LGBTQIA+ às 08:20

Carmo Dalla Vecchia relembra agressões por ser gay: “Tomava socos no estômago”

Foto: Divulgação

De volta às novelas em “Cara e Coragem”, de Claudia Souto, como o “marido doente” de Paolla OliveiraCarmo Dalla Vecchia abriu o jogo sobre os muitos episódios de homofobia que sofreu ao longo da vida. O artista de 49 anos falou publicamente sobre sua homossexualidade recentemente, ao participar do “Super Dança dos Famosos”, na Globo.

“Aos 9 (anos), tomava soco no estômago de colegas aos gritos de ‘bicha!’”, disse ele ao jornal OGlobo. 

O ator também disse que ao longo da carreira ouviu de jornalistas, que sabiam que ele era casado com João Emmanuel Carneiro, perguntas como: “Que tipo de mulher você gosta?”. 

Casado há 16 anos, ator disse ainda que assumiu a sexualidade em rede nacional para ter a sensação de “pertencimento”.

“Queria ter pertencimento e talvez também pelo meu trabalho. Sempre me perguntavam em entrevistas: ‘Que tipo de mulher você gosta?”, justificou.

Veja+: Confira famosos que se declaram LGBTQIA+

O anúncio, além de servir para ajudar outras pessoas como ele, também fez o ator lidar com o próprio preconceito.

“Por mais que a gente trabalhe isso na vida, nascemos ouvindo que ser gay é errado”, disse.

Logo depois da declaração, ele partiu rumo ao Sul em busca do colo da mãe. Não que a sexualidade do filho fosse uma novidade ou que ele não tivesse avisado. Mas Carmo precisava se certificar de que a mãe estava mesmo bem diante da repercussão.

“Precisava olhar no olho e saber se ela ainda me amava. Liguei para o João, para minha família, botei uma roupa prata justa e contei ao Brasil que sou gay”.

PATERNIDADE

Carmo e João são pais de Pedro, gerado por meio de barriga de aluguel fora do Brasil. A criança nasceu no dia do aniversário do ator e vai completar dois anos. 

“Tem que bater medo [de ser pai], você tá recebendo um serzinho novo na sua casa que você não conhece, você vai se relacionar com ele… É tudo novidade, tem toda uma estrutura que você tem que descobrir como é que você faz, como funciona essa relação, como é trocar fralda, como é a questão de ordem prática”, disse Carmo no programa “Se Joga”.

Além da novela que vai ocupar a faixa das 19h, o ator se prepara para voltar ao teatro em outubro com a peça “Forever young”, diz que é “a mãe” do menino e João, o pai.

Veja +: Carmo Dalla Vecchia dá detalhes sobre sua rotina com o filho

AMOR EM PÚBLICO

O recado apaixonado do ator ao marido ocorreu no último dia 11 de julho, durante a participação de Carmo no “Super Dança dos Famosos”. A atração comandada por Tiago Leifert substituiu o extinto “Domingão do Faustão” após 32 anos na grade de programação da Globo.

“Eu, pessoalmente, gostaria de fazer uma homenagem muito grande à minha família, mandar um beijo muito grande e declarar o meu amor ao meu filho Pedro e ao meu marido João”, disse. 

QUEBRA DE PADRÕES

Ao jornal O Globo, Carmo Dalla Vecchia destacou que sabe que pode perder seu “posto” de galã por conta da ho0mossexualidade revelada.

“Talvez tenha receio de ser trocado do escaninho, de perder o lugar porque alguém disse que pode estar nele, mas, aos 50, posso fazer outros personagens, né?”.

Em “Cara e Coragem”, Carmo Dalla Vecchia interpretará um cartunista, casado com a personagem de Paolla Oliveira, que trabalha em casa e cuida dos filhos, enquanto a mulher ganha a vida como dublê de cenas de ação.

O casal chamará a atenção por quebrar os padrões, e o papel de “dono de casa” dá margem para o ator se desvencilhar das figuras misteriosas e taciturnas que coleciona desde o Luciano de “Cobras & Lagartos” (2006) e o vilão Paul de “Órfãos da Terra” (2019).

Veja+: Carmo Dalla Vecchia posta foto com o filho

Veja +: Carmo Dalla Vecchia comenta a repercussão de sua declaração de amor ao marido