Música e Shows às 12:30

É o Tchan e Gretchen abrem ‘Festival Agrada Gregos’

É o Tchan

Foto: Amauri Nehn/ Brazil News

Na noite deste sábado, dia 22 de janeiro, tivemos o primeiro dia do ‘Festival Agrada Gregos’ em São Paulo. Grandes artistas subiram ao palco e animaram a galera, como Gretchen e a galera do É o Tchan.

O Festival começou ontem, e vai até terça-feira, dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo. Vários artistas estão confirmados e subirão no palco nos próximos dias. Nomes como Gloria Groove, Luísa Sonza, Pepita, Lia Clark, Matheus Carrilho e muitos outros.

Esta é a quarta edição da festa. O evento, que dura 4 dias, começa as 17h da tarde e termina as 2h da manhã. Foram montados dois palcos, sendo um totalmente dedicado ao axé e o pop e outro à musica eletrônica.

O Festival está acontecendo no Estádio da Portuguesa, local aberto e arejado, para seguir todas as recomendações sanitárias impostas pelo governo de São Paulo. Seguindo as regras, a capacidade de público foi reduzida para 70% e a apresentação do comprovante de vacinação é obrigatória.

Confira as fotos dos shows de ontem:

GRETCHEN E ESDRAS CASARAM MAIS UMA VEZ

Ah, o amor!! Gretchen e Esdras de Souza estão tão felizes juntos, que decidiram casar mais uma vez. No dia 16 de novembro do ano passado, a cantora contou que agora oficializou a união em Portugal. E comemorou, mostrando a nova certidão:

“AGORAAAAA SIMMMM. CASADOS EM PORTUGAL TAMBÉM. Hj indo comemorar nosso casamento em Portugal. Junto dos nossos filhos.”

Esdras celebrou o momento nos comentários:

Veja+: Gretchen ganha processo contra rival antiga e comemora: ‘Muito feliz’

“Meu amor, que honra máxima poder ser seu esposo sabia? E ainda ser casado em Portugal com você.”

Choveram curtidas e comentários parabenizando o casal, que está junto há três anos.

GRETCHEN GANHOU PROCESSO

Em setembro do ano passado, a Justiça de São Paulo deu razão à Gretchen em um processo movido pela cantora Sandra do Valle Reis, mais conhecida como Sol, que era rival da Rainha do Rebolado nos anos 1980.

Sol reclamou na Justiça e pediu uma indenização de R$ 1 milhão, afirmando que foi citada de forma pejorativa no livro “Gretchen: Uma Biografia Quase Não Autorizada”, escrito por Gerson Couto e Fábio Fabricio Fabretti.

Em declaração para o OFuxico, Gretchen comemorou a vitória. “Muito feliz em ter ganho esse processo, onde na verdade as pessoas querem enriquecer indevidamente. Primeiro que eu não tive culpa de nada e acho terrível algumas pessoas terem a mania de se aproveitarem dos outros. Agradeço imensamente o empenho dos meus advogados Yara Miranda e Tayan Miranda, da NDC Advocacia, que são minha irmã e meu sobrinho”, disse ela.

O Juiz Felipe Poyares Miranda afirmou em sua sentença que a liberdade de expressão é um direito garantido pela Constituição. “A obra é um retrato histórico e informativo da vida da Maria Odete, não tendo o intuito direto de depreciar a imagem da parte autora, mas sim apenas retratar uma já notória rivalidade existente entre as partes, na medida em que a autora fez parte da história da requerida e do show business nos anos 1980 a 1990”, escreveu.

PRINCIPAIS NOTÍCIAS:
BBB22: ‘Frouxo!’, dispara Natália depois de ser dispensada por Rodrigo
BBB22: O selinho veio! Natália beija Maria e Rodrigo
BBB22: Jade Picon confessa atração por brother

Siga OFuxico no Google News e receba alertas sobre as principais notícias sobre famosos, novelas, séries, entretenimento e mais!