Morte às 17:00

Miley Cyrus se manifesta após fã ser morto em São Paulo

miley cyrus se manifesta sobre morte de fã

(Reprodução: Instagram)

Gabriel Carvalho Garcia foi morto a tiros na cidade de Embu das Artes, em São Paulo, na última terça-feira (22). O G1 informa que o jovem foi assassinado por um homem que invadiu um salão de cabeleireiro, onde Gabriel aguardava para cortar o cabelo. A família e o namorado do rapaz suspeitam que o crime foi configurado por um ato de homofobia.

Nas redes sociais, Gabriel sempre demonstrava seu amor e admiração por Miley Cyrus, de quem era fã. Após sua morte, internautas marcaram a cantora em posts que contavam o caso e, neste sábado (26), Miley fez uma série de tweets lamentando o ocorrido.

Veja+: Ativista LGBT vai à Justiça contra Patrícia Abravanel por homofobia

Eu estou devastada em saber que um fã perdeu sua vida de maneira brutal por causa do ódio, do preconceito e da injustiça. Chamar isso de ‘homofobia’ é dizer que o assassino tem ‘medo’ de pessoas queer. O coração desse humano é cheio de ódio e raiva“, começou ela.

Vocês sabem quem estava com medo nessa situação? Gabriel. Essa é o exato motivo da minha missão de lutar contra esse tipo de crueldade com amor, aceitação. A liberdade está no topo das minhas prioridades e é a razão da minha existência nesse planeta. Eu não posso imaginar se isso tivesse acontecido com um dos meus melhores amigos, e saber que isso aconteceu com alguém que me amava, e que eu amo também, quebra meu coração“, encerrou a cantora.

Veja+: Dia Internacional contra a Homofobia: Confira uma playlist temática