Música e Shows às 08:00

Confira motivos para assistir ao documentário ‘Lexa: Mostra Esse Poder’

lexa estilosa em cartaz colorido de documentário do globoplay

Reprodução/Instagram/Globoplay

Lexa é com certeza uma das maiores artistas brasileiras da atualidade, principalmente dos gêneros musicais pop e funk.

Além de cantora, a musa foi a primeira apresentadora fixa do novo formato do TVZ no Multishow, e é dona de uma história emocionante, cheia de altos e baixos.

Por conta disso, o Globoplay decidiu gravar um documentário sobre Lexa, intitulado “Lexa: Mostra Esse Poder” (referência a trecho do hit “Sapequinha”), lançado no último dia 24 de junho.

Nos do OFuxico já assistimos ao documentário e separamos uma lista de motivos para você assistir aos cinco episódios hoje mesmo, junto com a música tema?

Confira!

Detalhes da infância e adolescência

Se é uma série documental sobre a vida de Lexa, é óbvio que as origens e histórias antigas marcantes não poderiam estar de fora, não é mesmo?

Logo no primeiro episódio, já somos apresentados à casa antiga da artista, além de várias vezes focar nela visitando a padaria em que ela trabalhou na adolescência.

Também é revelado que desde essa época a mãe de Lexa, Darlin Ferrattry sempre apoiando a carreira dela, assim como a amizade e bao relação da cantora com seu irmão e sua irmã.

Mistura com cenas mais atuais do cotidiano

Porém, engana-se quem pensa que a linha narrativa é cronológica, pois apear de ela seguir normalmente em relação ao início da carreira de Lexa, cenas do cotidiano surgem para intercalar e trazer mais dinamismo;

Geralmente, estas cenas são as que contam além da mãe, com MC Guimê, marido de Lexa e também funkeiro, e os amigos dela, que manda mensagens ou a visitam.

Um momento bastante marcante foi quando Lexa assistiu à uma luta de sua amiga no UFC, e quando acaba dormindo no sofá, Guimê a leva para cama.

Curiosidades sobre Lexa

Claro que se estaso assistindo a uma produção biográfica de alguém, curiosidades sobre a pessoa sempre marcam presença, certo?

Em “Lexa: Mostra Esse Poder”, não pé diferente, e curiosidades que muitas pessoas não ligam à artista são reveladas, e daremos destaque a duas delas.

A primeira é que Lexa passou pelo Sisu para cursar faculdade de Engenharia Civil na UFRJ, sendo uma das maiores notas do país no curso!

Ainda, ela se profissionalizou cursando uma faculdade internacional de Marketing, permitindo-a ter uma visão completa de sua carreira em vários níveis.

Outra bem interessante é a origem do nome artístico da cantora, que batizada de Léa, decidiu fazer uma alusão à Xuxa Meneghel, cuja mãe é muito fã.Então, Léa + X(uxa) = Lexa! Que incrível, não?

Para mais curiosidades, assista ao documentário, inclusive para saber de uma adversidade em relação ao nome artístico!

Bastidores do trabalho na música

Adentrando todo o universo musical que rondeia Lexa desde sempre, os bastidores do trabalho dela com música aparecem em peso aqui.

Muitas vezes, para deixar ainda mais dinâmica a condução do documentário, somos apresentados a gravações no estúdio das canções dela, principalmente em relação ao segundo álbum de estúdio, “LEXA”, lançado em setembro de 2020.

Por conta disso, os bastidores do segundo álbum aparecem diversas vezes, seja na composição das letras, na gravação da voz de Lexa ou até mesmo a mixagem.

Se você curte toda esta parte por trás das suas músicas favoritas, temos um prato cheio disso por aqui!

Participação especiais

Estamos falando de uma artista bastante querida pelo público, então é claro que participações especiais e ilustres deram às caras.

Xuxa, que foi uma grande inspiração para o nome artístico, apareceu bastante, sempre elogiando Lexa e o funk.

Tati Quebra Barraco, Mc Cacau, Renata Prado, e Kondzilla surgem para falar do funk e de com o a Lexa é importante para a evolução do Gênero musical

Já Anitta, Gloria Groove, Mc Carol e Preta Gil surgem como colegas e amigas, elogiando ainda mais o talento de Lexa e como foi trabalhar/cruzar caminhos com a artista ao longo de sua carreira.

Falas do cenário musical, com foco no funk e sua evolução, além da inclusão feminina

Como citado anteriormente, muitas participações especiais são para falar do cenário na qual o funk se encontra e de seu surgimento, com grupos e artistas mais antigos sendo relembrados.

A presença feminina é o foco aqui, e é notável ver como esse estilo cresceu e evoluiu tanto com o passar dos anos, saindo de um nicho e chegando a ser o segundo mais ouvido do Brasil. Que sucesso!

Personalidade carinhosa, humilde e caridosa

Por fim, um item muito singular é o fato de, constantemente na série documental, as pessoas entrevistas ressaltarem como Lexa é carinhosa, humilde e caridosa.

Claro que tais adjetivos já vem à mente se pensamos no nome de Lexa no dia a dia, mas provas, demonstrações e declarações de quem vive constantemente com ela deixam tudo ainda mais rico.

Por conta disso, sempre dá um quentinho no coração ver quando tudo dá certo para Lexa e nos deixa arrasados quando algo sai dos trilhos.

E aí, pronto para assistir “Lexa: Mostra Esse Poder”?