Morte às 20:00

Record TV lamenta morte de Idalina de Oliveira

Idalina
Record TV

Nesta segunda-feira, 6 de novembro, a Record TV emitiu uma nota de pesar da morte de Idalina de Oliveira. Leia na íntegra:

É com imenso pesar que a Record recebeu a notícia do falecimento, aos 87 anos, da grande artista Idalina de Oliveira, que ganhou notoriedade como garota-propaganda no início da história da emissora.

Pioneira da televisão no Brasil, a atriz, cantora e também apresentadora começou sua carreira aos 17 anos, mas só podia trabalhar quando estivesse acompanhada de um responsável.

Idalina sempre chamou atenção por sua desenvoltura e beleza, e era uma das preferidas das grandes marcas da época — entre eletrodomésticos, produtos de beleza e limpeza — para falar dos seus produtos.

“Como garota-propaganda, anunciava de tudo, desde sabonete até eletrodomésticos e imóveis. Era uma época de muito improviso e algumas gafes. Uma vez, fiz um comercial para um anunciante que patrocinava o ‘Grande Teatro Record’. Era uma casa de toldos. Eu tinha de dizer: ‘A Moreno Companhia Ltda’. Só que eu disse: ‘A Monteiro Companhia Ltda’. Saiu sem querer, do nada. Quando terminei o comercial, fiquei extremamente aborrecida, chorei muito, pensei que perderia o anunciante. Mas ele me deu credibilidade, e eu continuei fazendo”, afirmou Idalina ao livro Record 50 anos.

A mais famosa garota-propaganda seguiu carreira em outras atrações na emissora, como o seriado Capitão 7 e nos programas Grande Ginkana Kibon e Astros do Disco.

A Record expressa suas mais sinceras condolências aos familiares, amigos e admiradores do trabalho desta profissional.

Notícias Relacionadas