais proteções contra a violência doméstica. De acordo com a Reuters, um grupo bipartidário de senadores dos EUA aprovou um acordo para renovar uma lei para fortalecer as proteções contra violência doméstica após o discurso da atriz.

“Estando aqui no centro do poder de nossa nação, só consigo pensar em todos que se sentiram impotentes por seus agressores por um sistema que falhou em protegê-los”, iniciou a artista.

A razão pela qual muitas pessoas têm dificuldades para sair de situações abusivas é que elas foram feitas para se sentirem inúteis”.

“Quando há silêncio de um Congresso muito ocupado para renovar a Lei de Violência Contra as Mulheres, isso reforça esse sentimento de inutilidade. Você pensa, acho que meu agressor está certo. Acho que não valho muito”, concluiu Angelina Jolie em seu discurso.

SAIBA MAIS SOBRE A RENOVAÇÃO DA LEI

A Lei de Violência Contra as Mulheres mencionada por Angelina Jolie expirou no final de 2018 e o presidente Joe Biden, que originalmente patrocinou o projeto como senador em 1994, fez campanha para que ela fosse renovada.

A Câmara dos Deputados aprovou sua renovação em uma votação por 244 a 172 há quase um ano, mas a legislação estagnou no Congresso em meio a disputas partidárias sobre acesso a armas e questões transgênero. Isso mudou após o discurso de Angelina Jolie, possibilitando a renovação.

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!