Morte às 07:51

Filha de Luís Gustavo homenageia o pai com mensagem e álbum de fotos

Luís Gustavo e sua filha Jéssica Vignolli Blanco

Foto: Reprodução Instagram

Jéssica Vignolli Blanco, 32 anos, filha do ator Luís Gustavo usou o seu perfil no Instagram para prestar uma última homenagem e relembrar momentos de sua infância ao lado do pai.

Ela publicou uma série de fotos de seu álbum pessoal e emocionou os seus seguidores com  sua mensagem:

“Obrigada por tudo, meu amor! Que você descanse agora como merece e seja muito bem acolhido por todos os anjos que te guardam e com todos os aplausos que você conquistou! A vida é mesmo apenas um Beijo”, escreveu Jéssica.

Jéssica é fruto do casamento de Luís Gustavo com a atriz Desirée Vignolli, que morreu em 2018, o mesmo ano que o ator descobriu o câncer no intestino.

Assim que a morte do ator foi noticiada, famosos de todas as gerações se pronunciaram lamentando a sua partida., entre eles Marisa Orth, Miguel Falabella, Toni Ramos, Cassio Gabus Mendes, Tonico pereira, Ari Fontoura, Marcelo serrado, entre outros.

Luís Gustavo nasceu em Gotemburgo, na Suécia, filho de pais espanhóis, veio para o Brasil ainda criança e desde então viveu em São Paulo como um nativo apaixonado. Ele passou os últimos anos morando em Itatiba, no interior de São Paulo.

Começou sua carreira trabalhando atrás das câmeras como contrarregra, auxiliar de iluminação e cinegrafista. Em seguida atuou como assistente de direção de vários programas, entre eles o teleteatro TV de Vanguarda onde mais tarde estreou  estreia como ator, na peça ‘Mas Não se Matam Cavalos’, de Horace McCoy.

ua primeira novela foi ‘Se o Mar Contasse’, de Ivani Ribeiro, na TV Tupi, em 1964 onde também fez parte do elenco de ‘O Sorriso de Helena’, ‘O Direito de Nascer’, ‘O Amor Tem Cara de Mulher’ e ‘Estrelas no Chão’. Em paralelo a TV trabalhou no teatro em 1967 foi premiado pelo trabalho  em ‘Quando as Máquinas Param’, de Plínio Marcos, que lhe rendeu o prêmio de melhor ator da Associação Paulista de Críticos de Teatro (APCT).

Em 1968 participou da criação de um marco da telenovela brasileira, ‘Beto Rockfeller’. 

Entre seus personagens mais icônicos destacam-se o costureiro Ariclenes Almeida/Victor Valentin em ‘Ti Ti’, o músico cego Léo em ‘Te Contei?’ e o playboy Ricardo em ‘Anjo Mau’, todas escritas por Cassiano Gabus Mendes.

Seu personagem mais memorável foi o detetive particular Mário Fofoca em ‘Elas por Elas’ que devido ao grande sucesso se transformou em seriado homônimo e no filme ‘As Aventuras de Mário Fofoca’.

De 1996 a 2002, interpretou tio Vavá, síndico de um edifício Jambalaia no humorístico “Sai de Baixo”, sucesso dominical da Globo. Seus últimos trabalhos na emissora foram ‘Brasil a Bordo’ e ‘Malhação: Vidas Brasileiras’, ambos exibidos em 2018.

Luis Gustavo lutava contra um câncer no intestino e morreu em sua casa.

Fotos! Relembra alguns momentos da carreira do ator!