Hospital às 06:45

Romário é internado às pressas, no Rio de Janeiro

Foto: Reprodução/ Instagram @romariofaria

O ex-jogador de futebol e senador Romário (PL-RJ) está internado. Ele foi levado às pressas para o Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro e passou por uma cirurgia de emergência, na quinta-feira, 9 de setembro. De acordo com a assessoria do parlamentar de 55 anos, ele foi submetido a uma cirurgia para retirada da vesícula.

O procedimento ocorreu sem complicações, no fim da manhã e o ex-atacante encontra-se em observação. A alta hospitalar, ainda segundo a assessoria, deve acontecer nos próximos dias. 

No fim de 2016, o ex-atleta teve perda progressiva de peso por conta de uma gastrectomia vertical com interposição ileal, uma cirurgia de redução do estômago com o intuito de controlar o diabetes. Considerada uma intervenção cirúrgica experimental à época, o procedimento reduziu o estômago de Romário e reposicionou parte do intestino.

Até o fechamento desta matéria, o parlamentar ainda não havia se pronunciado sobre o acontecimento. 

Veja +: Luciano Camargo fez a cirurgia de retirada de vesícula em 2013

ENTENDA A CIURGIA DE RETIRADA DE VESÍCULA

A cirurgia para retirar a vesícula biliar, tecnicamente chamada de colecistectomia, está indicada no caso de vesícula inflamada, pedras na vesícula ou no caso de câncer. Ela pode ser feita através de um corte no abdômen, sendo chamada de cirurgia convencional ou através de uma cirurgia menos invasiva, chamada de laparoscopia, em que são feitos apenas quatro furos no abdômen.

De acordo com especialistas, tanto a cirurgia de vesícula por laparoscopia como a convencional são feitas com anestesia geral, porém a cirurgia por laparoscopia é mais vantajosa, pois o paciente sente menos dor após a cirurgia, tem alta do hospital mais cedo, pode retornar às suas atividades mais rapidamente e a cicatriz é menor.

O paciente geralmente necessita ficar internado apenas um dia, no caso da cirurgia por laparoscopia ou dois dias, no caso da cirurgia com corte e pode retornar às suas atividades normais em até 15 dias.

Veja +: Fernanda Paes Leme já retirou a vesícula

No entanto, se ficar mais de três dias de repouso na cama, o médico pode indicar que seja realizada fisioterapia, para garantir a boa movimentação do corpo e para prevenir complicações respiratórias que podem acontecer após qualquer cirurgia.

A cirurgia para retirar a vesícula não tem nenhuma relação com a perda de peso. O paciente pode emagrecer mas devido à dieta pobre em gorduras que deve fazer após a cirurgia. Com a retirada da vesícula, a bile que é produzida no fígado, vai continuar sendo produzida, mas em vez de ficar armazenada na vesícula, vai logo para o intestino para eliminar a gordura dos alimentos e não a gordura do corpo. Mas se após a cirurgia o emagrecimento estiver presente assim como a diarreia, deve-se falar com o médico.

CUIDADOS NO PÓS OPERATÓRIO

O paciente, 12 horas após a cirurgia de vesícula, poderá sentir dor no abdômen ou no ombro, devido à irritação de um nervo que vai do abdômen até ao pescoço. Além disso, o paciente também poderá ter enjoos ou vômitos. Neste caso, o médico poderá indicar o uso de remédios analgésicos para aliviar a dor e antieméticos para as náuseas e os vômitos.

Nos primeiros dias, o paciente deve ter uma dieta líquida ou pastosa e ter cuidado para não se movimentar excessivamente, garantindo assim a boa cicatrização da ferida cirúrgica.

Após a cirurgia para retirada da vesícula, o paciente poderá voltar ao trabalho, a dirigir e a fazer exercícios leves dentro de 1 semana, no caso de cirurgia por laparoscopia ou após 2 semanas, no caso da cirurgia convencional.

É também importante que o paciente evite ficar muito tempo sentado ou deitado e, por isso, deve andar várias vezes ao dia.

A alimentação após a cirurgia de vesícula deve ser pobre em gorduras, por isso o paciente deve evitar ingerir embutidos ou frituras.

KELLY KEY JÁ RETIROU A VESÍCULA

Em maio deste ano, Kelly Key passou por uma cirurgia de retirada da vesícula e detalhou como foi o procedimento.

“A cirurgia foi um sucesso e já estou pronta para voltar pra casa! Fiz vários stories pra vocês e estou respondendo alguns directs… Também abri caixinha de perguntas pra me distrair um pouquinho e papear. Obrigada a todos que mandaram mensagens carinhosas”, agradeceu.

“Também quero agradecer meu cirurgião, Dr. Silvio Henriques da Cunha Neto. Toda sua equipe carinhosa e dedicada! Ao hospital! Enfermeiras queridas… Todos os funcionários me receberam e estão me tratando super bem! Meu querido médico e amigo Dr. Paulo Gusmão, que me acompanhou durante toda cirurgia e o marido que está todo dobrado aqui no sofá de acompanhante”, escreveu.

Ao receber alta do hospital, a cantora utilizou seu perfil no Instagram para compartilhar alguns vídeos para atualizar os fãs quanto ao seu estado de saúde, revelando curativos e inchaços.

“Olha o tamanho! Podia ser um neném. Engraçado que minhas estrias agora estão bem evidentes. Quase não se via”, afirmou a artista.

“Estou sem enjoo e estou me alimentando normal. Comi arroz integral com frango cozido. Quando a gente faz essa cirurgia não pode comer crus durante pelo menos dez dias. Nem estou me medicando”.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS

Ilha Record: Any Borges fatura os R$ 500 mil e Miralla Santos leva R$ 250 mil

Saída de Tiago Leifert da Globo vira assunto na web

Ilha Record: Sabrina Sato se atrapalha na transmissão ao vivo e web não perdoa

Oprah quer companhia do Príncipe Harry e Megan Markle no Emmy